21 pensou em “DÊ UMA LEGENDA PARA ESTA FOTO

      • Goiano, os quatro petista da foto sendo que Paulo Pimenta estampou em seu Twitter o cartaz que levou a prisão os manifestantes, não conhecem a Lei de Racismo – O artigo 20, § 1º da Lei 7.716/89 determina ser crime de racismo, apenado por reclusão de dois a cinco anos, e multa, a fabricação, a comercialização, a distribuição ou a veiculação de símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo.

        Cabe aos Órgão competentes do Executivo instaurarem inquéritos, que segundo Deputados Federais que estiveram na Delegacia prestando apoio ao grupo, o autor da obra é o Cartunista Aroeira. Me corrija se cometi uma falha técnica, uma vez que não é minha área. Um abraço.

        • Meu prezado Luiz Mezetti, qualquer pessoa, seja eu, tu, Jair Messias Bolsonaro, Luiz Berto, Adônis ou o Papa Francisco, precisamos ficar entre dois e cinco anos presos e ainda pagarmos uma multa braba se incorrermos em crime de racismo.
          Quanto aos manifestantes, vai ficar claro que eles não usavam a suástica para enaltecer o nazismo, mas justamente o contrário.
          Deves estar sabendo disso e certamente estás de pura sacanagem.
          O cartaz a que todos se referem traz uma suástica escorrendo sangue e a figura caricaturarizada de Jair Messias Bolsonaro ao lado da palavra GENOCIDA.
          Desse modo, não percebo uma “falha técnica” em teu comentário ao enquadrar um crime determinado em certa lei, mas um equívoco conceitual, ao confundir a natureza das coisas.

          Todavia, é possível ao ofendido, no caso Jair Messias Bolsonaro, considerar que ao ser chamado de GENOCIDA o acusador cometeu crime contra a sua honra.
          Crimes contra a honra são em geral de ação privada, o que quer dizer que apenas o pretenso desonrado pode mover a ação reparatória.
          No caso do presidente da república existe o componente relacionado ao cargo, de modo que as previsões legais se estendem, nos termos do Código Penal, art. 145, que prevê a necessidade de requisição do M|inistro da Justiça (que a meu ver nada fará se o presidente da república, consultado, decidir que a ação não deve ser levada adiante), e dispositivos da Lei de Segurança Nacional, dos quais se extrai, sistematicamente, o componente “político”: que a motivação seja política, buscando o agente comprometer, com essas ofensas, a estabilidade democrática nacional.

          Uma coisa que é preciso compreender: os crimes contra a honra podem ocorrer mesmo quando a acusação seja verdadeira (o componente fundamental é a intencionalidade, isto é, o desejo de ofender a honra).

          • Goiano, ontem fiz um comentário na CBN e expus o referido artigo da lei, um comentou “há uma grande diferença entre fazer uma crítica ou denúncia contra nazistas (bolsonaro e sua corja) e fazer propaganda nazista. Aroeira é antifascista (assim como eu) muito antes de Bolsonaro ser parido por uma sociedade apodrecida e que sempre flertou com o totalitarismo nazifascista…”, Os corredores se alargam para caberem as manifestações que justificam cada impropriedade….

      • Mas por vias das dúvidas, é melhor o Iluminado Mestre ao dormir , olhar pela janela se não tem ninguém disfarçado disfarçando lá fora. E mantenha um rolo de papel higiênico perto da cama , para na hora da cana ter um papel fofinho de folha dupla ou tripla e quando acabar enfiar o canudo até as tripas. Tá chegando a hora.

        • Joaquim Francisco, teu alerta faria todo sentido se estivéssemos sofrendo a ameaça de um estado ditatorial.

          Acorda Amor
          Chico Buarque

          Acorda, amor
          Eu tive um pesadelo agora
          Sonhei que tinha gente lá fora
          Batendo no portão, que aflição
          Era a dura, numa muito escura viatura
          Minha nossa santa criatura
          Chame, chame, chame lá
          Chame, chame o ladrão, chame o ladrão

          Acorda, amor
          Não é mais pesadelo nada
          Tem gente já no vão de escada
          Fazendo confusão, que aflição
          São os homens
          E eu aqui parado de pijama
          Eu não gosto de passar vexame
          Chame, chame, chame
          Chame o ladrão, chame o ladrão

          Se eu demorar uns meses
          Convém, às vezes, você sofrer
          Mas depois de um ano eu não vindo
          Ponha a roupa de domingo
          E pode me esquecer

          Acorda, amor
          Que o bicho é brabo e não sossega
          Se você corre, o bicho pega
          Se fica não sei não
          Atenção!

          Não demora
          Dia desses chega a sua hora
          Não discuta à toa, não reclame
          Clame, chame lá, chame, chame
          Chame o ladrão, chame o ladrão, chame o ladrão
          (Não esqueça a escova, o sabonete e o violão)

          Leitura interessante:
          https://u42.com.br/desvendando-classicos-01-acorda-amor-chico-buarque/

  1. Estes 4 porra loucas foram até a sede da PF em Brasília para tentar soltar 4 manifestantes petistas que tentavam abrir na praça dos 3 poderes um grande cartaz com uma imagem em charge do Bolsonaro que teria pintado uma grande suástica em uma cruz vermelha que é o símbolo da saúde , também dizendo que ele, Bolsonaro era genocida.

    Vejam:

    https://fotos.jornaldacidadeonline.com.br/uploads/fotos/1616100346_6053bbfac7c35.jpeg

    É a narrativa agora, tentar incutir na cabeça da população que o PR é genocida.

    Ocorre que promover símbolo nazista e chamar o PR de genocida é crime previsto na Lei de Segurança Nacional e a PF prendeu os 4 cumpanheiros.

    Logo em seguida a tropa de choque foi à PF tentar soltar os meliantes.

  2. Não é possível, cagaram na porta da PF.
    Deve ser algum cachorro, pensando bem, cachorro não caga isso não, quem faz essa merda toda é o bandido dono do pt.

  3. Adélios e Adélias. Procuram local para uma suruba tetra teratológica.
    É só olharem para trás. Lá vão acomodá-los muito bem.

  4. Vamos ter mais respeito, minha gente! Chamar as Excrescência de tolete, de merda, de bosta é uma grandessissima falta de respeito… com o tolete, a merda e a bosta!

Deixe uma resposta