COMO MATARAM O NOSSO CACAU

Por volta de 1979, o Brasil estava entre os maiores produtores de cacau do mundo, com exportações de algo como US$ 1 bilhão. Em 89, uma grande praga de vassoura de bruxa devastou os cacauais. Desfez fortunas, destruiu o poder político dos cacauicultores, liquidou empregos. A Bahia, tradicionalmente PFL, caiu nas mãos do PT. A destruição do cacau foi um ato deliberado. Sempre se desconfiou do PT, mas aqui temos o comprovante:

Luiz Henrique Tenório, à época militante do PT, confessa ter colhido mudas da vassoura de bruxa em Rondônia para destruir as plantações baianas. Hoje, arrependido, diz que não imaginava tamanha devastação, tamanha perda de emprego: achava que haveria um susto e, em pouco tempo, órgãos técnicos ligados ao PT resolveriam o problema e sairiam como heróis. O Brasil levou pouco mais de 30 anos para dar um jeito na vassoura de bruxa. Luiz Henrique Tenório demorou mas confessou. Disse estar pronto para assumir a destruição ambiental. Mas quer que os demais envolvidos também paguem pelo crime. “Tinha de confessar. Não o fiz antes de tantas ameaças que sofri. E a terra onde nasci, onde minha família vive, teve a economia destruída”.

A situação já melhorou: com cacau orgânico, plantado sob grandes árvores da Mata Atlântica, a produção se ampliou, e o cacau é de qualidade alta. A questão agora é tomar conta do cacau: já se sabe que há criminosos prontos a destruir grandes riquezas agrícolas do país por motivos partidários.

Eles são os bons

Nove milhões e meio de trabalhadores da iniciativa privada tiveram cortes pesados nos salários. Mas quem ganha mais manteve os salários em dia: Paulo Guedes, o feroz cortador de salários de trabalhadores, vetou qualquer possibilidade de reduzir vencimento de servidores públicos. E o Supremo vetou qualquer redução de verbas, tanto para o Legislativo quanto para o Judiciário, durante a pandemia. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pensou em reduzir as verbas, mas Paulo Guedes proibiu os cortes.

Mordoca da boa

A verba mensal de gabinete, de R$ 111 mil, e o cotão, que vai de R$ 30,7 mil a R$ 45,6 mil, continuam em pleno vigor.

Frase definitiva

A humanidade só é viável se conseguirmos manter a proporção dos idiotas militantes abaixo dos 20%.

Corrigindo

No domingo passado, esta coluna cometeu um erro: disse que, quando Fernando Henrique deixou o cargo para disputar a Presidência, quem liderou a implantação do Plano Real foi Ciro Gomes. Na verdade, foi o embaixador Rúbens Ricúpero. Ciro Gomes assumiu alguns meses mais tarde. Ricúpero não encheu a Fazenda de diplomatas: levou três ou quatro para trabalhar com ele, todos profissionais de alta qualidade técnica.

Me prende! Me prende!

Roberto Jefferson está em plena campanha para ser processado por algum ministro do STF. Dá entrevistas dizendo que são todos comunistas, que os dois que vieram da Justiça do trabalho são juízes meia-boca, que nove dos ministros têm o rabo preso e dois têm o rabo solto. Quer se colocar como vítima – o primeiro processo que sofrerá a não ser movido pela Lava Jato.

O horror aos comunistas

Roberto Jefferson, que nunca tinha sido disso, agora cismou que os ministros do Supremo são incompetentes, homossexuais, comunistas e sabe-se mais o que. Imaginemos, como diz Roberto Jefferson, que alguns sejam homossexuais. E daí? Isso anula sua capacidade de julgamento? Que tem a ver a eventual homossexualidade de algum ministro com sua capacidade de julgamento? Digamos que ser apanhado roubando seja algo mais grave. E o partido de Jefferson, o PTB, já circulou muito nos meios comunistas nos tempos de Brizola. Agora resolveram se afastar dos comunistas?

Em busca de proteção

O presidente Bolsonaro resolveu que, embora tenha contraído a Covid, deve circular pelas ruas como se infectado não estivesse.

E está: passa para outras pessoas vírus à vontade. E infecta pessoas que confiam em sua presença. Não usa máscara, e seus partidários pegam o que for preciso.

Quando se diz que para ele tanto faz a saúde dos outros, ainda fica bravo.

A hora da vacina

A Covid ganhou nova força – e, ao mesmo tempo, há muita gente na rua, se amontoando. É torcer para que as vacinas ganhem força e sejam colocadas à disposição do povo. Sejam chinesas, inglesas, americanas, serão vacinas que nos ajudarão a sobreviver.

50 pensou em “COMO MATARAM O NOSSO CACAU

  1. Prezado Carlos, daí a César o que é de César. Quem não permitiu redução dos salários foi o STF. Quando se falou nisso eu li que Toffoli, num encontro com juízes e procuradores, disse “nem vai reduzir nosso salário”. Mandei uma mensagem para meu grupo de professores e disse que todos ficassem tranquilos porque se não reduzem o salário de Toffoli não podem fazer com o meu que sou concursado e ele não. O STF atendeu pedido do sindicato. Corrija seu erro.

    • Na verdade o que o Paulo Guedes fez foi uma jogada política . Os governadores queriam aumentar os vencimentos dos funcionários e ele propôs .Não haveria aumento por dois anos e não haveria cortes.

    • Questão de semântica. O STF não permitiu redução de salários. E Guedes cansou de propor congelamento dos salários, isto é, mantê-los no nível em que estavam, portanto sem cortes.

  2. Brickmann passando o vírus . Sorte que boa parte da população já está vacinada. E já que ele começou , BOLSONARO 2022 : BRASIL NO RUMO CERTO !.

  3. Carlos corrigir o erro acima mostrado pelo Assuero e uma obrigacao. Já o “chumbo” sobre o JMB que não usa máscara isto é canalhice ou má informação. Se ele já pegou e já foi mostrado que agora deu negativo, ele não precisa usar máscara. Ele não transmite pq só tem anticorpos e por isso tb não pega mais. A não ser que este virus fuja muita das regras biológicas. E por favor não preste atenção aos meus erros de ortografia.

    • Não creio que Carlos Brickman vá ler nossos comentários, mas não custa tentar. Caso ele leia, peço que considere que desde que começou a epidemia da Covid 19 no Brasil que o Jair Messias Bolsonaro anda sem máscara, entra no meio de aglomerações, abraça e beija o povo, pega nas mãos, segura os celulares de todo o mundo, respira nas pessoas, solta e inspira perdigotos e demais gotículas carregadas de vírus, de modo que ele, agora, depois de ter sido contaminado (sabe-se que o contaminado transmite o vírus alguns dias antes de sentir os sintomas da contaminação pelo Covid 19 e deixa de transmitir depois de 10 a 14 dias de contaminado), sair sem máscara para ele foi, é, e sempre será refresco, mas as pessoas fanáticas estão aí para defendê-lo, mesmo que da maneira mais absurda. Por isso, nem o que eu digo nem o que o Gonzaga diz deverá ser considerado.

      • Só uma coisinha caro mestre Goiano : ( sabe-se …………………………………………10 a 14 dias de contaminado ) . Mas sabe-se o que ? A cada dia uma nova data para o pico , uma segunda onda , já se foi o pico , não haverá segunda onda , crianças só retransmitem, crianças morrem de covid , bebes não são afetados pelo covid , bebes pegam covid ainda no útero , covid altera terminações dos membros , covid isto , covid aquilo. E a imprensa convidando o covid a ficar . Parece que é o seguinte . Não dá para derrubar o desafeto , então ferremos o mundo . Diga que não , mas isto é óbvio ao menos aqui.

  4. Sr. Carlos, seu recorte é interessante. Aponta defeitos à direita e à esquerda, tergiversa aqui e acolá, atribuindo responsabilidades a uns e outros, meia verdade aqui, uma mentirinha piedosa acolá e vamos indo indo. Se isso é chumbo grosso imagino quão inconsútil seja o chumbo normal.Vivemos momentos tormentosos, com instituições à deriva e dirigidas e constituídas por indivíduos que perderam completamente a noção das suas competências, tornando-se guardiões de seus egos e vaidades. Nunca uma nação precisou tanto de jornalistas servos da verdade, fundamentados em fatos e fontes lídimas e probas.

    • Adair, “inconsútil” significa “sem costura”. Como nunca ouvi falar de chumbo com costura, mesmo tendo trabalhado pertinho de uma gráfica que operava com chumbo, imagino que o chumbo normal seja sempre inconsútil. A propósito, a coluna não se chama “chumbo grosso”.

  5. Carlos Brickmann, quando alguém de bom senso, como você, nos mostra como são as coisas deste país os idiotas citados por Umberto Eco sempre se manifestam.

  6. Sr. Carlos Brickmann, já estava estranhando o atraso de sua coluna dominical na nossa querida Gazeta Escrotíssima do JBF, mas eis que ela aparece. Ainda Bem.

    Quanto à manutenção do salário dos servidores públicos, meu colega de JBF já esclareceu acima. Ao que eu me lembre Guedes apenas queria que não houvesse aumentos até 2021 e maia queria cortar 25%. Maia foi “esperto”, pois sabia que o STF brecaria tal medida e também brecou o que Guedes queria.

    A vassoura de bruxa no cacau baiano foi obra exclusiva do PT, que é capaz de destruir tudo desde que leve vantagens. Tem outro ataque de pragas também, o bicudo na cotonicultura brasileira em 1986, que tornou a nossa lavoura de inseticidas.

    Não foi nem Rubens Ricúpero (o que é bom a gente fatura, o que é ruim a gente esconde) nem Ciro Ferreira gomes que implantaram o Real. Foi a equipe do Gustavo Franco, Edgar Bacha, André L Resende e Pérsio Arida. Fernando Henrique Cardoso credita o sucesso do Plano Real aos conhecimentos técnicos da equipe econômica, ao apoio do então presidente Itamar Franco.

    “A humanidade só é viável se conseguirmos manter a proporção dos idiotas militantes abaixo dos 20%.” Evidentemente o Sr. Não se inclui neste 20%. Modesto não?

    Bob Jeff é meu malvado favorito. Já esteve preso, foi o político que mais esteve preso pelo mensalão, apesar de tê-lo denunciado e acabado com os sonhos de hegemonia do PT. Pagou pelos seus erros e não deve mais nada.

    Denunciou os membros do STF (9 com o rabo preso e 2 com o rabo solto). Se tiver 2 homossexuais dentre eles, importa sim, pois todos os homens são casados têm filhos e vivem uma vida de mentira, o que é importante para a nação.

    Será que vão processá-lo? Censurá-lo é uma atitude coverde.

    Bolsonaro está curado da gripe chinesa (testou negativo), tomou o Coquetel de Hidroxicloroquina e esta passou por ele como se fora uma gripezinha. Pode circular agora sem o uso da máscara pois não transmitirá nem será contaminado. Terrível não? Ele não afeta a saúde dos outros.

  7. Jornal da Besta Fubana – Es realmente emocionante y loco ser parte de esto“.
    Cabo de guerra fubânico (também chamado de jogos da corda, é uma atividade esportiva onde duas equipes competem entre si para ver qual delas possui a maior traquejo com as palavras) – No time A temos:Assuero, Joaquimfrancisco, João Francisco, Adair, Gonzaga;
    No B temos Brickmann e Famigerado.
    Sancho, convidado como árbitro da peleja, com a camisa fubânica do time A, convida a todos para o brinde da vitória do titânico “A”.
    Deixo aqui aos não vitoriosos do domingo, meus votos de incentivo para que não desistam, pois se treinarem bem, na próxima possuem grande chance de vitória.
    Por fim, que todos os integrantes dos dois excelentes times tenham um ótimo final de domingo.
    Abraço e beijos em todos os vossos corações.

  8. A hora da vacina

    Para um jornalista, o que ele nos fornece como informação é digno do Jornal Nacional , nada.
    Pergunto a ele . A cracolãndia desapareceu ? Ou os viciados agora mantém distanciamento social e fazem higienização das mãos antes de fumar a pedra e passar para o amigo?

    • Imagino, Airton, que você saiba a resposta. Mas, desde que o Senhor entregou os Mandamentos a Moisés, há uma proibição específica ao assassínio. Códigos penais no mundo inteiro punem o assassínio. E o assassínio foi extirpado deste mundo? Como já disseram antes (a fonte varia de Einstein a Adenauer), o bom Deus, que limitou a inteligência humana, não poderia ter limitado também a burrice?

  9. Gostei muito de sua coluna, Carlos.

    Especificamente no caso JMB, lembro que ele passeou de moto pelo Alvorada sem máscara e falou com um gari, enquanto ainda estava positivado. Pobre gari. Como o JMB tem uma equipe médica à disposição, para ele, problema nenhum; mas para o gari, a possibilidade de receber o vírus é apavorante: servir-se do SUS.

    E quanto ao oportunista Bob Jeff, sem comentários. Ele está tentando volar à cena, talvez para mais boquinhas. É asqueroso, como tantos outros. Em relação ao STF, ele é o “morde” a mando do JMB Paz e Amor, o “assopra”

    O JMB deve se comportar como líder de todos os brasileiros (“O Brasil acima de tudo”) e não só de seus seguidores.

    No caso, Sancho, inclua-me no time A.

    • Putz! que gênio é o Franciscovisk . O Gari pegou a doença por falar como seu presidente !. Eita mundão de meu Deus !. Os entregadores de comida pronta , gás , correios , trabalhadores do mercado , da farmácia policias etc , não pegam . Apesar de agora até para pegar condução exige-se máscara , ainda não vi um gari correndo atrás do caminhão de coleta de lixo usando uma. Quer dizer , serviu ao chicovisk o resto que se f* . Posta ai consorciado , a foto do cara servindo -se do sus , e o b.o. policial do vírus presidencial.

    • Caro Francisco,

      A partir do momento em que JMB ficou sabendo que estava com a doença chinesa ele se recolheu nos porões do Alvorada e sequer chegou perto de seus familiares. Só saiu para andar de moto ontem, quando já havia testado negativo.

      Agora não pega nem transmite a doença, sendo desnecessário o uso de máscaras.

      Tente outra narrativa, pois a de que JMB ameaça a população não cola mais.

      • O Francisco….por acaso vc viu se o gari estáva de máscara? Se estava está protegido do vírus nazista@ do Bolsonaro . Se não estava é tão culpado quanto o presidente . No maus vai te catar

        • Duas máscaras protegem melhor do que uma. A propósito, mandar quem não concorda calar a boca é uma estranha noção de democracia.

      • Mas é possível que antes de ter feito o teste Jair Messias Bolsonaro, O Irresponsável, tenha transmitido vírus para a população, pois, como se sabe, ele, como grande e simpático líder que é, caiu nos braços do seu povo amado sem se importar com quaisquer consequências desde que o Covid 19 surgiu no mundo, mas ele estava com o firme propósito de provocar a tal da imunidade de rebanho, mas não é só isso, sabe-se que a pessoa que se contamina pode transmitir a doença alguns dias antes de sentir os sintomas e o maluco, quando fez o teste que deu positivo, já estava infectado há dias e andando por aí sem qualquer cuidado, e quem sabe sabe que a contaminação pé assim, já começa uns dias, talvez dois, antes dos sintomas, e deixa de transmitir depois de dez a quatorze dias de doente, e então nós e Carlos Brickmann, se o maluco resolver nos ler, saberá de tudo, inclusive da defesa feita por João Francisco, O Fã Incondicionático.

        • É possível sim. Assim como é possível que o foco das transmissões ocorreu onde o Carnaval é forte como Pernambuco, Rio e São Paulo. Ninguém fala disso?

    • João Francisco, a respeito de sua mensagem abaixo, por que você não procura o gari e obtém dele uma declaração assinada de que não pegou o vírus? E, se tiver pegado, que tal uma gravação com o vírus dizendo que veio de outra fonte?

      • Sr. Carlos eu lhe desculpo por confundir os comentaristas, outros já o fizeram.

        Eu sou João Francisco, sou de Ribeirão Preto, não coloco meu sobrenome por opção por não ser uma pessoa pública. Tem um colega que se chama Joaquimfrancisco (ele escreve assim) e é, salvo engano da região do ABC (SP). Nossos pensamentos convergem na maioria das coisas, porém temos estilos diferentes de comentar.

        Portanto não falei nada de Gari. Fiz um longo comentário e espero ter a sorte de ter meus argumentos debatidos por V. Sa., com a inteligência que lhe é característica.

        Caso não seja possível, entenderei.

        Abraços

        • Escrevi mesmo sobre gari , pois não vi nenhum correndo atrás do caminhão de coleta usando máscara. E olhem que nada se faz para evitarem o contacto com germes , vírus , infecções , coisas que podem acomete-los. Mas pegar dele uma declaração assinada ou gravação é o fim da picada . É ironia demais até para este jornal. Daqui a pouco vão querer investigações sobre a cueca que Bolsonaro usou durante sua aparição ao público.

  10. Bahia parece que não aprendeu nada. O Sr. Luiz Henrique Tenório, à época militante do PT, destruiu todas plantações de cacau, acabou com centenas de milhares de empregos, provocou o êxodo da população rural para viver nas perifirias das grandes cidades. Depois de tudo isto ainda continua votando no PT.
    A verdade dói, mas não abre os olhos dos que não querem enxergar.

    • Caro verdade,

      Ao PT interessa a pobreza e a miséria, pois neste caso é mais fácil captar votos.

      O PT conseguiu seu intento e está se perpetuando no poder da BA.

      O caso do cacau da BA é o exemplo claro desta tática de poder.

      • A PRAGA
        Segundo reportagem da revista da Veja, no dia 22 maio de 1989 técnicos descobriram, durante investigação de rotina, o primeiro foco de vassoura-de-bruxa numa plantação de cacau no sul da Bahia. A praga é mortal aos cacaueiros e espalhou-se de forma espantosa e linear, destruindo as lavouras da região.

        AS HIPÓTESES
        À época, várias hipóteses foram levantadas sobre a chegada da doença nas plantações, inclusive a de sabotagem feita por países produtores de cacau, uma vez que os técnicos econtraram ramos de cacau infectados com vassoura-de-bruxa amarrados em pés de cacau, mas nada ficou comprovado. Dezessete anos depois, o idealizador e executor da sabotagem conta como fez o serviço.

        O MILITANTE DO PDT e A PARTICIPAÇÃO DE MILITANTES DO PT
        Henrique Franco Timóteo, baiano, técnico em administração e militante do PDT, disse ter se unido a outros quatro amigos do PT para contaminar as plantações de cacau no sul da Bahia. A justificativa dada é a de que queriam acabar com o domínio político dos barões do cacau, cujo poder econômico influenciava a política local. “Só se candidatavam a vereador e prefeito quem eles queriam”, reclama Franco Timóteo, autor da idéia. O restante do grupo era: Everaldo Anunciação, Wallington Duarte, Eliezer Correia e Jonas Nascimento, todos do PT e funcionários da Ceplac, órgão do Ministério da Agricultura que cuida do cacau.

        OS CACHACEIROS
        Todo o esquema foi montado no final de 1987, num bar conhecido na região onde os amigos se reuniram. 

  11. Carlos Brickmann, teu doido, tu certamente nunca lerás o Jornal da Besta Fubana, porque tu és doido mas não és maluco, e não tomarás conhecimento se nossos comentários, nem saberás que há versões dessa história da Vassoura da Bruxa atacando o cacau da Bahia. Não que não seja bastante crível que tenha ocorrido daquela maneira, só que mais ou menos, isto é, não consta que o Partido dos Trabalhadores, como instituição, tenha promovido aquela desgraça.
    É que o tarado do cara que diz ter feito a desgraça toda nem era filiado ao PT, mas ao PDT…
    Sim, ele diz que três companheiros cujos aos quais ele fez a cabeça, eram, segundo um dos relatos, militantes petistas, e ele envolve mais uma tuia de gente da administração pública que teria participado da tramóia.
    Uma loucura total.
    No site AgroLink a coisa está bastante esmiuçada.
    No Farol da Bahia tem até o depoimento do cara.
    O meu depoimento é o seguinte: Declaro que sou contra colocar Vassoura da Bruxa nos cacauais. Afirmo que é crime. Quero saber se os safardanas foram presos.

    • Foi aberta uma CPI na Assembléia baiana e tomadas outras providências legais. Há várias versões, inclusive a dele, que se incrimina ao fazê-la, e se propõe a contar tudo às autoridades. OK, investiguemos. Que é crime me parece claro. Se a investigação conclur que houve o crime e encontrar os criminosos, que sejam punidos na forma da lei. Impossível? Não: uma grande multinacional de bebidas passou anos tentando entrar num Estado brasileiro, sem êxito. O vasilhame era difícil (e a Cia. Nacional de Álcalis era estatal). E a concorrente, já dona do mercado, pagava pessoas comuns para portar um chaveiro com ponta de quebrar vidros, para ir quebrando o vasilhame nos caminhões do adversário. Isso só acabou comc o vasilhame PET.

  12. Parece que li aqui a tempos atrás que o Goiano passou uma temporada no sul da Bahia. Bom talvez eu me engane. Calma mestre , não sei se é ao sul , mas tens parente próximo lá ? . Não entendas mal , não estou fazendo suposições , apenas digo isto porque acredito que entendas a sério do caso da vassoura de bruxa. Fostes voando creio . carro demora muito.

    • Sim, tens boa memória, estive várias vezes sugando meu irmão Arlyson, que tem casa em Nova Viçosa, Sul da Bahia – e aí a gente aproveita e dá umas vassouradas pelas cidades próximas. Também já passei o rodo em Ilhéus. E, é claro, andei pelos calçamentos de São Salvador.
      Quanto ao caso da Vassoura-de-Bruxa, não é o caso, porque sou, no caso, Bruxo, e bruxos não andam de vassoura, voam de avião.

  13. Brickmann, espertamente, faz críticas ao Bob Jeff, sabendo que ele não terá ferramenta para se defender, pois o amigão lá do STF derrubou o Twitter do Bob Jeff. Coisa de jornalista tucano. Os métodos são sempre desleais, jogo baixo, para com o adversário.

  14. Vacina chinesa, Marat, só interessa ao Dória que, sabe-se-lá, qual interesse tem nessa coisa ching-ling que está vindo lá do pais do sol nascente que manda a morte pra gente. É a indústria do vírus chinês, vulgo Covid-19, que está a pleno vapor. Vi, hoje, uma farmácia anunciando: Teste de Covid a 140 reais. Se considerarmos que a pessoa deve passar por vários testes, talvez uns três, se não enfiar os pés na cova antes, morrerá vivo com 520 reais. Se morrer antes, gastando apenas uns 140tinha, aí o faturamento vai para a funerária e/ou serviços de velórios.

    • Fora o preço abusivo das máscaras ( pacotes com 50 quase $800,00 , quem pegou a ajuda financeira quase pode comprar uma embalagem) algumas marcas em $25,00 a unidade e outras “personalizadas ” muito mais, mas devem ser para vírus personalizados.

  15. O terceiro teste de Bolsonaro deu negativo. Vamos ver o que ele, o jornalista perfeito, aquele que se considera um gênio da profissão, escreverá na próxima coluna.

  16. Teve um surto de boa memória? Lembrou-se da escândalo, de um crime hediondo, praticado pelos canhotos do passado? Normalmente passa pano em canhotos, já que canhoto é. Exemplo? Acaba de tentar limpar a barras de Rubens “Eu não tenho escrúpulos. O que é bom a gente fatura; o que é ruim, esconde” Ricupero.

  17. O sujeito tenta explorar a ingenuidade de alguns leitores, como se todos os leitores fossem idiotas. Chama o leitor para o título “Como mataram nosso cacau” e logo em seguida, desce a lenha no governo bolsonaro e em Roberto jefferson, que ora está defendendo o presidente eleito por quase 60 milhões de eleitores. Depois, faz menção às vacinas, alegando que a o vírus chinês ganhou força, quando na verdade está perdendo força. Ou o desmonte de hospitais de campanha milionários por falta de pacientes não está acontecendo? Brickmann deveria ler mais os seus colegas de profissão sérios, honestos, imparciais, compromissados com a objetividade, com os fatos. Contra fatos não há argumentos Brickmann. Espelhe-se em Augusto Nunes, Brickmann. Ele exerce a profissão com seriedade, com honradez.
    Uma pergunta, Brickmann. Onde foram parar os pacientes de antigamente, que morriam nos corredores de hospitais por falta de leitos. Morriam em macas, nos corredores. Não tinha quartos ou UTI’s para serem atendidos. Parentes de pacientes, revoltados, chegavam até a agredir médicos e funcionários dos hospitais. Tudo isso cessou repentinamente, um milagre. Será que agora só temos doentes com vírus chinês? Ninguém mais tem dengue, chikungunya… Com a palavra o nosso mais bem informado jornalista.

    • Mauro,
      1) Mataram o Cacau, mas ele renasceu e cresceu como Phênis – o Brasil acabou com a praga e agora o cacau está ainda melhor e mais forte
      2) Nosso presidente Jair Messias Bolsonaro não é imune a críticas e, por sinal, grande merecedor de muitas e pesadas
      3) Roberto Jefferson, novo herói… estranho… de novo… huummm…
      4) Jair Messias Bolsonaro foi eleito com 57 milhões e 700 mil votos, mas hoje é uma sombra do que foi
      5) Epidemia de Covid-19 volta a crescer em todas as regiões do mundo e alguém diz que está perdendo força… huuummmmm…
      6) Taxa de contágio volta a crescer e Brasil registra 42,7 mil novos casos de covid-19, notícia de ontem, e alguém acha que está perdendo força… huuummm…
      7) Felizmente procurou-se dotar a população do maior número possível de vagas hospitalares. Se não o tivessem feito, as medidas de contenção não tivessem dado resultado, estaria morrendo muito mais gente e aí algumas pessoas acusariam: – Por quê não fizeram hospitais de campanha?!
      8) Espelhar-se em Augusto Nunes é como olhar para uma chapa branca espelhada e refletir-se
      9) Teria cessado a superlotação dos hospitais ou as pessoas teriam já parados de ver isso? Huummm…
      10) Estaria o Covid 19 se alimentando da dengue, do chikungunya? Huummmm…

  18. Bem colocada as aticulações do Chumbo Gordo, pelo mestre Brickmann.

    A Vassoura de Bruxa parece que se instalou também durante o governo do PT, que mesmo após “dedetizado”, deixou contaminado os orgãos de imprensa, universidades e até o STF.

    Atualmenjte, agradeceram até a “deus” pelo surgimento do COVID19. como se fosse uma nova espécie de “Vassoura de Bruxa” – O Retorno.

    Ou quem classifique o COVID como uma nova facada (desta vez) na barriga na economia.

    E muitos torcem por ela pois, em pindorama, tem doido pra tudo.

Deixe uma resposta