DEU NO JORNAL

O Brasil deve atingir nos próximos dias a importante marca de 100 milhões de doses de vacinas anti-Covid adquiridas e disponibilizadas pelo governo federal.

Até ontem, sexta (21), já estavam à disposição do Ministério da Saúde 89,5 milhões de doses, mas nessa conta ainda não constam as 6,1 milhões de doses entregues pela Fiocruz nesta sexta.

Um total de 78,4 milhões já foram distribuídas aos estados.

As 100 milhões de doses devem ser alcançadas até o fim da próxima semana.

Foram aplicadas 62 milhões de doses até esta sexta (21), sendo 41,5 milhões de primeiras doses, segundo a plataforma vacinabrasil.org.

* * *

Dessa notícia aí de cima eu que quero destacar duas coisas que foram ditas sobre as vacinas:

Foram “disponibilizadas pelo governo federal” e foram “distribuídas aos estados“.

O governo federal é aquele dirigido por um genocida, o matador de multidões, conforme apregoa a mídia funerária.

E que é recebido em festa por estas mesmas multidões masoquistas.

Num intendo…

Bom, o fato é que a notícia não vai sair no Jornal Nacional.

Mas sai aqui nesta gazeta escrota, para gáudio dos seus fieis leitores.

Abraços e um excelente final de semana para toda a comunidade fubânica!

11 pensou em “CHEGANDO À CENTENA DE MILHÕES

  1. Prezado Jornal

    Pela lei a distribuição deve ser feita pelo governo federal (ministério da saude) não importa a origem da vacina, Butantan ou Fiocruz. Por isso a notícia garbosa não é relevante. Relevante seria se a lei permitisse a compra e aplicação por sistemas partuculares.

    Explicando, o Butantan, por exemplo, é do estado de SP, mas as vacinas que produz devem ser entregues ao ministério para que as distribua.
    Agora a boa, excelente notícia, além da quantidade de vacinados, é que o número de idosos internados por Covid está se reduzindo grandemente. Em SP, por exemplo o número de idosos internados caiu de 80% para 66%. É uma vitória da vacina

    Segundo a Fiocruz (e esta é a má notícia) a maioria dos internados tem menos de 60 anos.

    Abraços à vacina

    • Se vc não acha relevante a distribuição de vacinas . por que a saúda ?
      Quanto a compra de vacinas por particulares , as próprias farmacêuticas , por enquanto , não as vende .

      • Prezado

        Parece que não leu meu comentário. Saúdo sim.

        Acho relevantíssimo a distribuição das vacinas. Só comentei que a distribuição independe do fabricante, é obrigação legal do Ministério da Saúde.

        Tanto que o Governo não autorizou a compra de vacinas Sputnik por particulares. Porque? Mesmo doando (como queriam) a metade ao governo, a outra metade seria aplicada particularmente.

        Simples assim (no caso da Covid – para a gripe, por exemplo, a vacina pode ser aplicada de forma paga, por clínicas particulares).

        Lembro ainda o caso dos empresários de BH que tomaram (de forma particular) uma pretensa vacina (que aliás não era vacina coisa nenhuma foi golpe). A tal “enfermeira” foi presa.

        Acho que agora você entendeu meu ponto de vista.

        A braços vacinados

        • A Sputinik não foi , ainda , aprovada pela ANVISA e sendo também não poderá comprada por clinicas particulares . Projeto de lei neste sentido não prosperou no Senado .

          Ah , e no meu entender , o texto chama a atenção para a distribuição e sim pela aquisição , algo que é negado pela CPI ( é só ouvir a fala do relator e do vice-presidente ) . E para a quantidade de brasileiros vacinados , que segundo os oposicionistas é muito pouco . Afinal as estradas de Sergipe são idênticas as supervias alemãs ,onde vc anda na velocidade máxima que o seu carro alcance . e a infraestrutura é igual a dos USA Então não se entende porque o povo sergipano não está totalmente vacinado .

  2. E segundo a senadora Mara Gabrilli , Pazuello trocou duas pessoas no ministério com a obrigação de impedir a chegada de vacinas ao Brasil .

    • KKKKK,

      Quando li o “Prezado Jornal” pensei no mesmo que o nosso Editor.

      Em dez anos acompanhando esta Gazeta Escrota, nunca vi tamanha e prezada escrotice.

      Mas nada como um dia após o outro para aprendermos mais.

      Prezados leitores, comentaristas e colunistas fubânicos desta Gazeta Escrota, eu vos saúdo!

      • E às vezes eu ouso imaginar que os franciscos, os johns does, os hipólitos são criação de Berto única e exclusivamente para gerar alguma discussão nesta gazeta escrotíssima, com 99,9% de leitores conservadores.

        O que precisa fazer o Jair para essas maravilhosas pessoas entenderem que seu governo é excelente e ele representa a única via possível para o grupo de cidadãos conhecidos como CONSERVADORES?

        E olha que EU tenho sérias críticas ao Jair com relação a não colocar em processo de privatização TODAS as estatais.

        Olho para certos ministérios como Economia:Paulo Guedes Paulo Guedes, Agricultura, Pecuária e Abastecimento: Tereza Cristina, Ciência, Tecnologia e Inovação: Marcos Pontes, Infraestrutura Tarcísio Freitas, Mulher, Família e Direitos Humanos: Damares Alves, só para citar os mais importantes em minha opinião e VEJO profissionais extremamente qualificados e que fazem excelente trabalho MESMO com todos os obstáculos que os opositores colocam no caminho do atual governo.

        Você TIRA Bolsonaro e em seu lugar colocaria quem? Quem faria melhor do que tem feito o atual governo?

        Comparando com os governos que vi em meus 57 anos de vida AFIRMO que os anteriores ficam muito a dever ao atual.

        Mas gosto e desgosto é carga de cada um…

        • Destaco dois trechos do ótimo texto de Percival Puggina publicado hoje nesta gazeta:
          (…)Pense na erotização das crianças, na ânsia pela liberação da maconha, nas prisões abertas, na culpa das vítimas e na inocência dos culpados. E vamos, assim, virando o mundo pelo avesso (…).
          (…)o Brasil, com um governo que coloca Deus acima de todos, está no olho de um furacão de intolerância a evidenciar que não há lugar para Ele na destruição empreendida por seus adversários. Há dois anos, o Brasil mostrou não estar perdido. Não há uma carta de rendição sobre a mesa. Ainda é tempo de salvação.

          • Caríssimo e sumido Sancho!

            Eu entendo sua angústia por entender que estamos sob uma oportunidade única de quebrarmos um paradigma de que conservadores nunca governaram realmente o país.

            O que Bolsonaro está fazendo de quebrar o círculo vicioso da corrupção entre judiciário, legislativo e órgãos estatais, tendo a grande mídia e a classe cultural como poder conivente com isso tudo; é único e vai permitir que o país dê uma alavancada para a relevância mundial.

            Já disse aqui várias vezes, para quem acha que passamos pano para Bolsonaro, que em 2026 ele passa o bastão, acabou para ele, pode usufruir de sua bela mulher, bela aposentadoria e bela casa no RJ e nunca mais voltar à política. É o que ele passa para nós que irá vazer.

            Isso é ser ditador? Ele não precisará se eternizar no poder, pois já será lembrado como o melhor PR de todos os tempos.

            Mas, e sempre tem um mas, caro Sancho, as coisas não serão tão fáceis assim. Os contrariados nesta história não são fracos e têm o real poder nas mãos. A Imprensa ainda tem a narrativa (pouca, mas tem), eles tem a justiça nas mãos e o poder do STF de fazer o que quer.

            Temos que fazer nossa parte. Não é pelo Bolsonaro, que não tem muito a perder e sim por nós, que deixaremos uma oportunidade de ouro passar e viraremos a Argentina e Venezuela.

            Um Abraço, meu grande amigo.

            • Caríssimo João,

              O que muito brasileiro não entende é exatamente o seu final de comentário: Temos que fazer nossa parte. Não é pelo Bolsonaro, que não tem muito a perder e sim por nós.

              Depois que virar BrasilZUELA, CuBRASIL ou ArgenSIL aí não tem mais retorno…

              Tenho também a certeza de que em 2026 ele passa o bastão, acabou para ele, podendo usufruir de sua belíssima mulher, belíssima aposentadoria e belissima casa no RJ e nunca mais voltar à política.

Deixe uma resposta