ANTONIO M. AMÉRICO – BELÉM-PA

Berto,

Bolsonaro deixou muita gente da CUT, do MST e do MTST apavorada durante seu pronunciamento com essa história de voltar ao trabalho.

Eu só sei é que estou quieto aqui em casa, sem trabalhar, sem produzir nada e esperando uma ajuda do governo.

Estou quase me sentindo um petista.

15 pensou em “ANTONIO M. AMÉRICO – BELÉM-PA

  1. Brincadeiras à parte, dessa vez o Bolsonaro foi longe demais! Vai perder a eleição para ele mesmo! A oposição está rindo à toa! Não precisa fazer nada. Basta dar um microfone que o cavalo perde a eleição sozinho!

    • Nem com todo aparato contra , conseguiram impedi-lo de concorrer e vencer. Agora lá instalado , tem retaguarda e muita informação que outros não dispõem . Não faz nada sem aconselhamento bem fundamentado , e recua quando for comprovadamente necessário .

  2. Calculo que do universo de eleitores que votaram no Bolsonaro uns 18 ou 20% sao fanáticos! Votei no Bolsonaro mas de maneira nenhuma passei cheque em branco ou procuração para ser burro! Não sejamos como os petistas que contra tida e qualquer evidência vão morrer abraçados ao Lula! Votamos no plano B, se não prestar partamos para o plano C!

  3. Também votei no homem , não passei procuração , não assinei cheque algum , não sou como petista, mas não sou burro de ir contra alguém coberto de informações por gente mais competente , que pode tomar uma decisão após ouvi-los . As informações que não tenho , certamente outros também não tem , mas é apenas por não procuramos . Elas existem . Agora acreditar na bira dos outros , isto é que não !.

  4. Meus prezados,

    Concordo plenamente com vocês quanto a não dar “Cheque em Branco” para ninguém.

    Meus lemas são: NÃO IDOLATRAR! NÃO REVERENCIAR NINGUÉM!

    Quanto ao JB, por mim já está de excelente tamanho. Se não fosse uma multidão de parasitas desmamados, todo o tempo querendo ver a casa pegar fogo para instalar de novo a ladroagem, podem ter certeza de que estaríamos infinitamente melhor.

    Posso até deixar o Bolsonaro na mão em 2022. Só que, para isso acontecer, o cara que aparecer tem que cagar chocolate e mijar guaraná. DIET!

  5. É preciso enxergar que há uma estratégia por trás do discurso do Bolsonaro e de toda a histeria que a imprensa, os presidentes da Câmara e do Senado, Gilmar Mendes e o FHC (ora quem), PT e satélites estão fazendo contra.

    Estratégia do Bolsonaro: se ele não agisse agora contra esta paralisação do país, liderada por SP e RJ (coincidência?) mais alguns dias ele estaria refém dos citados acima.

    Mas reféns porque? Diriam as polianas.

    Está na iminência de começarem os saques de supermercados, lojas da Havan (olha a coincidência de novo) quebra quebra e confusão.

    Não teria como o governo JB atacar o povo nas ruas, pois falariam que ele contém os famintos e desesperados.

    Estaria então JB com as mãos atadas e o caos instalado no país.

    Agora me respondam os sensatos: quem lucraria com o caos instalado?

    Já disse aqui em outro comentário: um doce para quem disser que são os caras do primeiro parágrafo.

    É preciso sair da caixinha para ver o que está em jogo

  6. Até agora a Itália registrou pouco menos de 70.000 casos. Em uma população de 60 milhões isso pouco mais de 0,1%, ou seja, muito pouco. Me parece lógico que está sendo tocado um puta de um terror e é como uma isca. Um estadIsta tem que ver isso. No atual momento é suicídio político remar contra a maré! É uma sacanagem mas as coisas são assim. Se o JB suicidar-se politicamente, será uma baita traição pois o poder pode voltar a cair no colo do PT (e assemelhados – leia-se Ciro Gomes, por exemplo! E é justamente o que não qué remos sob hipótese alguma!

    • Comparar o Brasil com a Itália ou a Espanha nesta história do vírus chinês faz parte da tática do apavoramento lançado.

      Bolsonaro dobrou a aposta. Realmente ele colocou sua cabeça a prêmio.

      E porque? Porque a estratégia do lock down estava lançada e o resultado previsível era o caos social. Ele iria cair.

      Até hoje estamos com umas 50 mortes pela doença. Se na semana que vem tivermos 4 5 mil mortes e umas 500 mortes por dia, JB perde a parada e sua cabeça já era, como aconteceria com a convulsão social mais as mortes.

      Vamos para a outra hipótese: o número de mortes se estabiliza e não passa de 500 (pode ser até mil, que é o tanto que morreram de H1N1 em 2009).

      A cloroquina produzida pelo EB reduz o tempo de internação e começa a reverter a curva da doença. Começam os saques.

      Aí Bolsonaro será um Herói Nacional e irá falar: “Tá vendo, eu avisei!”.

      Eu não queria estar no lugar da Globo e demais aproveitadores nesta hora.

  7. a sim joao francisco em 2009 a hni contaminou mais de oitenta mil pessoas e provocou pouco mais de 2880 mortes , isto no governo lula que chamou o h1n1 , de resfriadinho de merda , a sim e na epoca do sars , la em 2003 foi pior ainda , mas a epoca nao tinhamos internet .

    • Obrigado alberto, estes dados do h1n1 mostram claramente o que está em jogo agora.

      não é o combate ao vírus chinês e sim o jogo do poder.

Deixe uma resposta