CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Estimado e acatado Editor

Estou passando a suas mãos cópia do recibo de transferência do valor do dízimo do JBF.

Atento principalmente para o fato de que o Polodoro dever ser bem nutrido, pois parece que está crescendo consideravelmente o número de candidatos ao seu penduricalho.

Por outro lado, aproveitando esta mensagem, faço um alerta para a informação que está circulando em certos segmentos sociais, de que o ilustre STF está preparado um edito imperial.

Uma determinação proibindo a fabricação e comercialização da torta Red Velvet em todo o país, com severas sanções a quem for flagrado infringido esse edito.

Respeitosamente,

R. O STF proibir fabricação e comercialização de torta está perfeitamente coerente e de acordo com a composição e a atuação do órgão maior da nossa justiça,

Uma corte que se mete e legisla sobre tudo que existe em cima deste solo pátrio.

Desde brigas de vizinhos e entupimento de esgoto, passando por tensão pré-menstrual e ejaculação precoce, até chegar em caganeira de menino e serviços de entregas por motocicletas.

Bom, mas o que importa é o seguinte, meu caro: vossa generosa doação já está na conta desta gazeta escrota.

Bem como as doações dos leitores Lourdes Maria, Lúcio B. e Manoel Tavares.

Vocês são a força que mantém esta gazeta escrota nos ares.

Gratíssimo a todos do fundo do coração. 

Tendo em vista o que você escreveu na sua mensagem, já avisei pro nosso bem dotado jumento que será providenciada uma ração de primeira qualidade pra ele nessa semana que começa amanha.

De fato, a pajaraca de Polodoro, que você eufemisticamente chama de “penduricalho”, está só no aguardo pra enrabar uma monte de celebridades desta nossa terra surrreal.

A começar por um time que…

Ah, deixa pra lá.

Se eu falar perde a graça e não vai ter surpresa.

“Essa semana vou arrebentar uma tuia de furicos…”

Deixe uma resposta