DEU NO JORNAL

Com atraso de alguns anos, José Pepe Mujica, o velhinho amado pela esquerda latino-americana, finalmente reconheceu que o regime de Nicolás Maduro na Venezuela é uma ditadura.

“É uma ditadura, sim, nada além de uma ditadura”, afirmou o ex-presidente do Uruguai ao sair de uma reunião do Movimento de Participação Popular (MPP), grupo que integra a Frente Ampla, coalizão de esquerda que governa o país desde 2005.

* * *

Num é bem “atraso de alguns anos”, como está escrito na notícia aí em cima.

Na verdade, é um atraso de milênios.

Ao tomar conhecimento da declaração de Mujica, Gleisi Hoffmann, em nome do PT e das zisquerdas brasileiras, assinou nota dizendo que o guerrilheiro uruguaio sempre foi reacionário, fascista e golpista.

“Camarada Lula, recuperei a visão, passei a enxergar a realidade e tô pulando fora. Diz aí pra camarada Gleisi que ela vá tomar no olho do furico”

Deixe uma resposta