DEU NO JORNAL

Uma operação da Força Aérea Brasileira, nesse domingo (02), terminou com a prisão do ex-vice prefeito e ex-presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã (MT), Nélio Alves de Oliveira.

Nélio Alves era o piloto do bimotor B-58 Baron que foi interceptado pela FAB.

A aeronave transportava de 519 kg de cocaína que foram apreendidos.

* * *

Se você não conseguir enxergar direito a cara do piloto-traficante nesta imagem aí em cima, pois a foto está meio escura ao lado da foto do avião, aqui vai uma ajuda.

Nélio, o piloto condenado por tráfico de cocaína em 2014 e posto em liberdade em 2018 pelo militante político Lewandowiski – aquele que foi nomeado pro STF por Lula -, aparece com o fucinho bem nítido nesta foto que está aí embaixo.

Vejam:

Nélio, o piloto traficante de cocaína, é o que está no meio do trio.

No lado esquerdo da foto aparece o atual deputado federal por Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, ex-governador daquele estado e nome de destaque na organização criminosa de propriedade de Lula.

E, em falando de Lula, o ex-prisioneiro, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, ele aparece do lado direito da foto, de camiseta branca e trajando um lindo calção azul.

De vermelho, só mesmo a lata de coca-cola na mão do seu amigo traficante.

Maconheiros e cheiradores de pó de todo o Brasil estão desolados com a prisão, domingo passado, do amiguinho de Lapa de Corrupto.