CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

DEPOIS DA SAÍDA DE MORO, RECRUTA ZERO NUNCA MAIS FOI O MESMO: O STF ESTÁ TENTANDO ABRIR O BUNDA SUJA EM BANDAS…

Em uma entrevista ao Jornal EL PAÍS, anteontem(16), por videoconferência desde Curitiba, onde está confinado com a família, por conta da pandemia de coronavírus, o inabalável ex-ministro Moro jogou os cachorros em cima do Bunda Suja Boca Porca Bolsonaro afirmando mais uma vez que, “Eu não sai da justiça pra fazer política. Entrei na política pra fazer justiça”. Pois bem!!! O El País informa acertadamente que, quando o ex-juiz Sergio Moro aceitou seguir o ultradireitista Jair Bolsonaro no Governo fez uma aposta arriscada. Entregava o seu capital político como símbolo anticorrupção a um deputado veterano e incendiário, um nostálgico da ditadura. A lua de mel acabou no fim de abril, como um divórcio ruim, não consensual e uma acusação bomba contra o mandatário: ele queria trocar o diretor-geral da Polícia Federal e interferir na corporação por interesses pessoais. Pimba na gorduchinha!!! O El País acertou na mosca!!!

Como diria Luiz Gonzaga, o cipó de aroeira, a bimba de boi, como também a tabica de rama de cansanção, está voltando no lombo de quem mandou dar. A prova é tanta que, o Arruaceiro Bunda Suja nunca mais foi o mesmo depois que se desfez do melhor ministro do seu governo, sacanamente expulsando-o por sentir inveja do seu exemplar colaborador, como também por covardia e mau caratismo. Com a saída do ministro da justiça, o judiciário tá na cola do Capitão Cabra de Pêia tentando apeá-lo do poder a todo custo. Isso é o que podemos chamar de lei da compensação: a chibata está voltando para o lombo de quem mandou dar. Realmente, o Brasil vive um momento de grande chiqueiro, graças aos excrementos de uma Sara Winter da vida e suas 300 picaretas, que tangem o odor para infestar outras partes do país. A cada dia alguém faz alguma patifaria para piorar a coisa ainda mais. Tá difícil chegar a 2021 em clima de cloroquina e pandemia. E pasmem!!! O que dizer da postura desses trombadinhas 01, 02, e 03, que nos faz relembrar as pegadinhas do Sérgio Malandro do Programa Sílvio Santos. O troço chegou ao escracho geral, total e irrestrito.

Depois de um ano e meio de arruaças e maluquices presidencial, principalmente quando expulsou o inabalável MORALISTA MORO a realidade do Bunda Suja Boca Porca Bolsonaro é muito parecida com a de uma mulher fictícia criada por um escritor chamado Josué Guimarães. Essa mulher da ficção sofria de uma doença que a fazia diminuir diariamente de tamanho. E seus parentes serravam os pés das mesas e das cadeiras, rebaixando os móveis, para que ela não percebesse o que lhe acontecia. No caso do Recruta Zero, a manada tenta disfarçar o encolhimento do doido varrido reduzindo o drama jurídico do personagem a uma conspiração do STF, da Procuradoria e da mídia. A imagem do Capitão Caverna, antes monumental e que fazia arminha, agora cabe numa caixa de fósforo. E o encolhimento deve continuar…

30 pensou em “ALTAMIR PINHEIRO – GARANHUNS – PE

    • Sergio, os bolsonaristas vão pondo no rol dos malditos todos os que se opõem às maluquices de Jair Messias Bolsonaro. Assim como Moro, Altamir também está sendo classificado como persona non grata.

  1. Sabem por que o gigolô da Sara Arruaceira foi preso? Porque estava soltando bombas na porta da cadeia onde a Sara incendiária está presa…

  2. Já me calei de fazer qualquer comentário sobre artigos do Goiano. Agora vem Altamir que tb não vou perder meu tempo. O Sponholz não comento porque não sei desenhar. Só lamento pelo editor em forçar eu a gastar todos meus milhos para alimentar tantos pombos que andam aparecendo nesta gazeta escrota

  3. A cor do artigo já demonstra de onde veio. Mais um a escrever babaquice e papagaiada. Esta gazeta tá igualzinha ao antagonista….e salve, salve o boiola do Reinaldo Azevedo !

  4. Gonzaga,

    É uma satisfação esporrante saber que você abominou minhas postagens e não vai mais lê-las. Você está corretíssimo, meu prezado!!! Aliás, sua AUSÊNCIA nas páginas que escrevo, sempre vai PREENCHER uma grande lacuna…

  5. Nada contra a liberdade de expressão que está gazeta proporciona Berto. Mas se espaço começa a ser invadido pelos pombos vermelhos (tática de Gramsci) não sobra alimentos para os papagaios verdes. E replicar comentários de Columbiformes goianensis mais atiça a fome dos esquerdalhas

  6. Pessoal, vamos ter paciência, né? Como se quer democracia sem que se respeite as opiniões contrárias? Altamir está fazendo um resumo preciso do Brasil atual. O governo começou com dois ministros fortes, Guedes e Moro. O primeiro ganhou um título de melhor ministro da economia em 2019 e o segundo tinha reconhecimento interno e externo. Depois dele, Tarcísio de Freitas, sabe porquê? Porque trabalha o dia inteiro sem transar contra ninguém.
    Bolsonaro perdeu a oportunidade de fazer um governo sério e se lambozou todo nessa merda. O papel do cara é governar e não ficar de picuinha contra a imprensa. Deveria fazer como Brizola que ao se sentir denegrido procurava a justiça e olhe que naquela época a Globo tinha mais influência no governo do que tem agora.
    Veja a incitação pra invadir hospitais de campanha. Caramba, se não tem paciente com covid-19 tem outros que não estão achando vagas nos demais hospitais. Ele, como presidente, deveria visitar os hospitais com uma comitiva e ter respaldo pra dizer o que viu.
    Não vamos fortalecer a democracia criticando, apenas, opositores.

  7. Gonzaga,

    Lamento muito você se ausentar do JBF. Quanto ao seu FUI da página que escrevo, fico bastante linsojeado com o seu desaparecimento e esse seu sonoro FUI!!!

  8. Altamir, a imagem que você usou para ilustrar o fenômeno de Jair Messias Bolsonaro na presidência da república, com o conto da mulher que encolhia, é perfeito: enquanto ele encolhe, seus seguidores vão aparando as pernas das mesas e das cadeiras para que tudo encolha junto com ele e assim não pareça que ele diminuiu.

  9. Goiano,

    Os seguidores do Bunda Suja serraram as pernas dos móveis da casa com o serrote que pediram emprestado ao QUEROZ…

  10. Hoje os vermelhos estão em polvorosa…

    Escreve Altamir: “o judiciário tá na cola do Capitão Cabra de Pêia tentando apeá-lo do poder a todo custo.”

    Goiano vai ao orgasmo, escrevendo para seu camarada: “Altamir, a imagem que você usou para ilustrar o fenômeno de Jair Messias Bolsonaro na presidência da República, com o conto da mulher que encolhia, é perfeito”

    Famigerado vibra: Altamir, você sabe e mostra que o rei está nu.

    Gonzaga lembra a Berto da tática gramscista.

    Marchió diz que temos agora DOIS GOIANOS.

    Berto lembra a Carlos: “Somos apenas um espaço aberto e democrático, onde cabem todas as opiniões e tendências.

    Sancho, muito menos equipado de inteligência que todos os acima citados, lembra vagamente (maldito Alzheimer) de um conceito psicológico do complexo do pombo enxadrista, síndrome do pombo enxadrista ou complexo do pombo xadrezista que ouviu certa feita de Martha Grelo Duro, uma puta das estradas que meu velho caminhão percorria.

  11. O nosso futuro presidente Sergio Moro saiu na hora certa.
    Depois da sua saída, a merda está fedendo cada dia mais forte,
    por todos os lados, Gov.federal., congresso, judiciário etc.
    A quadrilha da oposição que sempre foi fedida, está exalando
    golpe, corrupção e bosta fétida que sai diariamente da boca
    suja do ladrão, ex presidiário, solto por obra e graça dos seus cumpadres
    agradecidos.
    como disse o cartunIsta expunholz , numa charge recente:
    ” ISSO AINDA VAI DAR MERDA ”
    A descarga completa será depois de 2022, com o novo
    presidente Moro. O Bozo se aguentar até lá, estará paralítico, sem
    qualquer chance.
    Tomara, nós precisamos de UM TEMPOI para respirar.

  12. d.matt,

    Goste-se ou não, o inabalável MORO fez, faz e a partir de 2022 fará história no Brasil. Com ele, cadeia deixou de ser lugar para os três P (preto, pobre e puta). Ricos na tranca. Dinheiro da Petrobrás recuperado. Esperanças de um Brasil melhor se aproxima e a petezada bandida ele deixou na cadeia, inclusive o chefe da quadrilha, que o Bolsonaro em acordo com Toffoli e o arrumadinho do STF, derrubaram a segunda instância e soltaram o Seboso de Caetés.

    P.S.: – PALAVRAS DE SÉRGIO MORO QUE TEM O ENDOSSO DE TODAS AS PESSOAS QUE AINDA TÊM DIGNIDADE E VERGONHA NA CARA: “O Brasil pode se orgulhar que um dia ainda ficará dentro da lei, enfrentando seriamente a corrupção. Até porque, a vergonha está na corrupção, não na aplicação da lei.”…

  13. O dr Sergio Moro, não foi talhado para as lutas políticas. Errou na sua avaliação ao acreditar nas promessas feita por um oficial de baixa patente da reserva não remunerada , político por mais de trinta anos, um galinho de briga que jamais saiu do baixo clero..

  14. De acordo com o jargão das interwebs, temos o “bolsominion” (vulgo fanático do Bolsonaro).

    Porém, desde 1979 temos os “lulaminions”.
    Por fim, em meados de abril de 2020, os “morominions”.

    Já tinha visto como arquétipo do primeiro o Cegueta Seboso.
    Agora, do último, vejo como primeiro exemplar o autor desse cordel mal-sucedido.

    O primeiro adora aquele que foi de melhor presidente de todos os tempos a multi-réu condenado em três instâncias em um processo, em duas noutro e que nunca se desvencilhará da malha da justiça em vida exceto se tiver tomado o elixir da vida eterna.
    O segundo adora um tipo mais modesto: foi de jurista herói do Brasil e garoto-propaganda da luta contra a corrupção a mero colunista de espaços decrépitos como “Revista Crusoé” e o site “O Antagonista”.

    Cegueta Seboso e Árvore de Natal: dois adoradores de entidades em queda livre.

Deixe uma resposta