DEU NO JORNAL

Por decisão unânime dos ministros do TCU, o petista José Dirceu, condenado a 30 anos e 9 meses pela Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, vai receber mais de R$ 115 mil por ano de aposentadoria.

No Brasil, o crime mais que compensa.

* * *

E como compensa!!!

Decisão unânime, goleada: nove votos a zero.

Aliás, só pra lembrar: destes nove ilustres votantes, pelo menos quatro já foram investigados por corrupção.

Peço ajuda a Ceguinho Teimoso, nosso pesquisador infalível, pra comprovar se estou certo ou não neste número.

Foram mesmo quatro ou tem mais investigados?

Me disseram que o condenado por corrupção e ex-presidiário Dirceu foi celebrar a decisão tomando umas e outras com o condenado por corrupção e ex-presidiário Lula.

Os dois se riram-se que só a peste com os nossos tribunais lá do alto.

Não se pode punir corruptos e nem garotos que roubam celulares, decidiram os dois juristas vermêios-istrelados.

Tá firmada a jurisprudência lulo-petêlha.

“Veja, Zé: foi de lavada: nove a zero, porra!!!”

3 pensou em “DE GOLEADA

  1. TCU pro povo é “Tomar no CU”, né? Só pode!

    Isso é um escárnio! Um acinte! O único destino aceitável pra esses nove vermes após essa votação deveria ser o cadafalso!

  2. Meu saco não é de filó:
    Como até um jegue de berço sabe, as pessoas condenadas por qualquer coisa não perdem o direito conquistado à aposentadoria, caso tenham trabalhado e feito o recolhimento das contribuições respectivas.
    Por isso, é considerado burrice condenar os ministros do TCU, tribunal ao qual ca be o registro das aposentadorias, deixar de declarar o direito a quem o detém.
    Ao ler material desse tipo e comentários de tal ordem fanáticos contra qualquer coisa que não esteja iluminada por Jair Messias Bolsoclínico, meu saco chega arrebenta.
    Por isso uso cuecas de aço.
    Assim, recolho os pedaços e colo para a próxima leitura de bobagem.

    • Inglório Boiano, vulgo deus das DSTs e do alcoolismo greco-fubânico,

      estar ciente das leis que governam essa pocilga semicolonial não me impede de me revoltar com as mesmas. Somente um demente legalista, um adEvogado chicaneiro que até hoje reconhece ilegalidades na Lava-Jato enquanto ignora a real ilegalidade em ₢ provas ₢ obtidas por meios igualmente abjetos, atribui aos próprios arrotos e peidos cognitivos a noção de lucidez. Isso sim é fanatismo, e do naipe mais nefasto.

      Injustiça travestida de justiça é uma das heranças malditas do positivismo jurídico, escola essa que norteia sua persona legalista até a medula dos ossos. Encarar como mera normalidade jurídica um escroto de tão pérfido lastro como José Dirceu recebendo uma aposentadoria de quase dez mil reais, enquanto a proposta da reforma da previdência previa a metade disso como teto máximo, isso sim, é de arrebentar o saco, e sorte a minha que tenho colhões de aço para aturar o seu “duplo padrão” ético e moral.

Deixe uma resposta