CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro editor Luiz Berto:

O Antagonista foi preciso em poucas palavras: o que é crime à Liberdade de Imprensa e o que não é.

Só um jornalismo independente e não subserviente é capaz dessa proeza:

Prender hackers não é, não, atentado à liberdade de imprensa.

A prisão dos suspeitos de invadir os celulares de Sergio Moro e Deltan Dallagnol não é, não, um atentado à liberdade de imprensa.

Correspondência, não importa o meio, é inviolável. O seu sigilo só pode ser quebrado por ordem judicial.

Atentado à liberdade de imprensa seria, por exemplo, prender os jornalistas que veicularam o conteúdo roubado pelos invasores.

Enfim, depois de tanta miséria, roubo, assalto a mão armada e saques do Brasil sob o manto do PT, surgem dois jornais que valem apenas acessar para saber de tudo e não ficar alienado:

O Antagonista e o Jornal da Besta Fubana.

PT! NUNCA MAIS!

Deixe uma resposta