DEU NO JORNAL

Ex-presidente da OAS delata ministro do STF Dias Toffoli

Em proposta de colaboração com a Justiça, Léo Pinheiro fala de suas relações com o magistrado e de uma obra em sua “mansão de revista”

* * *

Recordar é ficar puto.

Esta é a chamada de uma matéria da revista Veja, datada de agosto de 2016.

Já lá se vão três anos…

Um “favor” que o Corruptor Ativo Léo Pinheiro prestou ao Corrupto Passivo Dias Toffoli.

Uma pequena e modesta reforma que o empreiteiro fez na mansão de um ministro do Supremo.

Só isto. Apenas isto. Nada mais que isto.

Agora, que o militante petista Dias Toffoli é presidente do órgão maior da nossa justiça, a reforma deverá ser feita por outra empreiteira.

Uma reforma no fucinho do canalha togado.

Reforma para dar um melhor aspecto à sua cara-de-pau, devidamente embelezada por Óleo de Peroba.

Deixe uma resposta