A PALAVRA DO EDITOR

No começo deste semana recebi telefonema do professor Roberto Queiroz, titular da cadeira de Literatura Pernambucana, no Curso de Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

Era um convite para um debate, uma palestra, uma mesa-redonda, ou seja lá o que for, amanhã, sexta-feira, 10.

Tema: Literatura Pernambucana. 

Não sou especialista em literatura nenhuma, só faço mesmo é escrever. As teorias eu deixo pros especialistas que entendem do assunto.

Na verdade, nem me considero escritor: me classifico como contador de histórias.

Mas, honrado com a lembrança do meu nome, aceitei o convite.

Ao meu lado estarão os poetas Jorge Filó e Marcos Passos.

Minha área é a prosa, sou uma negação em poesia. De modo que vou pegar bigu na sapiência e no talento destes dois distintos poetas.

Caíram na besteira de me convidar, então aguentem.

Convido os amigos e leitores fubânicos daqui do Recife pra aparecerem por lá.

Prometo falar pouco e não encher muito o saco da acadêmica plateia.

O evento será no CAC, Centro de Artes e Comunicação, no térreo, a partir das 17 hs.

Deixe uma resposta