MARCELO BERTOLUCI - DANDO PITACOS

A economia é uma ciência social; baseia-se no comportamento do ser humano. Se houvesse vida em Marte, talvez as leis da economia lá fossem diferentes daqui. Por outro lado, alguns fundamentos da economia se baseiam em pura lógica, e são simples de entender (menos para quem tenta entender a economia a partir de uma ideologia política).

Um exemplo: é melhor morar em um país com moeda forte ou moeda fraca? É quase instintivo pensar que moeda forte é bom. E é verdade, menos para certos políticos. Eles argumentam que uma moeda fraca favorece a balança comercial. Mas o que isso quer dizer?

Uma moeda fraca favorece as exportações porque faz os produtos ficarem mais baratos no exterior. Ora, isso é o mesmo que dizer que baixar os preços aumenta as vendas, ou que trabalhar por salário menor aumenta as chances de emprego. É verdade, mas a que custo? Uma empresa que reduz os preços graças à boa administração e alta eficiência está no caminho certo, mas quem reduz preços porque só assim consegue competir está no caminho da falência.

O objetivo de produzir é ganhar dinheiro, e o objetivo de ganhar dinheiro é poder comprar o que se quer. Então, qual a vantagem de vender muito graças a um câmbio desvalorizado, se com o dinheiro que ganhamos não podemos comprar nada? Ah, podemos comprar no mercado interno. Ou seja, podemos comprar de quem está tão desvalorizado como nós: o sujo negociando com o mal-lavado.

Outra coisa importante: se um produto é comercializado no mundo inteiro, desvalorizar o câmbio encarece o produto na moeda local. Fica mais fácil de entender com um exemplo: O preço internacional de determinado produto é dois dólares o quilo. Isso dá 7,60 reais, com o dólar a 3,80. Se o produtor vende aqui, recebe em reais, 7,60. Se exporta, recebe em dólares lá fora e é obrigado pelo governo a trocar por reais). Aí o Ciro Gomes ganha a eleição e leva o dólar para 6,00 reais. Agora o produtor que exportar recebe os mesmos dois dólares por quilo, mas troca por 12 reais. Por quê ele venderia por menos que isso no mercado interno? Não venderia, é lógico. Consequência: ou o preço aqui sobe para 12 reais, ou vai faltar produto. Provavelmente o presidente Ciro vai inventar um jeito de fazer o governo controlar ainda mais a economia para “resolver” a situação. Cada vez que o governo se mete para resolver um problema, cria outros dois ou três, e é por causa das milhares de “soluções” que o governo inventa que a economia brasileira está como está.

Recapitulando: enfraquecer a moeda pode aumentar a quantidade de exportações, mas com prejuízo, porque o valor recebido compra o mesmo que antes (tanto no mercado externo como no interno). É trabalhar mais para ganhar a mesma coisa.

Deixe uma resposta