DALINHA CATUNDA - EU ACHO É POUCO!

Esse cordel participou em Janeiro de 2021 do Sesc Cordel Podcast Crato-Ceará

Desenho desta colunista

1
Hoje vou pegar retalhos
De histórias no pensamento
Pra costurar um cordel
Tecendo cada momento
Com fios da tradição
Na trama da narração
Expondo cada elemento.

2
É da tradição cristã
Essa festa que seduz
E tem como inspiração
O pequenino Jesus
E a visita dos Reis Magos
Que trouxeram seus afagos
Guiados por uma luz.

3
Seguindo uma bela estrela
Belchior e Baltasar
Fizeram longo percurso
Lado a lado com Gaspar
Pois saíram do oriente
Cada um com seu presente
Para o menino ofertar

4
O ouro, o incenso e a mirra
Trouxeram na ocasião
E ofertaram a Jesus
Em meio a adoração
Nasceu desse ritual
O presente de Natal
Que se tornou tradição.

5
Nascimento de Jesus
Passou a ser celebrado
O mundo inteiro faz festa
E nós fazemos dobrado
Nasce a festa popular
Divina espetacular
A qual chamamos Reisado.

6
E foram os portugueses
Em tempos coloniais
Que trouxeram seus costumes
Legado dos ancestrais
Culinária e devoções
Festas e celebrações
Herdamos os rituais.

7
No dia seis de janeiro
Tem festejo e alegria
O povo todo animado
Se prepara nesse dia
E na Folia de Reis
Brincantes de muitas greis
Celebram com cantoria.

8
A festa é bem variada
Em sua apresentação
Quando se tira reisado
É feita a visitação
Um grupo de porta em porta
Em cada morada aporta
Com cantos de louvação.

9
Louvam o dono da casa
E Jesus de Nazaré,
Sem esquecer de Maria
E também de São José
Para a festa pedem prendas
Logo após as oferendas
Prossegue o cortejo a pé.

10
O grupo sempre arrecada
Bebida e também dinheiro
Apresentam-se em praça,
Em alpendre e em terreiro
Vestidos com fantasia
Vão espalhando alegria
Num trajeto prazenteiro.

11
A Festa dos Santos Reis
Também chamamos Reisado
E de Folia de Reis
Dependendo do condado
Cada um tem seu enredo
Para atrelar ao folguedo
Costumes próprio do Estado

12
Cada grupo tem seu mestre
E também sua bandeira
Usam roupas coloridas
Dançam, fazem brincadeira
Instrumentos musicais
Até bandas cabaçais
Pra animar a pagodeira.

13
Tem viola e violão
Tudo enfeitado com fita
Tem reco-reco e sanfona
Também cantiga bonita
Tem o toque do pandeiro
Tem tambores no terreiro
Muitas cores muita chita.

14
No Cariri Cearense
O Reisado é tradição
A festa é bem grandiosa
É de chamar atenção
Pois ali brinca a criança
Repleto de esperança
Também brinca o ancião.

15
Tem dança, teatro e música
Todo tipo de reisado
Tem de couro e de careta
Grupo diversificado
Também nessa caminhada
Ainda tem a congada
Tudo bem organizado.

16
Em cada apresentação
Seja nas casas ou praça
A meninada feliz
Do palhaço instiga graça
E Mateus chega animado
Pulando pra todo lado
Em cena não se embaraça.

17
Sempre ao lado de Mateus
Nessa festa nordestina
Aparece chafurdando
A gaiata Catirina
Com as suas presepadas
O povo dá gargalhadas
Enquanto ela desatina.

18
O feioso Jaraguá
De todos chama atenção
Já chega batendo o bico
Dançando com seu jeitão
Ele mexe o corpo inteiro
E faz o maior salseiro
E agrada a população.

19
Tem, mestre, rei e rainha
Nos folguedos pra Jesus
E tem coroa dourada
Que na cabeça reluz
Cada vez que o mestre apita
O grupo entra na fita
E assim o mestre conduz.

20
A burrinha é atração
Sapeca e bem aplaudida
Sua dança é envolvente,
Sua veste é colorida
Bem faceira e dançadeira
Faz parte da Brincadeira
E dança toda exibida.

21
Entre o gracejo e a dança
Tem combate tem porfia
Lembrando os gladiadores
Na luta que contagia
Geração a geração
Se pratica a tradição
De adereço e fantasia.

22
É bem diversificada
Essa festa popular
É a vontade do povo
Que faz o Reisado andar
Só com criatividade
Paixão e capacidade
Se consegue festejar.

23
É profana e é sagrada
é de maria e José
É festa que se destina
Ao bom Rei de Nazaré
É festa pro nordestino
Que ao Tirar o Divino
Iça o estandarte da fé.

24
Para falar de Reisado
Fui seguindo a minha Luz
Como fez os três Reis Magos
Ao visitarem Jesus
Foi a musa estrela guia
Ela de noite ou de dia
É sempre quem me conduz.

9 pensou em “CORDEL A TRADIÇÃO DO REISADO

  1. Mutcho bom este cordel …….
    Como pode a inspiração chegar desta maneira ……
    Acho que apenas para os “especiais”, àqueles marcados por Deus ….

    Como observação parece que como desenhista prefiro você como poetisa ……… Ka ka ka, mas surpreendentemente bons, muito melhor do que eu conseguiria ….., os desenhos “craro”

    Eu acho é pouco ……. Esta coluna deveria ser, como diz a ANTA, diuturnamente todo dia….

    Parabens e obrigado, eu acho é pouco para traduzir nossos sentimentos……..

    • Arthur Tavares, eu faço versos e declamo desde criança. Sou filha de poetisa, já trago no sangue a poesia.Acho que a gente já nasce poeta,a mente dita esse olhar mais apurado que tem o poeta.Confesso que, realmente, tenho que aprimorar o meu desenho, mas assim mesmo não tenho vergonha de fazer os meus rabiscos. Obrigada e boa tarde!

      • Pois é….

        Nao foi uma critica, muito menos desdenho por seus desenhos…..

        Foi uma brincadeira, até porque achei-os surpreendentemente bons para uma poetisa de raiz…

        Parabens e boa noite… !!!

  2. Dalinha, peço licença parea pegdar carona, não sou poeta mas tenho algumas parcerias mujsicais, nas quais geralmente escrevo as letras, como é o caso da Folia de Reis, no mesmo tema, que escrevi com os parceiros que fizeram a música indicados na transcrição. Infelizmente, aqui nos comentários não dá para publicar o midi com a melodia:

    FOLIA DE REIS

    Goiano Braga Horta, André Luiz de Souza & Célio Mattos – Lyon, Paris 2012

    Oh, Deus salve os Três Reis Magos
    Que a estrela lá no céu
    Guiou para o milagre
    Que essa noite aconteceu.
    O Império do Divino
    Cantamos você e eu,
    Lembrando nesta folia
    O dia em que Jesus nasceu.

    Vinte e cinco de dezembro
    Nossa festa consagrou.
    Bate caixa que o dia
    Seis de janeiro chegou.
    Cavaleiro da bandeira
    Bem alto a levantou.
    Balthazar levou a mirra,
    O incenso Gaspar levou,

    O ouro deu Melchior
    Para louvar Nosso Senhor.
    Nós cantamos a folia
    Honrando nosso Pastor.
    Com o pandeiro, a sanfona e o violão
    Ornamentados de fitas
    Fazemos nossa oração.

    Entoando o nosso hino
    Todo o mal se afugentou.
    Nos caminhos do Divino
    O Poder de Deus reinou.
    Abra as portas companheiro
    Que o Divino vai entrar.
    O Sagrado te abençoa,
    Vamos nos ajoelhar.

  3. Parabéns pelo Cordel lindíssimo e instrutivo, poetisa Dalinha Catunda! “A TRADIÇÃO DO REISADO” ressalta um importante folguedo natalino, que faz parte da nossa cultura popular. Aplausos para o grande talento que Deus lhe deu! Bjs.

    • Escrevi com muito prazer esse cordel, minha amiga Violante, lembra muito as festas das cidades do interior. Fiz curtindo cada estrofe. Bjs e muito obrigada, amiga.

  4. Aproveitando o gancho

    Sesc Ceará divulga edital para artistas e profissionais de arte e cultura – Sesc
    2-3 minutos
    A seleção será no modelo de habilitação e atenderá a programação anual da Instituição

    O Sesc Ceará lançou o edital para credenciamento de artistas e profissionais de arte e cultura em todas as suas manifestações e linguagens para primeiro semestre de 2021. As inscrições serão abertas e seguirão até o dia 12 de fevereiro, através do site do Sesc Ceará. O resultado será divulgado no dia 1º de março.

    Serão aceitos trabalhos artísticos nas linguagens de artes cênicas (teatro, circo, dança), artes visuais, audiovisual, literatura, música e expressões da tradição, bem como propostas de ações formativas, que incluem palestras, oficinas, cursos, mediações, com foco no desenvolvimento artístico-cultural.

    As inscrições poderão ser feitas por pessoas física ou jurídica (incluindo MEI). A seleção será no modelo de habilitação, em que artistas individuais ou grupos podem apresentar as propostas de seus trabalhos para o calendário de eventos e, caso sejam habilitados, poderão ser convidados pela Instituição.

    Podem fazer o credenciamento grupos e artistas de todo o País. Um mesmo usuário poderá cadastrar vários grupos e cada grupo pode ter várias propostas inscritas, mas cada inscrição terá o seu respectivo número de protocolo.

    As ações acontecerão no Estado do Ceará, conforme a demanda, e em diversos períodos durante o ano.
    Serviço:
    Chamamento público para Credenciamento de Artistas Sesc Ceará 2021

    Data: 25/01 a 12/02

    Para informações completas sobre o Edital: Clique aqui

    FAQ Tira dúvidas: Clique aqui

    Inscrições: Clique aqui

    Contato

    Centro: (85) 34552122

    Crato: (88) 3586-9163

    Iguatu: (88) 3581-1130 ramal 207

    Juazeiro: (88) 3587-1065

    Fortaleza: (85) 3452.9090

    Sobral: (88) 3611-0954

    E-mail

    credenciamento@sesc-ce.com.br

Deixe uma resposta para Goiano Cancelar resposta