ARTHUR TAVARES – SÃO PAULO-SP

Prezado mestre …..

Acho que este manifesto (Exercito, Marinha e Aeronáutica) merece destaque na nossa Gazeta

Quem sabe agora vai ……..

Um grande abraço ….

R. Meu caro, você diz que “quem sabe agora vai“.

Vai pra onde?

Pro brejo?

Esse detalhe você não nos forneceu.

Outra coisa: mande pra gente o link de onde foi publicado este manifesto que você nos enviou, e que está transcrito logo a seguir.

E, por fim, me tire uma dúvida: os militares que assinaram são da ativa ou da reserva?

* * *

Alto escalão das Forças Armadas entram na briga entre Executivo e STF

Ao Sr. José Celso de Mello Filho.

Ninguém ingressa nas Forças Armadas por apadrinhamento. Nenhum Militar galga todos os postos da carreira, porque fez uso de um palavreado enfadonho, supérfluo, verboso, ardiloso, como um bolodório de doutor de faculdade.Nenhum Militar recorre à subjetividade, ao enunciar ao subordinado a missão que lhe cabe executar, se necessário for, com o sacrifício da própria vida.

Nenhum Militar deixa de fazer do seu corpo uma trincheira em defesa da Pátria e da Bandeira.

Nenhum Militar é comissionado para cumprir missão importante, se não estiver preparado para levá-la a bom termo.

Nenhum Militar tergiversa, nem se omite, nem atinge o generalato e, nele, o posto mais elevado, se não merecer o reconhecimento dos seus chefes, o respeito dos seus pares e a admiração dos seus subordinados.

E, principalmente, nenhum Militar, quando lhe é exigido decidir matéria relevante, o faz de tal modo que mereça ser chamado, por quem o indicou, de general de merda.

Rio de janeiro, 13 de junho de 2020

Lúcio Wandeck de Brito Gomes, Coronel da Aeronáutica;Luís Mauro Ferreira Gomes, Coronel da Aeronáutica;Luiz Sérgio de Azevedo Ferreira, Coronel da Aeronáutica;Antoniolavo Brion, Professor;Rodolfo Tavares, Presidente da FAERJ;Alfredo Severo Luzardo, Coronel da Aeronáutica;Napoleão Antonio Muños de Freitas, Coronel da Aeronáutica;

Airton Francisco Campos Tirado, Coronel do Exército;Paulo Marcos Lustoza, Capitão de Mar e Guerra;Marcos Coimbra, Economista;Luiz Felipe Schittini, Tenente-Coronel PMERJ;Mauro Roberto Granha de Oliveira, Engenheiro Civil;Samuel Schneider Netto, Coronel da Aeronáutica;Manoel Carlos Pereira, Major-Brigadeiro; Paulo Frederico Soriano Dobbin, Vice-Almirante;José Mauro Rosa Lima, Coronel da Aeronáutica;Sílvio Potengy, Coronel da Aeronáutica;Oswaldo Fagundes do Nascimento Filho, Capitão de Mar e Guerra;Marcos Henrique Camillo Côrtes, Embaixador;Aileda de Mattos Oliveira, Professora Doutora em Língua Portuguesa;Hartman Rudi Gohn, Coronel da Aeronáutica;Carlos José Pöllhuber, Coronel da Aeronáutica;Reinaldo Peixe Lima, Coronel da Aeronáutica;Walmir Campello, Capitão de Mar e Guerra;Sérgio Tasso Vasquez de Aquino, Vice-Almirante;Wilson Luíz Ribeiro, Coronel da Aeronáutica;Justino Souza Júnior, Coronel da Aeronáutica;Luiz Carlos de Almeida Ribeiro, Capitão de Mar e Guerra;Sonia Maria Soares Almeida, Professora Ensino Superior;Bertucio Gomes dos Santos, Coronel da Aeronáutica;Marco Aurélio Erthal, Coronel da Aeronáutica;Carlos Aureliano Motta de Souza, Coronel da Aeronáutica;Fernando Almeida, Capitão de Mar e Guerra Reformado;Herman Glanz, Engenheiro;Celso Tavares, Coronel da Aeronáutica;Henrique Rodrigues Vieira Filho, Coronel da Aeronáutica;Hamilton Leda, Funcionário do Ministério de Ciência e Tecnologia;Augusto Borborema, Médico;Ney Martins de Lima, Engenheiro Civil;Luiz Thomaz Carrilho Teixeira Gomes, Brigadeiro;Aldo Langbeck Canavarro, Capitão de Mar e Guerra;Acácio Moraes Garcia, Procurador Federal e Professor;Antonio Luiz de Souza e Mello, Engenheiro Civil – Petrobrás;Rui Murat dos Reis, Tenente-Coronel da Aeronáutica;Sérgio Pedro Bambini, Tenente-Brigadeiro;Jorge Ruiz Gomes, Tenente-Coronel da Aeronáutica;Carlos Casado Lima, Coronel da Aeronáutica;Sergio Chouin Varejão, Engenheiro Mecânico e de Segurança do Trabalho;José Siqueira Silva, General de Brigada;José Carlos Lusitano, Contra-Almirante;Loretta de Queiroz Baltar, Fisioterapeuta;Henrique Aronovich, Coronel da Aeronáutica;Renato Tristão de Menezes, Coronel da Aeronáutica;Sérgio Pedro D’Angelo, Tenente-Coronel da Aeronáutica;Carlos Arthur Doherty Lassance, Contra-Almirante;Paulo Sobreira da Silva, Brigadeiro;Berilo de Lucena Cavalcante, Coronel da Aeronáutica;Helio Gonçalves, Brigadeiro;João Carlos Gonçalves de Sousa, Coronel da Aeronáutica;Alberto Siaudzionis, Coronel da Aeronáutica;Luiz Carlos Baginski Filho, Brigadeiro;Frederico de Queiroz Veiga, Major-Brigadeiro;Italo Regis Pinto, Brigadeiro;Guilherme Sarmento Sperry, Brigadeiro;Lúcio Valle Barroso, Coronel da Aeronáutica;Nélson Zagaglia, Coronel da Aeronáutica;Ivan Américo Gonçalves, Capitão do Exército;José Lindenberg Câmara, Capitão de Mar e Guerra;Mari de Souza Gomes, Funcionária do Itamaraty;Paulo José Pinto, Coronel da Aeronáutica;Mauro da Silva Amorim, Coronel da Aeronáutica;Helius Ferreira Araújo, Major da Aeronáutica;Carlos Claudio Miguez Suarez, Coronel do Exército;Paulo Filgueiras Tavares, Coronel do Exército;Jonas Alves Corrêa, Coronel da Aeronáutica;João Carlos Fernandes Cardoso, Brigadeiro;Carlos Rogerio Couro Baptista, Advogado;Domingos Miguel Antônio Gazzineo, General de Exército;Kleber Luciano de Assis, Almirante de Esquadra;Paulo Roberto de Freitas Mariano, Engenheiro Mecânico;Aparecida Cléia Gerin, Professora;Afrânio Ferreira Bressan, Economista;Jaime Rodrigues Sanchez, Major-Brigadeiro;José Carlos Ferraz, Economista;Sylvio Rubens Naccaratto Junior, Coronel da Aeronáutica;Helio Imbrosio de Oliveira, Coronel da Aeronáutica;Miguel José Neves dos Santos, Coronal da Aeronáutica,Edson Campos Reis, Coronel da Aeronáutica;Luiz Eduardo de Oliveira Figueiredo, Funcionário do BNDES, Aposentado;Ernesto Caruso, Coronel do Exército;Benone Augusto de Paiva, Aposentado;Manoel Soriano Neto, Coronel do Exército;Marco Felício, General de Brigada;Maria da Conceição Oliveira Campos, Advogada, ex-professora da PUC MG;Sérgio Pinto Monteiro, Tenente do Exército R2, Historiador;Gustavo Henrique Albrecht, Major da Aeronáutica;Leci Oliveira Peres, Brigadeiro;Brival Bello de Souza, Coronel da Aeronáutica;Wandimyr Fajardo Gasparello, Professor Universitário;Alcyone Samico, Advogado;Elson José Apecuitá, Capitão de Mar e Guerra;João Cherem Júnior, Capitão de Mar e Guerra;Eduardo Taquece Moura, Capitão de Mar e Guerra;Manoel Rodrigues de Amaral, Capitão de Mar e Guerra;José Batista Pereira, Coronel do Exército;Luiz Roberto Brandão Pires, Empresário;José Miguel Neves dos Santos, Coronel da Aeronáutica;Rubens Morgado Villa Real, Engenheiro Eletricista;Hamilton do Rosário Werneck, Auditor Fiscal.

21 pensou em “ARTHUR TAVARES – SÃO PAULO-SP

  1. Onde está o original ? Tem que ter assinaturas , o papel deve ter um timbre , sei lá . Assim fica difícil de se aceitar.

    • Caro Joaquim …………

      Você não confiou em um Fubânico de primeira hora pois achou que eu montei uma fake news …………. Pode Armando???

      Graças ao nosso colunista Sancho, um cara ligado, atento e confiante nos membros desta gazeta já providenciou a fonte …… Correio Brasiliense ……

      Fique triste com a sua desconfiança ……. bua bua snif snif

      • Não é questão de duvidar do fubânico que repassou a informação. O tal Luiz Calcagno não mostrou assinatura de ninguém , não há timbre de nenhuma instituição .
        Você já deve ter visto notícia que alguém fez isto ou aquilo e depois ser desmentida apesar da fonte ser considerada por muitos como confiável ? .Tenho a impressão que já. As vezes descobrimos a verdade por gravações e vídeos , e as vezes até são montagem . Tem muito site na internet , loucos para darem notícias e que muitas vezes até atrapalham. É preciso mais tempo para confirmar. Não fique triste , não desconfio de ti , e se for verdade (o que seria ótimo) , iremos todos comemorar a vitória do verdadeiro direito sobre quem dele se apossou sujando-o .

  2. .

    Obrigado Sancho ….., nada como um cara ligado……….. não precisei nem perder tempo ….

    No meu caso, a noticia veio veio através do Windows Noticias…….

    Eu achei ótimo o desfecho ……
    Existe juiz de merda mas não existe General de merda, eu espero.

    ==========================================
    Prezado Mestre BERTO …….
    ==========================================
    Com relação ao “agora vai” ,,,,,, estou me referindo a resistência da corda ……..

    Eu acho que os limites da corda foram ultrapassados em muito pelo STF e alguns de seus elementos mais,,,,,,,, Legisladores (ou “atirados”, tipo melancia na cabeça)…..

    Já que eles acham que podem tudo, manda prender o pessoal que assinou este outro, digamos, … “esclarecimento contundente sobre a existencia de merdas em algumas instituições”

    Quem sabe o STF tem a coragem de enfrentar estes “rebeldes” e aí a corda arrebenta …… ou não.

    Grande abraço, e torcendo pelo nosso País e por nossa gente……, como a gente.

  3. A Carta é real e foi assinada por oficiais da RESERVA das 3 armas, pois oficiais da ativa não podem fazer manifesto político.

    O UOL obviamente deu pouca importância ao manifesto, como se opinião de Oficiais da Reserva pouco importassem, colocaram lá no cantinho e a parte de não aceitarem serem chamados de General de Merda, sequer foi mencionada, assim como no Grupo Globo e Estadão o despreso foi total.

    Estes Oficiais da reserva são pessoas de influência que estão demonstrando seu compromisso para com o país, que jamais é deixado de lado.

    Como eu disse as FFAA não se manifestam politicamente, eles não são poder moderador e não fazem parte dos poderes pois eles são a FORÇA que mantém estes poderes.

    Deu para entender? Existe uma Constituição, 3 poderes, leis, regimentos e existem as FFAA, sem esta última esquece o resto. Simples assim.

    • Aí João , será ótimo se for verdade , mas se são da reserva , como se pode dizer que se trata do alto escalão. Será que não precisariam serem primeiro reconduzido para a ativa ? Acho melhor perguntar para o chefe que militou no Exército .

        • Não disse que perdem a patente pois isto está claro. Mas sendo da reserva , comandam o que ?, quais batalhões ? esquadras ou o que for ? E quase todos que li , são coronéis . Acima deles são os generais , e não vi nenhum . Esclareça mais um pouco por favor. Preciso me atualizar .

          • Como esclarecimento…

            Gererais cuidam da estratégia e os Coronéis cuidam da operação.

            Com certeza, o pessoal que assinou o manifesto, trocou um papinho com o pessoal da ativa que não pode fazer pronunciamento.

            Entendeu … ????

            Fica frio que está tudo sob controle…

  4. E aí tio Alexandre Fester de Moraes. Vai ter coragem de mandar na PF bater na casa destes que assinaram o manifesto. O Luciano Hang não está entre os assinantes desta vez

  5. Quem tem os tanques são os da ativa, não se manifestaram,e não se manifestarão. O resto é apena, uma trovoada sem raios ou, fósforos queimados..

    • Isso aí Paulo, também acho.

      Quarta feira eles podem votar a cassação da chapa Bolsonaro/Mourão via TSE……

      E aí as FA vão passar por cima de 58 milhões de brasileiros para ficar quetinhos, e protegendo os “sinistros” do STF, os elementos do congresso e toda essa canalhada que nao se conforma com os rumos da consciência brasileira a partir de 2013

      Esta é uma das funções das FA………

      A outra, é proteger uma instituiçao da outra quando há interferencia ilegal contra a lei e a ordem

      Claro que os trovões só fazem barulho, exatamente como as lagartas dos veículos militares e o som dos jatos de guerra….

      Quem sabe qual poder deverá ser protegido…..

      Tenho certeza que as FA sabem, desde 1964, e não vâo errar desta vez, tenho certeza.

      Aguardemos o rompimento da corda

    • É ai que mora o perigo . A ativa já se manifestou a poucos anos e podem voltar a se manifestar . A reserva pode ser convocada para juntar-se a ativa . E o resto é apenas gente fugindo correndo , outros se escondendo em baixo da cama .
      Com este negócio de ficar em casa , muita gente engordou e não vai dar para entrar em baixo da cama , e nem para correr.

  6. Vi este manifesto no globo.com, sem maior destaque; excluíram a melhor parte, aquela do juiz de merda.

    Imagino que se fosse um manifesto contra o governo, assinado pelos membros do clube de colecionadores de bolinhas-de-gude, a grande imprensa daria enorme destaque.

    Sinal dos tempos…

  7. Os militares de verdade , da ativa ou não, nem está interessados em destaque de imprensa. Porque eles sabem agir na hora que precisar e quando menos propaganda melhor. Só mandaram o recado. Mas imagino editores sofrendo do fenômeno “numtemnemcupiscando”

  8. apenas um adendo para quemnao conhece a rotina da caserna , o circulo ou clube militar na realidade e que dao a direça e norteamento das forcas armadas tanto mais que o presidente do clbe militar tem praticamente o mesmo status de um ministro da defesa ,tal ainfluencia que eles tem sbre os oficiais a atva .

Deixe uma resposta