XICO COM X, BIZERRA COM I

Silêncio! Cessem todos os barulhos, zoadas e zumbidos e calem-se os homens. Todos. Mulheres: só para elas tenho ouvidos. Diante de tantas inconsequências provocadas pelos homens repletos de ignorância plena, refaço o caminho e declaro ao mundo o meu silêncio, que assim permanecerá, apenas para ouvir toda a sabedoria que vem da alma feminina, sábia e generosa. Calo, e calarei sempre para escutar a voz da mulher, melhor conselheira. Deixem-me ouvi-la, sempre. Ouvir e depois ouvir mais uma vez, e mais outras ouvirei. Para isso tenho meus dois ouvidos: para escutar as mais verdadeiras verdades. Deixo minha única boca apenas para o beijo. Além da reciprocidade do beijo, haverá de caber em mim, da mulher que amo, o abraço mais terno que farei por merecer. Ela sempre caberá no meu abraço. Quanto mais de perto, melhor poderei ouvir e aprender o que ela me ensina. Silêncio, por favor!

Toda a série FORROBOXOTE, Livros e Discos, disponível para compra no site Forroboxote. Entregas para todo o Brasil.

Deixe uma resposta