DEU NO JORNAL

Cumprindo ordens do ministro Alexandre de Moraes, do STF, a Polícia Federal deflagrou hoje, sexta-feira, uma operação para investigar um grupo que, nas redes sociais, propagandeia a intervenção militar e a prisão de ministros do STF.

Estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão em Brasília, Uberlândia (MG) e Taboão da Serra (SP).

Os alvos são investigados por crimes previstos na Lei de Segurança Nacional

Um dos alvos é Renan da Silva Sena, que trabalhou no ministério de Damares Alves.

As investigações começaram depois que dois dos investigados gravaram um vídeo, em frente ao STF, pedindo intervenção militar e a prisão de ministros do Supremo.

* * *

Gravar vídeo em frente ao STF é crime de suprema periculosidade.

Bom, o fato é que não precisavam ter pedido uma intervenção militar.

Bastava exigir uma intervenção indígena.

3 pensou em “CABEÇA BRILHOSA É NOTÍCIA HOJE

  1. Sorte do Berto que o dia em que ele tirou foto dando uma banana para o STF, o cabeça de ovo estava distraído.

    Meu Deus! Se desejar que todos os ministros do STF saiam (não o fim dele) é um crime, a PF terá que prender mais da metade do país.

Deixe uma resposta