ADONIS OLIVEIRA - LÍNGUA FERINA

Ao longo de toda a história da humanidade, a obrigação de “Honrar pai e mãe” é uma coisa visceral. Vem do mais fundo do âmago das pessoas. Aqueles que fogem desta orientação, são sempre encaradas com a mais profunda desconfiança. Se nem o pai e a mãe esta pessoa honra, quem mais irá ele respeitar e honrar? Podemos ter certeza absoluta que esta pessoa não é digna da mínima consideração e respeito.

O MESMO SE APLICA À PÁTRIA MÃE.

Sempre tive a mais profunda convicção que a minha terra natal é a mesma coisa que meu pai e a minha mãe. Considero absolutamente impensável a possibilidade de sair falando mal de meu país por terras estrangeiras. Cada vez que ouço o hino, seja de Pernambuco ou do Brasil, minha emoção me deixa à beira das lágrimas.

Foi por pensar assim que, certa vez, ao liderar um grupo de empresários numa viagem de negócios a uma feira industrial no exterior, ao nos deslocamos para a feira em um ônibus, um engraçadinho do grupo se juntou a uns gringos e começaram a avacalhar com o Brasil. Davam, todos, altas gargalhadas, a cada coisa estúpida citada. Vivíamos então o auge das imbecilidades de Dilma no governo e, devo até reconhecer, era muito difícil defender as montanhas de imbecilidades praticadas por aquela besta quadrada e sua trupe de panacas imbecilizados pela mesma ideologia. Contudo, era O MEU PAÍS que estavam sacaneando!

Aproximei-me de mansinho do colega que participava daquela esculhambação coletiva, peguei-lhe pelo braço e disse bem baixinho, em português e sorrindo, pois todos eles falavam em inglês: SE VOCÊ DISSER MAIS UMA GRAÇINHA DESSAS, QUEBRO-LHE TODOS OS DENTES DA FRENTE COM UM MURRO!

Todos os demais brasileiros viram a minha atitude e compreenderam. A cachorrada cessou imediatamente.

Hoje, no fragor da luta inglória que as esquerdas brasileiras estão, a fim de tentar sobreviver à avalancha de conservadorismo que se instalou em nosso país, eis que surgiram dezenas de vira-casacas que se passam ao papel nojento de cuspir no mesmo prato em que comem. Distorcem a realidade dos fatos da maneira mais ignominiosa que se possa imaginar, sempre a fim de sustentar seus argumentos falidos. Mentir, para eles, é da essência, e apenas parte da “guerra ideológica”. Como costumam dizer agora: A verdade não existe! TUDO SÃO NARRATIVAS! Assim, cada um pode dizer as mentiras mais estapafúrdias que quiser, e serão consideradas apenas como parte da luta revolucionária pelos corações e mentes das pessoas.

O que a multidão de canalhas tem espalhado pelo meio do mundo a respeito do Brasil é de arrepiar os cabelos de qualquer cristão que tenha mínimos resquícios de decência.

Dei um pequeno giro pelas páginas dos jornais mais conhecidos do mundo e o que vi é aterrorizante. Vejam os exemplos abaixo:

1. CORRIERE DELLA SERRA – 25 DE JULHO DE 2021

Brasil- São Paulo, milhares de pessoas vão às ruas contra Bolsonaro.

Manifestantes exigem o impeachment do presidente pela gestão da pandemia.

Brasil: más notícias (e más pesquisas) para Bolsonaro – 21 de agosto de 2021

A última pesquisa, tendo em vista as eleições presidenciais de 2022, dá a ele apenas 24% contra 40% do ex-presidente e líder do Partido dos Trabalhadores Luiz Inácio Lula da Silva

Brasil, Bolsonaro sob investigação por ataque ao sistema eleitoral – 21 de agosto de 2021

A decisão do juiz Alexandre de Moraes veio depois que Bolsonaro intensificou as críticas ao sistema de votação brasileiro, alegando – sem evidências – que ele é distorcido por fraude.

2. CHINA DAILY

O professor de Economia Política Internacional da UNESP, Marcos Cordeiro Pires, defende veementemente a ideia de que a China não foi a origem do vírus do Covid 19, e que esta acusação é uma fraude dos EUA.

3. NEW YORK TIMES – 25 DE AGOSTO DE 2021

Militares brasileiros devem retornar ao quartel

Neste texto, mais um dentre os inúmeros da lavra da Sra. Natalia Viana, diretora do portal de jornalismo investigativo autodenominado Agência Pública, sempre destinados a avacalhar com a nossa imagem externa, ela tece inúmeras considerações a respeito da atuação dos militares brasileiros nos últimos anos, todas, sem exceção, altamente venenosas e contaminadas massivamente pelos chavões das esquerdas, sempre a fim de desmoralizar com o nosso Presidente e sua administração.

4. DER SPIEGEL 

Ex-President Lula on Brazil’s Corona Disaster”It’s the Biggest Genocide in Our History” (Ex-Presidente Lula, sobre o desastre brasileiro do coronavirus: É o maior genocídio de nossa história) 30/03/21

The Skyrocketing Homeless Population of São Paulo – (Explosão da população sem-teto em S.P.) 28/01/21

An Entire Country Suffers as President Sabotages Immunization Campaign – (O país inteiro sofre enquanto o presidente sabota a campanha de imunização) 26/01/21

Assault on the Rainforest Continues in the Shadow of the Pandemic (Assalto à floresta amazônica continua à sombra da pandemia) 13/08/20

5. UOL NEWS – Jamil Chade

“Chamou a atenção dos organismos (internacionais) o fato de que, no material convocando os atos (de 7 de setembro), a ala mais radical do bolsonarismo preparou vídeos em inglês, explicando aos estrangeiros o objetivo das manifestações”.

Observem que o simples fato de tentar defender as manifestações em inglês, de modo a se defender da avalanche de notícias venenosas que são publicadas diariamente pelos traidores da pátria, já é suficiente para enquadrá-los todos na ALA MAIS RADICAL do bolsonarismo.

Tenho sempre a impressão que estes espíritos de porco, tão pouco desenvolvidos que não honram nem suas próprias raízes, devem ter sido aquele tipo de filho seboso que mordeu o bico do peito da mãe até sangrar, ou que furtava dinheiro da carteira do pai e do avô desavisado. Canalhice tão profunda é congênita!

Na hipótese pouco plausível destes canalhas, todos traidores da pátria em grau mais abjeto, virem a ter que justificar seus atos perante um tribunal formados por verdadeiros patriotas; juntamente com a hipótese ainda mais improvável de eu vir a fazer parte do grupo de pessoas que tenha algum poder de influenciar nas decisões sobre a penalidade a ser aplicada a esta corja de vermes nojentos, podem ter certeza absoluta de que o meu voto será sempre e implacavelmente pela pena mais alta prevista em nosso sistema jurídico em caso de guerra:

PENA DE MORTE COM RITO SUMARÍSSIMO.

Durante toda a amaldiçoada era do PT no poder, sempre mantive a ideia de ir embora do Brasil e me preparei detalhadamente para isso. Com o Covid 19, e com a chegada de Bolsonaro ao poder, mudei um pouco meus planos. Primeiro porque, de repente, eu me transformei no “Inimigo Público Número 1” em muitos países aonde pretendia ir, só porque me recusei a deixar que me injetassem uma porcaria que só Deus sabe quais deverão ser os efeitos colaterais a longo prazo. Agora, estou decidido a só ir atrás dos meus planos quando ver este país maravilhoso expurgar essa gonorreia que o aflige atualmente chamada COMUNISMO.

Vade Retro, bando de Satanás! O sangue de Cristo tem poder! Quem estiver descontente com o banimento do comunismo, vá para algum lugar onde este sistema seja aplicado: Coreia do Norte, Venezuela, Cuba, etc.

3 pensou em “CANALHAS! MIL VEZES CANALHAS!

  1. Bom domingo para a Bolsolândia Fubânica!
    Eu sempre gostei de ler os textos do Professor, desde os tempos em que ele reclamava que sua aposentadoria não saía, pois ele estava apenas esperando liberarem o pecúlio, para ele embarcar para algum país bem ao norte da Europa e viver dignamente com direito, no verão, de sentar-se na praça e ver as louras passando.
    De repente o nobre Professor abandonou a ideia, trocou as louras pelo culto a Bolsonaro. Não acho que foi uma boa troca.
    No Texto de hoje o mitológico (pelo nome e por adoração ao Mito) Professor Adônis escreve:
    “a multidão de canalhas tem espalhado pelo meio do mundo a respeito do Brasil é de arrepiar os cabelos”
    Professor, com exceção do item 2, todo resto é verdade. O amigo que alega que as manifestações de 07/09 foram pelo livre direito de expressão e pela verdade na mídia. Como quer que a imprensa minta em relação ao que está acontecendo aqui no nosso Patropí?
    Inclusive no item 3, que se trata de uma opinião da Sra. Natalia Viana, eu acho muito correto que os militares incompetentes, basta incompetentes não vou falar da honestidade deles, voltem para os quartéis. É evidente o estrago que General Pazuello (aquele que disse que a Região Nordeste fica no hemisfério norte) fez na saúde, a falta de programas para administrar o período seco e a geração de energia pelo Almirante que ocupa indevidamente o Ministério das M e Energia. Paro por aqui, já é suficiente para justificar a recomendação da Da. Natália.
    “An Entire Country Suffers as President Sabotages Immunization Campaign” Infelizmente não é só o Presidente que sabota a campanha de vacinação.
    “Assault on the Rainforest Continues in the Shadow of the Pandemic” Nem é motivo de debates, existe medição por satélite que confirma a devastação por operações ilegais, que nem beneficiam o Estado. Garimpos e madeireiros clandestinos que fazem contrabando. Até com participação das autoridades que deveriam combater o crime ambiental, fiscal e contra a humanidade.
    Não quero crer que o mitológico Professor Adônis esteja defendendo uma imprensa como o Granma, de Cuba, ou que se imponha a censura como no tempo dos Generais Presidentes do século passado. É para falar a verdade ou não é?
    Você quer selecionar boas notícias para serem divulgadas pela mídia? Um novo Escândalo da Parabólica? A imprensa é livre.
    Sempre existiu no Brasil a imprensa “chapa-branca” e continua existindo. Quem torce e morre de amores pelo Capitão, escuta a Joven Pan e lê o JBF gosta do que aparece. Nem tudo é verdade num lado e no outro. Se não gosta do que lê mude de estação, vai sofrer menos. Mas não se iluda, o dólar vai continuar subindo, inflação e juros em alta, Bolsa em baixa, desemprego nas alturas, vai faltar energia, o PIB vai decepcionar, etc.
    Sua maior decepção acontecerá quando a Tríplice Aliança for formalizada. Hoje já temos a união BolsoTemer. Em breve teremos a junção das forças pela impunidade LULLATEMERNARO.
    Aprendi aqui que oposição é a imprensa, o resto é armazém de secos e molhados.
    Professor, volta para as louras nórdicas, será melhor.

  2. Mestre Adônis, faço minhas cada uma das suas palavras.

    Quanto ao C. Eduardo acima, acho que mais uma vez ele não tomou seu remédio tarja preta matinal.

    Peço que tenha um pouco de paciência para com ele, ao menos tente, pois a doença que ele tem é incurável e o levará a uma morte terrível. Eu oro por ele.

    abraço

Deixe uma resposta