CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Berto,

Veja este comentário do General Heleno sobre a Ministra Carmen e a Amazônia:

Como tenente do Exército, trabalhei duro por dois anos na fronteira do Brasil.

Em terras inóspitas, entre índios, brigas de garimpeiros e Ongs americanas cheias de padres que não eram padres.

E digo que se não fosse o trabalho e a vigilância das Forças Armadas, o Brasil se resumiria ao litoral!!!!

A Amazônia pertence ao Brasil graças às Forças Armadas.

Eu vi, eu participei, tenho maior orgulho.

Que bando de babacas!!!!

R. A reverência e a continência do 3º Sargento Berto ao Capitão Carlito!

Meu caro amigo e colunista fubânico:

Hoje eu fiz uma postagem, que está aí embaixo, dando uma banana pra suprema vergonha instalada na Praça dos 3 Poderes.

Vou aproveitar esta sua mensagem e mandar outra saudação para aquele esgoto imundo.

Uma saudação à altura e no nível daquela cambada de urubus.

Uma bufa tão fedorenta quanto as merdas que eles fazem!!!

Peida, meu velho!!!

9 pensou em “CARLITO LIMA – MACEIÓ-AL

  1. Os comentário(do Carlito e um outro mais antigo e relativo ao mesmo tema) foram todos relativos ao post do general, e não na decisão da ministra, da qual transcrevo parte do publicado na imprensa:

    “A decisão da ministra é desdobramento de uma ação do Partido Verde para anular o decreto presidencial e a portaria do Ministério da Defesa, que autorizou, em maio, as Forças Armadas a atuarem “em defesa da lei e da ordem, em ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais e combate a focos de incêndio”.

    Para o partido, a ação representa “verdadeira militarização da política ambiental” e “usurpa competências dos órgãos de proteção ambiental”, especialmente do Instituto Brasileiro do Meio-Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama).”

    Veja, ela cumpriu a lei sem qualificar as FFAA. Tem que dar seguimento à ação, para julgá-la.

    O problema é que as pessoas (e o gen Heleno faz uso puramente político disso) colocam o que desejam no twitter e outros acham que o post mostra o lado inteiro da notícia. Como aqui no JBF.

    • Caro Francisco, você estava indo tão bem!

      “…ela cumpriu a lei sem qualificar as FFAA. Tem que dar seguimento à ação…”

      Que Liei que ela cumpriu? Ela não pode simplesmente responder ao PV, como o General respondeu para ela? Já pensou se todos os Ministros do STF a partir de agora só ficarem dando prosseguimento a ações idiotas como esta do PV?

      Francisco, eu já estava ficando acostumado a te elogiar….

  2. Eu fiquei esperando que o Comando das Forças Armadas mandassem um ofício à irmã gêmea do Bento Carneiro com o seguinte teor.

    Exma Sra. Ministra.
    Solicitamos a gentileza da senhora ler – se assim tiver essa capacidade básica -, o artigo 142 da Constituição Federal de 1988 conjuminado com a Lei Complementar n.º 97 de 09/06/99 e então saberá o que estas Forças fazem na Amazônia Legal, nas fronteiras, junto às tribos indígenas e congênres.

    Atenciosamente….

    E mandar uma banana para ela.

    Mas, isso é sonhar demais

  3. “Árdua é a missão de defender e desenvolver a Amazônia. Muito mais difícil, porém, foi a de nossos antepassados em conquistá-la e mante-la”. Gen.Ex. Rodrigo Otávio. Somente quem morou e viveu lá sabe o papel das três FA e sua dedicação em defender e desenvolver aquela região. Bom domingo a todos.

  4. Apenas três pequenos exemplos: a Força Aérea dando suporte logístico de todo nível (remédios, provisões e transporte) em todos os quadrantes da Amazônia. A Marinha, singrando pelos milhares de rios, patrulhando e com navios hospitais levando saúde e apoio às populações ribeirinhas. E o mais singelo: o EB, com o Colégio Militar de Manaus, do qual fui um dos pioneiros, dando educação de qualidade e gratuita, com seu internato, aos filhos de civis e militares, indígenas, etc, que habitam nas mais longínquas fronteiras daquela região, desde a ilha do Marajó à Tabatinga. Somente quem viveu sabe o que é dedicação e patriotismo.

Deixe uma resposta