DEU NO JORNAL

Presa ontem na Operação Joias da Coroa, a ex-presidente do TJ-BA Maria do Socorro Barreto Santiago ostentava um padrão de vida que surpreendeu os investigadores.

Em seu apartamento, a Polícia Federal encontrou uma centena de joias, incluindo um colar de ouro, um estojo com três relógios rolex, obras de arte, além de reais, dólares e euros em espécie que somavam o equivalente a quase R$ 100 mil.

* * *

Pelo que me informaram, colares, relógios, obras de arte, reais, dólares e euros encontrados no apartamento desta corrupta, que aparece de dentes arreganhados na foto acima, é tudo fichinha.

Vem mais sujeira por aí.

Mas, o que eu quero saber é outra coisa:

Alguém poderia me informar se esta simpática senhora é amiga de Lula ou militante do PT?

O colunista fubânico Goiano, que sabe de tudo que acontece embaixo do sol e em cima da redondura do mundo, bem que poderia me tirar esta dúvida cruel.

A Bahia, como vocês já sabem, é um estado governado por um petralha de nome Rui Costa, pau-mandado de Lapa de Corrupto.

Fecho esta postagem com uma notícia publicada ontem n’O Antagonista:

Na busca e apreensão realizada na casa de Maria do Socorro Barreto Santiago, desembargadora presa hoje na Operação Faroeste, a Polícia Federal encontrou um bilhete para o governador da Bahia, Rui Costa (PT).

Segundo a PGR, na anotação, ela pedia um favor para uma empresa de táxi aéreo suspeita de ligação com a Embaixada da Guiné Bissau e Adailton Maturino, apontado como articulador do esquema de grilagem de terras no oeste baiano que comprava decisões judiciais no TJ-BA.

Foi encontrada outra anotação sobre um processo em andamento na Justiça Federal em Brasília de interesse da mesma empresa, com os dizeres “Julgar favorável”.

Deixe uma resposta