CÍCERO TAVARES - CRÔNICA E COMENTÁRIOS

Primeira dama Michele Bolsonaro arrasada com a reportagem criminosa da Veja

Com o propósito de atingir a imagem e a honra da primeira dama, Michele Bolsonaro, e com isso alcançar seu objetivo criminoso, já que não obteve êxito em destruir a Lava Jato, com as mensagens roubadas dos celulares dos procuradores pelo site The Intercept, do mafioso Glenn Greenwald, tentando denegrir a honra do ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, a revista Veja desta semana trás uma matéria de capa infame, sórdida, ressuscitando notícias policiais de 1997, já arquivadas, envolvendo a avó, a mãe e o tio da esposa do presidente.

Há um episódio interessante no seriado Família Dinossauro, onde o jovem Boby da Silva Sauro desenvolve uma fonte de energia limpa, segura, extraída de um vulcão, com o objetivo de beneficiar à população. A empresa WESAYSO Corporation, do Sr. Ashland, que monopoliza a energia tirada de pneus velhos, carvão, madeira, poluindo o meio ambiente, sente-se ameaçado pelo projeto do jovem cientista. Para desmoralizá-lo, dissemina uma campanha criminosa pela televisão, revista, jornal, tentando desacreditar o jovem perante a opinião pública, dizendo ser o garoto um lunático, pervertido, sujo, fedorento, defensor de presos criminosos, disposto a destruir a empresa que há mais de cem anos serve à população, mesmo com matérias-primas que poluem o meio ambiente.

Depois de tentar por todos os meios demover o jovem da ideia, inclusive tentando comprá-la para o projeto não ir adiante, a empresa WESAYSO Corporation bola uma cilada contra o jovem cientista.

Convida-o e a família para um jantar e, depois de uma discussão, entre o pai do jovem Boby Sauro, Dino da Silva Sauro o Sr. Bradley P. Richfield, personagem ficcional da empresa, aquele deixa escapar a ideia de que a empresa só conseguiria frear o êxito do projeto do garoto comprando a montanha com o vulcão! E a empresa, vendo uma oportunidade de ouro nessa sugestão escapada, compra a montanha e acaba com o sonho do jovem cientista em transformar o vulcão em fonte de energia limpa para beneficiar à população carente sem poluir o meio ambiente, matando o sonho do garoto.

Qualquer semelhança desse imbróglio com toda bandidagem que aconteceu na Operação Mãos Limpas, na Itália, de 1992 a 1996, envolvendo a corrupção no Banco Ambrosiano, que culminou no assassinato dos juízes Paolo Borsellino e Giovanni Falcone pela Cosa Nostra, a mando do mafioso Salvatore Rina, que cumpre prisão perpétua, é mera coincidência.

O perigo é a integridade física dos daqui! A bandidagem é capaz de tudo para não perder seu status quo!

Onde estão juntos imprensa bandida, Supremo Tribunal de Favores, Congresso Nacional, tudo é possível!

Deixe uma resposta