CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Oi,

Tudo bem?

O meu nome é Andreea Iordache e sou Media Buyer da JLS Cleverads, que pertence ao grupo Clever Advertising.

Nós temos interesse em comprar anúncios no vosso site.

Nós trabalhámos com sites de notícias premium, tanto ao nível internacional, como em alguns países, incluindo o Brasil.

Portanto, estamos interessados em um negócio com o vosso site.

Gostamos de acreditar que a nossa parceria vai ser ótima, tanto para nós, como para vocês, e para dar o primeiro passo, nós oferecemos pagamento adiantado das campanhas.

Outro aspeto importante deste deal é que não pedimos exclusividade.

Tenho a certeza que a nossa proposta vai ser adequada para você.

Caso queira mais informações sobre nós e o que oferecemos, me pode contactar por e-mail ou telefone.

Cumprimentos,

R. Se é que entendi direito o português de Portugal desta mensagem, era só mesmo o que faltava: essa gazeta escrota sendo requisitada pra publicar reclames de nível estrangeiro.

Vôte!!!

Depois, quando eu digo que o JBF é lido no mundo todo, desde Palmares até Pequim, tem neguinho que não acredita.

Dona moça, fique inteiramente à vontade pra postar o que quiser nas páginas deste jornaleco.

Temos uma seção específica para publicação de anúncios de empresas, órgãos, consultórios, restaurantes, imobiliárias, firmas, etc. etc.

Uma seção denominada Promoções e Eventos.

E as postagens nesta seção são feito vento: inteiramente grátis.

É só montar e mandar pra gente que será publicado semanalmente.

O dinheiro para o pagamento mensal da empresa que nos dá hospedagem e assistência técnica 24 horas por dia, a Bartolomeu Silva – Soluções em WordPress, é generosamente doado por leitores e colunistas.

Quer dizer, doado só por aqueles que têm o coração aberto e não são pirangueiros.

Os sovinas ficam se fazendo de lesos e desentendidos.

Pois é isso, dona moça.

Fique inteiramente à vontade pra usar e abusar deste sombrio recanto internético.

Estamos às ordens!

7 pensou em “ANDREEA IORDACHE – PORTO – PORTUGAL

  1. CLEVER ADVERTISING

    O grupo Clever dedica-se maioritariamente à compra e venda de publicidade online.

    Temos clientes de todo o mundo …

    Trabalhamos com grandes volumes e temos uma média de 600 000 000 de impressões mensais…

    http://www.hipercentro.pt/PT/empresas/clever-advertising/

    “Nós trabalhámos com sites de notícias premium, tanto ao nível internacional, como em alguns países, incluindo o Brasil.”

    Mas, báh, tchê:

    “SITES DE NOTÍCIAS PREMIUM”

    não é para quaisquer (e insignificantes) Globolixo, Foia, Cuol, Antas e Oia – que, depois dessa, devem estar, merecidamente, morrendo de ciúmes e invejas!!!

    GLÓRIA, GLÓRIA, ALELUIA

    e VIDA LONGA

    ao JBF,

    ao seu editor – Dom Berto & Cia,

    a seus insignes cronistas,

    e – de “lambuja” – uma imensa e impagável alegria para todos nós, seus fieis e assíduos comentaristas e leitores!!!

    • Meu caro Adail, saiba que o Berto já passou em muito o status de Dom. Ele é Papa há muitos anos e nós somos seus súditos. Alguns padres, alguns monsenhores como no meu caso e até bispos.

  2. “Nós trabalhámos com sites de notícias premium, tanto ao nível internacional, como em alguns países, incluindo o Brasil.”

    Agora que o editor-chefe vai receber em euros, vou pedir mais uma vez (milésimo pedido de Sancho): favor me mandar para a Catalunha, de preferência Barcelona para eu ser correspondente internacional de língua española. Nossa gazeta vai ficar muito chique, pois já temos correspondente em Paris, Munique e New York City.

  3. Pois eu acho que o JBF deveria ter anunciantes pagos para cobrir as despesas e quem sabe até gerar uma renda para pagar o salário da chupicleide e comprar capim de primeira para Polodoro. Nada de comer mato em terreno baldio.
    Tenho visto sites, blogs ganhando muito dinheiro e não me conformo que o JBF fique só com doações.
    Você deve lembrar que há uns 7 anos mais ou menos eu andei procurando alguns patrocinadores, mas como não sou do ramo ficou difícil. Ainda assim falei com o fabricante da cachaça Pitú que é aí do nordeste e a 51 entre outras empresas, mas acabou não dando certo, mas acho que com o número de leitores que o JBF tem dá para arrumar patrocinadores e se me permite a intromissão, tem mais é que faturar. É justo, é honesto, não prejudica ninguém e torna a vida mais fácil.

  4. Bom, se a Besta vai ser recebedora de Euros, quero uma verba pra ir de vez para o meu país de origem: Escócia!!! Vocês sabem: eu só bebo whisky e quero usar o kilt escocês. De lá, estarei enviando matérias sobre o país, sobre o whisky, claro. Acho que é justo!!! Goiano é francês; Só bebe vinho. Está residindo em Paris e nada mais justo, eu como Cardeal, gozar (êpa!!!) das benesses fubânicas, indo residir próximo ao Loch Ness!!! Gosto da área rural escocesa!!! Simples assim!!! estou no aguardo!!! Pode ser também, lá em Glasgow ou Edinburgh!!!

Deixe uma resposta