CADÊ A ISONOMIA?

 

Comentário sobre a postagem TEM QUE PERMANECER NO HOTEL DE CURITIBA

Hélio de Araújo Fontes:

Sou absolutamente contra a permanência do “Barba” na hospedaria da Polícia Federal, em Curitiba.

As autoridades judiciárias deveriam remetê-lo a uma prisão federal, (como qualquer presidiário) com permissão de visitas APENAS de familiares (uma vez por semana) e advogados de defesa previamente cadastrados como tal.

Apesar de privado da liberdade, ainda detém enorme privilégio.

O que é inaceitável, por não ser isonômico.

* * *

Como é e como deveria ser:

Deixe uma resposta