2 pensou em “BANDIDOS CENSURAM A POLÍCIA

  1. Liberdade de expressão para aos amigos, para os contrários a censura.
    Quando a FEBRABAN quis, por maioria, expressar sua insatisfação com a instabilidade política instalada no Brasil, houve imediata ameaça dos bancos públicos de deixarem a instituição. O que é um direito legítimo dessas instituições. O que não é nem democrático, nem comercialmente interessante para as partes envolvidas e muito menos moralmente aceito, foi a coação exercida pelo presidente de uma das instituições controladas pelo Estado Brasileiro. Deixar a FEBRABAN, abdicar de negócios em parcerias com outros bancos é contra o interesse desses bancos e do cidadão que é, de fato, o dono dos bancos estatais.
    Liberdade de expressão para todos, não para os amigos do Rei

Deixe uma resposta