AO CRISTO – Vespasiano Ramos

Ó Luz Celeste! Essência! Ó Bondade!
Soberano de todos os soberanos;
esperança dos míseros humanos,
Jesus, – Misericórdia e Caridade!

Cristo-Amor! Cristo-Luz! Cristo-Piedade!
Divino apagador dos desenganos;
Tu que foste há quase dois mil anos,
sacrificado pela Humanidade,

prometeste voltar! Não voltes, Cristo!
Serás preso, de novo, às horas mudas,
depois de novos e divinos atos,

porque, na Terra, deu-se, apenas isto:
– Multiplicou-se o número de Judas
e vai crescendo a prole de Pilatos!…

Joaquim Vespasiano Ramos, Caxias-MA (1884-1916)

2 pensou em “AO CRISTO – Vespasiano Ramos

Deixe uma resposta