18 pensou em “DISCRIMINAÇÃO ABSURDA

  1. PQP !. Caracoles !. Temos um problema. Somos tarados , por aqui se come branco , preto , carioquinha , jalo, fradinho , sem preconceito algum de cor. e nem sempre o arroz está por cima , pode ser colocado ao lado e nem sempre é branco. Lembrem-se dos outros “pensadores” que escreveram sobre miscigenação . Não os deixem “miscigenar” a comida no estômago .

    • Uma pena que a moça não leia o JBF… Aprenderia tanto com esses loucos fubânicos de todas as cores,como o Joaquimfrancisco, que ensinaria a ela que por aqui se come branco , preto , carioquinha , jalo, fradinho, goiano, sem preconceito algum de cor. E que nem sempre o arroz está por cima , pode ser colocado ao lado e nem sempre é branco.

      Com o Pablo aprenderia ela que alguns colocam o ovo frito por cima do arroz.

      Com o Sancho aprenderia que ao misturar o ovo de gema mole no branco arroz, a “supremacia” passa a ser amarela.

      Aprenderia tanto essa moça se viesse à redação do JBF, aqui no Recife, tomar café colombiano com todos nós… Sempre é dia de aprender.

      • Goiano deve ser feijão velho demais , quase petrificado . Foi encontrado na tumba de Queops com os dizeres : só cozinha na lenha.

          • Apesar de se começar uma frase com letras maiúscula ,nesta brincadeira temos goiano (gentílico) e Goiano (gente com nome de gentílico) advogado , psicólogo , comun digo colunista , escritor , compositor , baba ovo do lula , cantor , roqueiro metaleiro , louco de pedra , humorista , ex assistente de Imhotep !. mas é tudo gozação mesmo !!!!! .

  2. Daí posso deduzir, baseado nos preceitos do racismo gourmet, que ao colocar um belo ovo frito por cima do arroz, estamos insinuando que os amarelos (japoneses, chineses, etc) são superiores aos brancos.

    É de cagar pra dentro!!!

  3. Acredito que, no mínimo, duas gerações serão consumidas para erradicar a penúria intelectual que devasta e ridiculariza a humanidade.
    O politicamente correto está no comando dessa jornada insana rumo ao final dos tempos.
    O plano mundial patrocinado por bilionários capitalistas pregando a erradicação do conservadorismo da face da Terra é preciso.
    Derrotá-lo, é necessário!

  4. Com tanta opinião idiota, com tanto “achismo” sem nenhuma comprovação, o mundo caminha para uma profunda mediocridade. Chegou a hora da humanidade ser extinta e a terra devolvida aos dinossauros.

  5. Pô, mostrei esse twiti para o cara afrodescendente que montou o marmitex (colocando o feijão por baixo do arroz, e o feijão era preto) para mim e ele me disse: “Caramba, negro sacaneando negro é uma m*rd*!”

  6. Puta merda,

    Eu coloco o feijão em cima do arroz, gosto de misturar o caldo e depois farinha. será que sou racista ao contrário? Será que vejo a superioridade do negro ou isso não é racismo? Mas eu gosto de tudo misturado, será que isto é racismo e sexismo, comer o feijão? Ou é apenas taradice? Comer virou suruba?
    Gostar de feijão branco, eu gosto, é racismo?
    Respondam minhas dúvidas.
    Putz é não ter o que fazer, ficar em casa vagabundeando, mamando nas tetas do governo, do coronavoucher ou dos pais e escrevendo uma merda destas.
    Essa moça, que escreveu esta merda, acho que ela deveria ir arranjar um trabalho e talvez uma pica.
    E antes que me esqueça:
    Moça, vá tomar no cu! Eu como o feijão da forma que eu quiser.

  7. È eu além de racista sou genocida que depois de misturar o arroz o feijão mastigar engolir fazer a digestão transformo tudo em bosta ir ao banheiro CAGAR mandando pelo esgoto abaixo ainda oculto o “cadáver” eliminado qualquer vestígios do meu/s crimes e isso durante décadas.

  8. hahahahahahahahaha!!! Como alguém pode ser assim tão abissalmente imbecil, burra, estúpida, idiota, cretina, pulha, escroque, pustula, apedeuta?? Explicação: Certamente, são as vadias doutrinadas pelos esquerdalhas. Dá nisso aí.

  9. Pois é… Einstein estava certo:

    A IMBECILIDADE HUMANA É MESMO INFINITA!

    Taí essa criatura que não me deixa mentir.

Deixe uma resposta