CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Prezado mestre

Para deixar a esquerdalha em polvorosa…..

Talvez a pianista seja nossa Tia do Zap…..

rsrsrsrs…

Grande abraço

18 pensou em “ARTHUR TAVARES – SÃO PAULO-SP

    • Então vamos ao remédio : Quem é o político que não é “político” e sim um “gestor”?.
      Quem nossa colunista chama de doriana ?.
      Quem promoveu um carnaval em S.P.mesmo sabendo da doença existente ?.
      Mande a marchinha para ele usar no próximo carnaval , será que ele vai gostar ?

      • Complementaria Sancho: mas (benedicto mas),êita que a dupla Ronald McTrump e Jabyr Bolso deixa a esquerda arrepiada e mimizenta. Chora não, povo vermelho. Um dia, quando a Laurinha deixar a presidência vocês possuem alguma chance de voltar à faixa.
        O cenário mundial estará tipo:
        TOP FIVE:
        1) Brasil;
        2) EEUU;
        3) Rússia do Putin (sim, ele ainda estará vivo e dando as cartas na terra das matrioscas;
        4) China; e
        5) Japão.

            • Não, querido Arthur. Sancho exercita a futurologia, pois Laurinha Bolsonarinha, após os machos da dinastia Bolso passarem pela presidência, assumirá a faixa e será substituída por alguém da esquerda, em um futuro muito distante…

              • O que Trump, Bolso e o governo ditatorial cubano POSSUEM em comum? A defesa da cloroquina.

                Na página do Ministério da Saúde Pública de Cuba, estão disponíveis o Protocolo provisional de Cuba vs covid e a Versión 1.4 do Protocolo de Actuación Nacional para la Covid-19 de abril e maio e tazem diversas recomendações para o combate ao vírus chinês.

                Cuba usa la hidroxicloroquina en el tratamiento temprano de la COVID-19. Na última segunda-feira, 13, o site cubaperiodistas.cu repercutiu uma entrevista do médico Agustín Lage Dávila, membro do Partido Comunista Cubano sobre o uso da hidroxicloroquina no combate à covid-19 em Cuba que foi publicada dias antes pela Anadolu Agency, agência internacional de notícias com sede na Turquia.

    • Engraçado que o “capacho” consegue passar uma soberania ao Brasil muito maior do que os “líderes” Lula e Dilma com suas relações exteriores de verdadeiros chiqueiros de nações subdesenvolvidas e/ou tirânicas.

    • Eremildo (eita cada nome que inventam, é de cair o cu da bunda), se a Laurinha é fruto de uma fraquejada eu ão sei e nem quero saber, mas que a bichinha é braba, ela é.

      Põe todos os zeros no chinelo

    • “Mito lacrador”?!

      Uai! Ou você “mita”, ou você “lacra”.

      Esse aí, além de habitante da isentosfera, é prole paulofreireana.

  1. De fato, a Marchinha da Cloroquina é surreal. Se trabalhada, pode detonar no carnaval, como marcha de gozação, pelos blocos de rua.. .

Deixe uma resposta