1 pensou em “CELSO DE MELLO COMPARA BRASIL À ALEMANHA NAZISTA

  1. De um STF de indicação política não se pode esperar Justiça isenta ou imparcial. Imagine que Bolsonaro já externou a ideia de aumentar o número de ministros para ele ter maioria e usá-la quando necessário.
    Não tenho pendores por Celso de Mello, inclusive já o critiquei. Mas diante do comportamento incivilizado e ofensivo de Bolsonaro à comunidade científica, à imprensa, às instituições STF e Congresso, bem como por anuir com manifestações antipatrióticas e antidemocráticas na Esplanada dos Ministérios por subversivos, inclusive o presidente desfilando montado a cavalo e sobrevoando de helicóptero, vejo a mensagem do ministro condizendo com o modo de agir do presidente e um alerta para chamar a atenção do país do risco que corre a estabilidade da democracia brasileira.

Deixe uma resposta