AUGUSTO NUNES

Alexandre Padilha é a favor da vacina, mas também pode ser contra

“O cancelamento da compra das vacinas do instituto Butantan e da estatal chinesa é um ataque ao direito à Saúde da população brasileira. Foi por isso que entramos com um processo no TCU. Bolsonaro não usará o povo como escudo político”.

Alexandre Padilha, ministro da Saúde do governo Lula, no Twitter, sem saber se ataca Jair Bolsonaro, por ser contra a compra da vacina da covid-19 que ainda não existe, ou se ataca João Doria, por ser a favor da compra da vacina da covid-19 que ainda não existe.

8 pensou em “DISCURSO SOBRE O NADA

  1. Na primeira fase e por segurança, o correto é vacinar obrigatoriamente todos políticos brasileiros e seus familiares, só após o resultado é que povão seria convocado para tal.

  2. A roubalheira perpetrados pelos governos petistas tirou muito dinheiro do sistema de saúde. Certamente matou mais do que qualquer declaração do presidente Bolsonaro.

    • Pablo, onde tem dinheiro tem gente querendo roubar ou roubando. Talvez por isso: – Nos 13 anos dos governos de Lula e Dilma Rousseff as despesas com ações e serviços públicos de saúde cresceram 86% acima da inflação, passando dos R$ 64,8 bilhões investidos em 2003, no primeiro ano do governo Lula, para R$ 120,4 bilhões no último ano do governo Dilma.
      Drobô.

Deixe uma resposta