ACHICANALHAMENTO BANÂNICO

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, enforcou a semana, suspendendo o julgamento de prisão após condenação em segunda instância, a pretexto de sediar um seminário das Altas Cortes do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

O STF deveria se espelhar nos demais países do grupo: nenhum deles proíbe e tampouco rediscute prisão após a segunda instância.

Cada país do BRICs julga crimes segundo a gravidade. Nenhum deles adota regras que dificultam a prisão de corruptos condenados.

Toffoli disse que o ministro chinês se impressionou com o volume de ações do STF.

Claro.

Lá, a Justiça não permite a chicana à brasileira.

* * *

Essa expressão contida na notícia aí de cima, “chicana à brasileira“, pode ser constatada aqui no JBF.

Diariamente a chicanagem a favor de corruptos, sobretudo corruptos lulo-petistas, abunda no espaço dos comentários desta gazeta escrota.

Aliás, o verbo “abundar” se casa admiravelmente com a defesa que é feita de Lapa de Corrupto: só sai merda.

O chicanista Zanin ao lado do seu milionário achicanalhado

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta