DEU NO JORNAL

* * *

São 1.472 exemplares da revista todas as semanas.

Durante um ano.

Uma quantidade enorme de papel ficará disponível nos próximos 12 meses.

Depois de lidos, os exemplares podem ter várias outras utilidades importantíssimas.

Esta foi uma decisão sábia e de largo alcance do governo popular daquele estado nordestino.

Uma medida de grande importância e de muito interesse para o povo do Maranhão.

O governador comunista Flávio Dino, nome de destaque no glorioso e histórico PCdoB, está aplicando corretamente o dinheiro dos contribuintes do seu rico estado.

Aplicando em prol da luta do operariado e do campesinato, a massa proletária, contra a tirania capitalista da direita reacionária.

E por uma feliz coincidência, tão logo foi assinado o histórico contrato entre o governo maranhense e a publicação de propriedade do idealista patriota Mino Carta, a revista Carta Capital botou Flávio Dino em destaque na sua capa desta semana.

Vejam que lindo:

Bom, eu falei que foi coincidência porque, segundo o nosso estimado colunista fubânico Goiano, estes reacionários enxergam “comunismo” em tudo quanto é canto, mesmo nas mais simples manifestações da luta esquerdista brasileira.

Vôte!!!

O Maranhão, conforme está na capa da revista, foi “alvejado pela fúria de Bolsonaro“, um presidente declaradamente nazi-fascista, machista e homofóbico. 

Além de idiota, furioso e desmiolado, conforme garante o fubânico petista Ceguinho Teimoso.

Os itens destacados pelo revista são de suma importância para o futuro do nosso país.

Vejam as chamadas no alto da capa, onde, entre outras coisas, afirma-se que o STF está “intimidado“:

Supremo reaberto de volta das férias.

A intimidada Alta Corte deverá decidir a respeito da conduta imprópria de Moro, do destempero de Bolsonaro e da condenação de Lula

Desejo um excelente domingo para toda a massa proletária de leitores fubânicos!!!

14 pensou em “AS MASSAS PROLETÁRIAS NA LUTA CONTRA O DIREITISMO REACIONÁRIO

  1. O pior de tudo é saber que o papel usado para a impressão de revistas, depois da notícia ficar velha, sejam quais forem, ou que ideologia possuam, não serve para limpar a bunda.

    • Tem razão Sancho. Investir em equipamentos, livros, formação de professores, ele não faz. Recentemente disse que os professores iriam ganhar 6 mil

  2. O interessante é que de acordo com o site http://www.qedu.org.br o estado do Maranhão em 2018 tinha 197 escolas municipais, 140 escolas estaduais, 4 escolas federais e 689 escolas privadas ou seja 1030 escolas no total. De 2018 até a data da assinatura do contrato devem ter sido criadas ou abertas 442 escolas no estado do Maranhão. Papai Noel esteve premiando as crianças do Maranhão com as notícias mais interessantes do Brasil.

  3. “A intimidada Alta Corte deverá decidir a respeito da conduta imprópria de Moro, do destempero de Bolsonaro e da condenação de Lula”.

    Intimidada por quem? Lula lá atrás disse que o STF estava acovardado.

    Não está mais.

  4. Por este valor podia ser feito a compra do Romance da besta fubana do nosso estimado autor papa Berto e dava pra ser distribuído pra todos maranhense. Ou pelo menos poderia ter comprado milhares se livros didáticos

    • Por onde andam os chamados “partidos de oposição”?
      E tem gente que achava que não havia nada “melhor” do que o clã Sarney. Outra dádiva divina abençoou o povo da terra maranhense.

      Depois de resolver TODOS os problemas maranhenses, conforme devem comprovar todos os indicadores do IDHM, restava dar ao povo uma revista semanal, tendo escolhido a melhor do mundo.

      Palmas para o governador…

  5. E o Maranhão é um dos estados mais pobres do Brasil. Só pode ser delírio do Governador,
    Deve estar achando que vai mandar toda semana uma Carta da Capital para as escolas difundirem os valores do PT: ênfase à desonestidade, à antiética e à ladroagem

    • Vai mandar para todas as escolas do Maranhão, inclusive para as escolas particulares! Ou seja, os pais pagam a escola e o povo do Maranhão paga as revistas Carta Capital para os alunos das escolas particulares!

    • Paulo tudo chega como uma verdadeira avalanche. Cheguei ao Maranhão, mais propriamente a São Luís, em 1987. Meu primeiro trabalho foi para não ficar desempregado, mas não era o que eu queria. Fui contratado pelo Jornal O Estado do Maranhão e ali trabalhei inicialmente como “Revisor”. O jornal tem um caderno chamado “Alternativo”, material opinativo e cultural. Eu era o responsável pela revisão do caderno (8 páginas). A última página trazia diariamente uma crônica escrita por jornalistas de alto quilate, um em cada dia da semana. Inclusive um irmão meu era um dos colunistas. No time de colunistas formava Sálvio Dino, deputado estadual por dois mandatos; prefeito do interior por dois mandatos, Advogado competente e excelente escritor – tendo, inclusive, assento na Academia Maranhense de Letras. Nos tornamos amigos pessoais. Anos depois conheci Flávio Dino e também nos tornamos amigos por uma coincidência: aniversariamos no mesmo dia 30 de abril. No começo da semana passada, Sálvio Dino, pai do governador Flávio Dino faleceu. Perdi um amigo dileto e de bom convívio. Ultimamente estou afastado de qualquer convívio com o Governador – não foi permitido o velório do Sálvio, pois ele faleceu de C-19 – por conta do posicionamento dele em relação ao Governo Federal. Eu respeito, por ser algo pessoal, mas prefiro me manter distante. AGORA VEM O DETALHE PREOCUPANTE: tudo isso aí que está sendo divulgado envolve a Secretaria de Educação, que tem como titular o melhor, mais competente e mais atuante secretário de Estado do Flávio Dino: Felipe Costa Camarão. Felipe é um jovem Advogado, Professor de Direito da Universidade Federal do Maranhão por concurso; é Procurador Federal já tendo ocupado cargos de alta relevância e confiabilidade. Eu conheço Felipe desde que aqui cheguei e, paralelamente ao trabalho de Revisor, desempenhei o papel de Repórter atuando na área esportiva, cobrindo as modalidades olímpicas. Ele, Felipe, exímio atleta da Natação. Eu o conheço como a palma da minha mão que tem os mesmos 77 anos de idade que eu tenho. Não acredito que ele tenha se deixado envolver com essa nojeira, principalmente por ser ele um Procurador ascendente, nacionalmente falando. Eu, resumo tudo e respondo: estou atordoado, amigo.

  6. Seiscentos e setenta e dois mil reais por um ano. Devem ter salvado a revista desse italiano que fala mal do País que o acolheu.
    Pólos opostos se atraem. Esses dois magnânimos conseguiram mudar a lei da física. No magnetismo de suas cumplicidades pólos iguais também se atraem.
    Será, que só houve uma atração de pólos, na dinocracia?
    Lamentável! Um Estado que tem uma importância tão grande na História do Brasil. Não merecia ter governantes que não estivessem à sua altura.
    Ainda tem a família dinástica, em que a filha teve quatro mandatos de governadora e mais um do pai. Brasil, meu Brasil brasileiro…!!!

Deixe uma resposta