DEU NO TWITTER

* * *

Não foi só Alexandre Nardoni, assassino do próprio filho, que ganhou “saidinha” pra comemorar o Dia dos Pais.

Suzane von Richthofen, que matou o pai e a mãe, e está cumprindo pena de 39 anos, também teve direito à “saidinha”.

Foi no mês de maio passado, para comemorar o… Dia das Mães.

A diputada petista Maria do Rosário declarou ao Jornal da Besta que isto é justo e certo.

Trata-se de uma grande conquista das lutas pelos Direitos dos Manos.

Um exemplo que deveria ser seguido pelo governo do Estados Unidos. Um país atrasado e subdesenvolvido, segundo Maria do Rosário, que trata seus presidiários muito mal e sem direito a “saidinhas”.

Mark Chapman, o assassino de John Lennon, engaiolado há 39 anos e cumprindo uma sentença de prisão perpétua, já teve negados 10 pedidos de liberdade condicional. Nunca saiu da cadeia nem pra dar uma mijadinha.

Na foto abaixo, a matricida Suzane saindo da penitenciária feminina, ao lado do seu macho, pra comemorar o Dia das Mães.

Foi direto da penitenciária pro motel.

Deixe uma resposta