CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Mestre Berto:

O nobre editor assistiu à entrevista do ex deputado federal e ex presidiário, Roberto Jefferson ao programa OS PINGOS NOS IS de ontem, 20.04.2020?

Quais suas considerações a respeito:

Merecem credibilidades os alertas dele de que existe uma tentativa de GOLPE CONTRA O PRESIDENTE EM CURSO, tramada por Rodrigo Mala, Davi Alcolumbre, FHC, o Centrão e os seis bandidos já conhecidos do STF?

Boa tarde e forte abraço

R. Ouvi toda a entrevista sim, meu caro colunista fubânico.

E quem não ouviu ainda, é só clicar aqui.

Roberto Jefferson, o homem que denunciou ao mundo o Mensalão Petista, é especialista em ladroagem, uma área que ele conhece bem que só a porra!!!

Quanto à tentativa de golpe em andamento, contra um presidente que foi eleito democraticamente por mais de 57 milhões de votos, isso não resta a menor dúvida. (Segundo o Datafolha, a Globo, o Estadão e o fubânico Ceguinho Teimoso, desses 57 milhões, 10 milhões já se declararam arrependidos. Podes crer!!!)

Uma tentativa de golpe que está clara, evidente, à vista de todos, capitaneada por Rodrigo Maia, aquele cara-lisa que tem o codinome de Botafogo na lista de propinas da Odebrecht.

Um movimento encabeçado por canalhas desqualificados e que tem o apoio da oposição e da esquerda “democrática” deste país surrealista.

Uma aberração que está em pleno andamento, uma canalhice imunda, fedorenta, contando com o aval de malfeitores dos dois outros poderes da república,  nos quais existe um monte de gente que só falta meter o dedo no furico e rasgar de tanta inveja e ressentimento.

O saudoso Ulysses Guimarães dizia que o que político mais tem medo é de ver o povo nas ruas.

E o povo que tem ido pras ruas nos últimos dias, em todo o país, num festival patriótico banhado em verde e amarelo e sem um único risco vermelho, tem deixado assustados muitos felas da puta.

Ele que tomem cuidado:

O jumento Polodoro está de pajaraca vaselinada, ansioso pra cruzar com cada um deles.

10 pensou em “CÍCERO TAVARES – RECIFE-PE

  1. Caro editor!
    Na minha modesta opinião o Sr. foi muito gentil com estes filhos da puta.
    A pajaraca do Polodoro tem que ser é sem vaselina que assim poderá arrombar o furico de todos eles.Um abraço! Boa tarde!

  2. Roberto Jefferson e Lula, dois presidiários safados que não merecem respeito ou atenção. Que os dois e, gente de suas lais, vá para a puta que os pariu!

      • Meu caro Airton, tenho muito receio desses pregadores de “o povo no poder”, a história nos mostra que, seja quem for que assumir o poder em nome do povo, logo se transforma em um tirano sanguinário e que, logo é derrubado por outro “representante do povo, que continuará as perseguições e matança de que com o “poder” não concordar. Já foi dito que o sistema democrático pode ser ruim, mas até hoje, não inventaram sistema melhor. Em nome do povo ou em nome de Deus, os maiores crimes foram cometidos durante os seculos. Vamos ficar com a D E M O C R A C I A .

  3. apenas um colocaçao , como hoje nao confio nos militares , , so espero que eles nao matem seus compatriotas na hora que houver uma convulssao social e para a qual stamos caminhando a passos largos pelo que corre na boca pequena , e ai a fala do general joao batista de figueiredo ,la nos anos de oitenta deixara de ser uma fala para ser uma premoniçao

  4. agora sobre o datafalha , o globo e o ceguinho teimoso , conheço pelo menos vinte por cento dos que votaram em haddad que dizem nao votar em nenhum partido de esquerda ou no pt e seus cumplices , , e eu confio muito mais na minha pesquisa do data caminhoneiro que acerto de primeira na eleiçao em 2018

  5. Roberto Jefferson merece credibilidade mesmo sendo um ex presidiário.

    Tudo o que ele disse no mensalão se provou ser verdade. Aliás saiu dele o termo Mensalão, que ficou célebre na história do Brasil.

    Depois disso teve o Petrolão e agora o Covidão (mais um termo que vai pegar).

    Apenas quem conviveu ou convive entre bandidos pode contar o que acontece lá dentro.

    No mensalão elle disse tudo, apenas errou quando disse não acreditar que o Lula sabia de tudo, o que se provou ser errado.

    Portanto não há que se desconsiderar o que diz quem convive entre os políticos e os conhece nas suas entranhas.

  6. “A honestidade pode ser a melhor política, mas é importante lembrar que aparentemente, por eliminação, a desonestidade é a segunda melhor politíca.” George Carlin

Deixe uma resposta