BEM NO OLHO DO FURICO DO CRETINO

No início do mês de agosto, as vésperas do Dias dos Pais, um vídeo gravado em Catalão (GO), de um garotinho de 10 anos trabalhando de engraxate para tentar comprar um relógio para o pai dele comoveu o Brasil inteiro.

Menos o Ministério Público, que notificou o dono do estabelecimento onde o vídeo foi gravado por apologia ao trabalho infantil.

Nas imagens, o empresário Paulo Cézar da Silva, ficou comovido com a atitude do menino, que contou para ele que tinha trabalhado muito para juntar R$ 30 para comprar um relógio para o pai.

Para incentivar o menino, o empresário devolveu o dinheiro e pediu que a criança comprasse algo para si, em seguida deu ao garoto o relógio que ele queria para presentear o pai.

“Continue trabalhando, que Deus tem projeto na sua vida, que Deus vai te fazer um grande homem e que o trabalho dignifica” – disse Paulo ao pequeno Mário.

As imagens do momento viralizaram nas redes sociais, gerando uma onda de solidariedade para com a criança. O dono da relojoaria chegou a ser elogiado pelo seu generoso gesto.

O Ministério Público de Luziânia (GO), alegou que recebeu denúncias de crime de apologia ao trabalho infantil e por este motivo Paulo Cézar foi intimado a prestar esclarecimento.

Conforme o órgão, o comerciante errou ao dizer que criança pode trabalhar.

Em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) referente ao caso o comerciante foi proibido – entre outras coisas – de dar entrevistas falando sobre o assunto.

E, em caso de descumprimento de alguma das cláusulas da TAC, pagará uma multa no valor de 10 mil reais.

* * *

Eu já tinha me ocupado ontem deste fato absurdo.

Tá logo aí embaixo.

Volto ao assunto hoje por conta de uma cacetada que a deputada Carla Zambelli deu no Twitter.

Ele usou um adjetivo arretado, “cretino”, pra classificar o idiota que fez a cagada, e fechou a postagem com uma pergunta certeira.

Vejam:

4 pensou em “BEM NO OLHO DO FURICO DO CRETINO

  1. Agora Conselho que pai da ao filho na visão destes cretinos do MP virou apologia. Tem que dar o nome de um feladaputa deste para a gente começar o cancelamento do sujeito.

  2. A Carla Zambelli não deveria perguntar pelos aviõezinhos do trafico e sim porque a Globo pode fazer o The Voice Kids
    Porque se pode ter crianças em novelas e em filmes ?

  3. “Em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) referente ao caso o comerciante foi proibido – entre outras coisas – de dar entrevistas falando sobre o assunto. E, em caso de descumprimento de alguma das cláusulas da TAC, pagará uma multa no valor de 10 mil reais.”

    Func, func, func, func…!

    Isso tem um cheirinho bem característico.

    Aquele ranço de… CENSURA!

    Um cidadão de bem, pagador de impostos, não pode dar um pio sequer para esclarecer as pessoas sobre o que falou. Porém, um certo aborto mal-sucedido de Caetés, um torneiro mecânico apedeuta que sentou na cadeira presidencial de 2003 a 2011, mesmo tendo roubado bilhões da sua pátria-mãe, podia dar entrevistas na (entre muitas aspas) “cadeia” (um mini spa customizado nas dependências da PF).

    Talvez pode ser delírio meu também, afinal “o Comunismo não existe e nunca existiu no Brasil” (raciocínio de Boiano, o negacionista).

Deixe uma resposta