CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Dom Luiz Berto:

Veja só o que está acontecendo com a Espanha (agora, novamente, sob um governo socialista-comunista), que – como todo o governo desse tipo – está fazendo todos os espanhóis tomarem diuturnamente no fiofó, e se refletindo na natalidade cada vez mais baixa, pois os mesmos estão seguindo o seu exemplo e criando uma nova moda.

Daí porque o governo esquerdopata de Pedro Sánchez – do PSOE (Partido Socialista Operário Español), com apoio de seus aliados, desde o fim do ano passado, lançou em toda a midia uma campanha urgente com o lema “POR AHÍ NO, BRIBÓN, ou seja, “POR AÍ NÃO, SACANA”.

Isso, por exemplo, tem provocado várias declarações como:

“Vendrán tiempos mejores y entonces nos animaremos a usar el ano. Pero la situación actual requiere sacrificios, y este es uno de ellos”. [Ministra da Saúde, Maria Luisa Carcedo]

“…, la cifra de bebés nacidos por la práctica del sexo anal es cero. Es importante que volvamos a la penetración vaginal si queremos subsistir como especie. La concepción no entiende de modas”. [Rodrigo Villas, Chefe do Departamento de Ginecologia do hospital “Gregorio Marañón” de Madrid]

Além dessas, as redes sociais também estão fazendo a sua parte em fomentar a natalidade, como as mensagens abaixo na conta do twiter @malditobulo, que se dedica a acabar como boatos (“bulos”):

“Esto no es un bulo: si quieres hijos, di adiós al culo”.

“El chiquito arrasó la madre patria”.

“Aleluya. No más por el orificio de Satanás”.

Também há as gozações:

“A falta de anticonceptivos bueno es el chiquito”.

“Me encanta lo educado del artículo “orificio preferido para el coito””.

“Miss España tiene que ver con eso también “. (referindo-se ao fato que a Miss é um homem, um transgênero)

É claro que isso repercutiu nos demais jornais europeus, com se vê na charge do “The Guardian”, um popular jornal inglês:

Um abração,

Desde o Alegrete – RS,

R. Arretada esta manchete que você nos mandou, meu caro:

“Governo afirma que o culpado pela baixa natalidade na Espanha é o Cu”

Vôte!!! Danô-se!!!

As espanholas estão botando mesmo o furico pra trabalhar.

Isto me trouxe uma ideia à cabeça…

Trata-se de uma alternativa pra xingar os felas-da-puta daqui do Brasil.

Vou passar a mandá-los todos a “tomar nel culo”!

Deixe uma resposta