DEU NO TWITTER

O publicitário baiano Nizan Guanaes aceitou convite do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para fazer uma campanha explicando a transparência do processo eleitoral e a segurança da urna eletrônica.

5 pensou em “AS URNAS DA REPUBLIQUETA BANÂNICA

  1. Barrosinho está enfiando sua cabeça na guilhotina, nem com dinheiro público irá convencer o povo a aceitar este máquina corrupta de votos.

  2. Cláudia Wild se enganou.

    Informações que eu ouvi da Youtuber Paula Marisa dão conta que Nizan faria seu trabalho de graça.

    Só que eu não acredito em almoço grátis.

  3. Existem traidores da pátria que se oferecem gratuitamente para ferrar o combalido povo brasileiro.
    São canalhas que estão ao soldo de petralhas, não importam se foi dinheiro roubado do povo.

  4. Não à toa o título de “marqueteiro” soa pejorativo.

    Nesse lodaçal todo o que é um lodinho ou uma laminha à mais. Não é mesmo?

    Como os comentaristas fubânicos já disseram: não tem “almoço grátis” e “Existem traidores da pátria…”

    É a luta do Bem contra o mal.

Deixe uma resposta