A PALAVRA DO EDITOR

Alguns botecos exibem uma placa que diz assim:

“Fiado só para maiores de 90 acompanhados do pai”

No dia de hoje, 26 de maio, o grande artista brasileiro Toni Tornado completa 90 anos de idade.

Ele nasceu no ano de 1930, em Mirante do Paranapanema, São Paulo

E o pai dele, Ray Antenon, está vivíssimo com 108 anos de idade.

Ray costuma dizer que o filho “está velho”

Uma coisa extraordinária, digna de realce.

Bom, o fato é que Toni, 90 anos, pode comprar fiado em qualquer boteco deste país, devidamente acompanhado do papai, de 108 anos.

Parabéns de toda a comunidade fubânica para este grande artista brasileiro!

7 pensou em “ANIVERSÁRIO DE TONI TORNADO

  1. Fato histórico a ser registrado no “Guinness Book”. Parabéns ao Toni Tornado (90 anos), parabéns ao pai dele, Ray Antenon (108 anos) e parabéns ao Berto, por ter feito essa grande homenagem.

  2. Que feito incrível. Aliás dois feitos incríveis. Duas pessoas abençoadas por Deus. Completarem 90 anos e 108 anos de vida. Juntos, são quase dois séculos de experiências, ensinamentos e conhecimentos. Parabéns ao Toni Tornado e ao seu querido pai. Caro Berto, bonita e sensível homenagem que você presta aos dois jovens idosos e trazer para nosso conhecimento. Parabéns para você também.

  3. Toni Tornado, W Simonal, J Rodrigues, Tim Maia; artistas cantores brasileiros de primeira linha; se fossem americanos estariam no nível de James Brown, Marvin Gaye, Bobby Byrd e outros da soul music.

    Mas (maldito mas, né Sancho) eles não eram da patota, da elite cultural carioca, da gangue do dendê e foram deletados por eles.

    Isso é Brasil.

    Dá para entender porque o RJ está nesta draga

  4. Me lembro muito bem de quando assisti no Festival da Canção no RJ, este ótimo
    artista dar um show que empolgou o estádio do maracananzinho ao
    brindar o publico presente com uma excelente interpretação da música BR 3.
    Foi um sucesso estrondoso e o nosso cantor merece todo os
    nossos elogios e e votos de agradecimentos pelo seu ótimo trabalho.

    O colega comentarista acima, lembrou muito bem que ainda
    devemos e muito a outros grandes interpretes que estão no mesmo nível internacional de grandes figuras do arte musical.

    Principalmente , talvez o maior de todos, o GRANDE Wilson Simonal,
    que depois de reger o público de um estádio lotado, no show que que testemunhei e antecedeu a apresentação
    do conjunto de Sergio Mendes, show esse que foi o ponto máximo da sua carreira foi vitima de invejosos do meio artísticos que destruiram a sua carreira,
    acusando-o de amigo da ditadura e delator.
    Foi inveja e ação dos comunas esquerdistas do meio artístico que
    sempre esteve infiltrado de comunas, como agora.

    Um dia ainda a história fará justiça ao grande Wilson Simonal.

    Desculpe Peninha pelo desabafo, mas esse fato sempre esteve
    sufocando a minha garganta.

    • Eu também não esqueço da interpretação do Tony Tornado, naquele Festival da Canção do Rio de Janeiro, no Maracanãzinho, pois também muito bem as curvas da BR3, ligando Rio de Janeiro a Juiz de Fora, passando pela Serra de Petrópolis. Parabéns ao grande Tony Tornado e a seu pai. Isto sim é que é viver!

Deixe uma resposta