CAPACIDADE DE RACIOCÍNIO LÓGICO

Comentário sobre a postagem FIM DO DESERTO, INÍCIO DA PICADA

Maurício Assuero:

Meu nobre, eu não odeio Lula e se procurares dentre os filiados ao PT nos idos de 1980, irás encontrar o meu nome.

Cantei, em sala de aula, “nasce uma estrela”, botei, pedi voto.

Na eleição contra Collor fui pra minha cidade levando material do PT que naquele tempo não era bem visto no interior.

Votei em Lula até o mensalão. Não sou burro.

Eu tenho uma boa capacidade de raciocínio lógico.

Três tesoureiros presos; o ministro da casa civil, preso, condenado por enriquecimento ilícito. Ministro da fazenda preso.

Corrupção espalhada na América latina no esteio dos contratos da Odebrecht.

Dinheiro do BNDES financiando Cuba e Venezuela, apenas pra ficar aqui, causando prejuízo de bilhões na nossa economia.

Programa mais médicos, única e exclusivamente destinado a dar dinheiro aos Castros.

Empresas brasileiras estatizadas na Bolivia.

Glesi, que botava chifres no marido, com dinheiro público, enaltecendo a democracia de Maduro.

Enfim….eu não tenho ódio.

Lamento ver Lula nessa situação.

Agora, não sou burro. Ele foi considerado culpado por três instâncias.

O STJ não disse que ele era inocente. Houve discordância em relação a pena.

E nos sabemos que esse foi o jeito encontrado para tirá-lo da cadeia.

Absurdo jurídico é isso.

9 pensou em “CAPACIDADE DE RACIOCÍNIO LÓGICO

  1. caro Mauricio

    eu também fiz exatamente o que você fez,acreditando num Brasil melhor,onde os políticos corruptos iriam para cadeia.
    eu também morava no interior e vi muita gente virar a cara para a minha pessoa pelo simples fato de eu ser petista,pois bem,o PT chegou lá,e o que vi foi de me envergonhar,eu também não odeio o Lula,o que tenho é asco por ele ter encabeçado a maior quadrilha de corruptos que o Brasil já viu.
    se ele é inocente ou culpado não me importa,eu quero que ele se foda,que a corja dele se foda e que todos os lambe botas desse canalha traidor se fodam,porque foi isso que ele fez,traiu quem acreditou na balela de um país melhor,melhor a puta que pariu ele,fomos roubados na cara por essa gente,nossos filhos e netos trabalharão para pagar a conta de toda a merda que esse canalha e sua corja conseguiu fazer.
    fora o nojo que ele ma dá,ainda me assusta a quantidade de gente otária que acredita nesse vigarista.
    mas vamos em frente,a banda boa do Brasil há de vencer.

    me perdoem os palavrões,mas não tem outro jeito de falar desse canalha e sua corja.

    abraços a todos

  2. Rogério, filhos e netos não precisarão trabalhar para pagar a tal conta, porque a sagrada família veio para pôr as coisas em ordem, só da Previdência virá um trilhão de reais.
    Só pergunto uma coisa: se a Previdência poupará um tri, esse tri deve sair dos direitos de alguém.
    Será dos nossos filhos e netos? Ou de nós mesmos?
    São perguntas profundas que não merecem respostas rasas.

  3. Goiano, tudo indica que eu vou pagar 14% de contribuição, mais do que pago hoje. O problema é que se não fizermos nada, não haverá recursos para pagar a seus netos no futuro. Esse sistema de repartição é falido. Vai atingir, principalmente, ricos por essa razão o congresso está com tanta falta de vontade. Como se diz, se afetasse somente pobre, já era lei.

    • Maurício, eu, aposentado, não descontava previdência. Aí veio o puto do Lula e me tascou 11% em cima. Pensa que eu chiei? Não. Não reclamei. Lula já percebia que a previdência precisava de algum refresco e pensou assim: – Vou tirar do Goiano.
      Tirou, se precisar o Bolsonaro aumentar mais um pouquinho eu aguento. Mas só pode tirar de quem pode suportar sem perder qualidade de vida, ou de quem apenas comerá menos caviar, contudo tem de estar atento para não tirar o pão da mesa de alguém.
      Agora, vamos fazer um reparo:
      O principal interessados na reforma é o capital.
      Não que seja errado atender ao capital no regime capitalista; vivemos nele e dele e é preciso incrementá-lo para que melhore para todos.
      Porém, algo da reforma promete tirar o couro fininho do trabalhador.
      Quem tem conhecimento da reforma defende ou condena, o que é interessante para indicar que existe polêmica em torno dela.
      Consta que o Congresso, esse que tantos condenam, não aceitará tirar dos agricultores nem dos velhos, o que já é uma resistência a certos excessos.
      Não sei o quanto está avançando a proposta de capitalização, digo, de previdência privada, contudo é sabido que atende mais (1) ao governo, que deixa de bancar a sua parte (2) aos empresários, que ganham um refresco nos encargos sociais. Quanto aos empregados, o futuro torna-se incerto, como consta que experiências externas têm demonstrado. Mesmo que tenha dado certo em outros países, é preciso atentar para as peculiaridades de cada economia e, até, para as garantias, como seguros, porque se o trabalhador está por sua própria conta e risco na aplicação dos recursos, sujeito às variações do mercado financeiro e até a ocorrência de falências.
      Bem, já tivemos exemplos de atuação do Congresso que demonstram que o legislador brasileiro não é só interessado em si próprio – muita coisa importante passa por lá e muita porcaria é barrada por lá, de modo que pressupor que os deputados e senadores estão agindo apenas em seu próprio interesse é tão injusto quanto acreditar que o Supremo Tribunal Federal é um defensor de bandidos, idéias que não são mais que popularescas e que a difusão in extremis pelas redes sociais faz com que se acredite em massa, idéias popularescas que incluem a de que se a reforma afetasse só os pobres já tinha passado, mas não passa porque os ricos não a querem; é possível que os ricos estejam sedentos por ela…
      Acredito mais nas idéias de Lula a respeito da recuperação do crescimento do que nas estapafúrdias metas desse governo de burros que alguém elegeu.

      • Meu nobre, eu acho que reforma só muda de lugar, faz um puxadinho, mas não resolve o problema. O sistema de repartição não presta, principalmente porque ele se baseia num sistema de geravger superpostas. Sua aposentadoria é custeada pela contribuição de quem está na PEA. no futuro quando esse pessoal sair serão os trabalhadores da época que pagarão a conta. Eu sou favorável ao sistema de capitalização. Tem riscos? Sim, mas tudo tem risco. Agora, se posicionar contra apenas porque Bolsonaro está propondo é falta de compromisso com o país. Ver um Zeca Dirceu afrontar com ironia o doutorado de Paulo Guedes é depreciativo. Ver Gleison, que botava chifres no marido pagando hotéis para o amante com dinheiro público, falar que Bolsonaro vai destruir ativos da Petrobrás é irônico. O PT afundou a Petrobrás. Basta lembrar que uma ação chegou a valer R$ 5,00. A roubalheira fez a empresa perder 70% do valor de mercado. No cenário atual, com meio mundo de gente do PT na cadeia e os outros em estágio probatório (kkkk), sejam coerente: calem-se!!!!!!

  4. caro amigo Goiano por quem tenho profundo respeito pela inteligência a eloquência que nos apresenta na gazeta.
    minha resposta não terá a altura esperada por vossa senhoria porque sou engenheiro, e nós engenheiros não somos chegados em grandes explanações a não ser as endereçadas para nosso trabalho.
    sinceramente,não acredito na sagrada família o tanto quanto acreditei no PT,quer você acredite ou não, o capitão pode errar,assim como o PT poderia,veja bem,poderia errar,mas roubar,podia dar cabeçadas,mas roubar não, ao se envolver com propinas de todo tipo o PT se juntou ao lixo que combatia e o pior,não aceita que errou,não tem sequer a humildade de reconhecer os erros,o que existe é uma gritaria insana de um bando de sangue sugas miseráveis que vivem da migalha do larápio de Curitiba,e uma vontade muito grande de ver o Brasil dar errado,é por isso que eu quero que o traidor Lula se foda,que a corja dele se foda,e todo o resto do PT que ainda sobra se foda e se ainda tiver gente boa do lado deles,que estes também se fodam ,quem se une a porcos, farelo ou lavagem também come.
    quanto ao tri,seria muita inocência de minha parte acreditar que isso vai dar certo,independente de quem esteja lá, nada sai de bom da fralda de um bebê e de Brasilia.

    abraços

  5. Várias vezes foram feitos reconhecimentos dos erros cometidos pelo PT e por petistas, mas, quanto a isso, há questões de interesse:
    1) o reconhecimento só interessa para o caso de não errar de novo, ou errar menos;
    2) o reconhecimento de erros feito por alguns petistas, como, longamente, por Gilberto Carvalho, não aplacou a ira de ninguém.
    3) a obsessão por que o PT e os petistas reconheçam seus erros serve de ponta de lança para a direita engrossar a demonização contra as esquerdas.
    4) a cobrança de “mea culpa” não tem sido feita a outros partidos, que transitam calma e livremente por aí sem qualquer pressão sobre seus atos de corrupção.
    5) estou procurando na imprensa para ver se o PSL, o partido do Bolsonaro, já falou alguma coisa sobre, por exemplo, o laranjal aquele do PSL – dentre outras coisitas.
    Enfim, o PT e Lula são a bola da vez.
    Campanha cerrada, aproveitando-se da oportunidade de erros verdadeiros cometidos pelo partido e pelo ex-presidente (éticos, ele mesmo o reconhece – não crimes), derrubaram as esquerdas e levaram o País a esse governo que, pior do que de burros, é de gente atrasada e retrógrada, próprios da extrema-direita, e o resultado são coisas estúpidas como oferecer nossas mulheres à prostituição internacional e propor que os membros dos partidos comunistas brasileiros e seus seguidores sejam liquidados com uma bala na cabeça (e isso é pinto em face da imensa bobajada que Bolsonaro fala desde os tempos de deputança, continua falando e dando corda para seus ministros e demais auxiliares fazerem também).
    Ofa, diversas vezes, neste mesmo Jornal da Besta Fubana, expus as realizações dos governos do Lula e até da Dilma, do que se faz “boca chiusa”, como se não tivessem existido.

Deixe uma resposta