CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Mestre Berto,

O bem informado jornalista CLÁUDIO HUMBERTO, no seu DIÁRIO do PODER de hoje, 02/abril/2021, esclarece que o Brasil aplica mais de 1 milhão de doses de vacina pelo segundo dia seguido.

Desempenho mostra que potencial de vacinação em massa fica evidente, só faltavam doses.

A vacinação contra covid no Brasil continua batendo recordes, deixando sem argumentos os críticos e a “torcida do vírus”.

A maior prova foi dada nos últimos dois dias, quando aplicamos mais de 2 milhões de doses.

A meta de vacinar um milhão por dia, estabelecida pelo ministro Marcelo Queiroga (Saúde), batida na quarta (31) e elevada ontem (1º), mostrou o potencial do Plano Nacional de Imunização (PNI). Só faltavam as doses.

Essa manchete incontestável noticiada por um jornalista sério e bem informado mata de inveja a imprensa convidão e os jornalisteiros funerários em que se transformou o jornalismo brasileiro contra o governo do presidente Bolsonaro.

Acabou a verba de publicidade fácil, o ódio emergiu como um monstro na lagoa.

4 pensou em “CÍCERO TAVARES – RECIFE-PE

  1. A notícia é tão boa que a REPITO: A meta de vacinar um milhão por dia, estabelecida pelo ministro Marcelo Queiroga (Saúde), batida na quarta (31) e elevada ontem (1º), mostrou o potencial do Plano Nacional de Imunização (PNI). Só faltavam as doses.

    Jornalisteiros funerários? Por essas e outras só perco (ganho) meu tempo lendo o JBF.

    • San Cho Coco Loco,

      Você é o tipo do comentarista que tem as palavras abalisadas pelo certificado do Instituto Butantan.

      Fraternais saudações.

  2. Acredito no seguinte : todo esforço , é válido e necessário para acabar com o mal que aflige o mundo . Usamos contra o mal , remédios que seus fabricantes não o indicam para certas doenças , pois não foram projetados para isto . Mas se estiverem dando certo , vale a pena continuar. Usamos vacina que dizem ter pequena eficiência , mas foram produzidas para o combate . Mesmo sem total eficiência , é a que temos a disposição. Vi por cá , filas de poucas pessoas pois foi distribuída por idades , mas ninguém quis deixar de ser vacinado . Pessoas fortes e saudáveis das proximidades vieram a falecer antes da vacina . Também contam casos de pessoas que vieram a falecer depois de tomá-la , entretanto não se sabe ao certo . O certo é que existe uma luta contra um inimigo invisível e temos que usar o que estiver a disposição . Temos que fazê-lo decair ,pois ele se associa a outras doenças e provavelmente a tiros , envenenamentos ( até por overdose de medicamentos, segundo a imprensa ) , abandonos ( como alguns agiam antes contra muitos doentes ) e a safadezas de políticos cretinos que desviaram verbas para controle da pandemia e precisam serem presos . E é preciso dar um cala-boca e um bom cacete nesta gente safada que está tirando proveito desta situação. E apesar de ser inacreditável , tem muita gente enriquecendo com esta situação.

    • Caro joaquimfrancisco,

      Obrigado por compartilhar e trazer novas informações à postagem sobre esse inimigo invisível.

      Sua presença é sempre bem vinda às nossas postagens!

      Obrigado. E feliz Semana Santa.

Deixe uma resposta para CICERO TAVARES Cancelar resposta