A PALAVRA DO EDITOR

Eu disse ao Editor do Jornal que esta semana, para evitar as costumeiras polêmicas envolvendo o cenário político brasileiro e deixar assim de mexer com os brios dos defensores do nosso desastrado e desastroso governo, eu escreveria sobre cosmogonia, criação de pintassilgos ou a bacia hidrográfica da Croácia.

Mas… não dá.

Todos se lembram que alguém já disse que esse é um governo de malucos.

Outros afirmam ser de burros.

E baseiam-se em enredos escalafobéticos que garantem que a Terra é plana, que meninos se vestem de azul e meninas de cor-de-rosa, que índios têm terra demais, que quilombolas são gordos e preguiçosos, que pais devem dar embaixadas para filhos, que ninguém se queixa de incêndios na Austrália mas reclamam das queimadas na Amazônia, e assim por diante.

Quando estamos prontos a aceitar que tudo isso é bobagem, em face de um assombroso milagre econômico e que o que interessa mesmo é a bolsa de valores batendo recordes nas alturas e sermos afagados por Donald Trump, vem um ex-Secretário da Cultura, a custo tirado do cargo, apesar da burrice de fazer um discurso com frases tiradas de Goebels, afirmar,em seguida, que a sua demissão foi fruto de uma ação satânica.

Bom, não fosse suficiente, vem logo depois o super-ministro da economia perante o mundo inteiro, no palco de Davos, na Suíça, garantir que a degradação ambiental do Planeta não tem nada a ver com os ricos americanos e chineses queimando combustíveis e fabricando fumaça e gases tóxicos, não! Quem causa os prejuízos ao meio-ambiente são os pobres, que destroem a natureza porque precisa comer.

As surpresas não param e a semana se completa com a namoradinha do Brasil noivando com o Presidente da República, que é um homem casado!

No meio de tanta doideira, talvez (pomos a mão no queixo) nos tenham levado a crer que o comunismo ia tomar conta do País; e na verdade não ia nada.

Quem sabe era mentira que o BNDES estava a serviço da implantação do socialismo no Brasil; ou, ainda pior, servia para que a esquerda beneficiasse empresários amigos, sabe-se lá com quais finalidades, para encher-lhes a burra de dinheiro: E era mentira mesmo!

A estas alturas já até desconfiamos que não foi a corrupção que quebrou o Brasil e que a Lava-Jato aproveitou-se dela para servir a fins políticos – de desestabilizar um grupo para pôr outro grupo no poder.

Aí a gente começa a pensar que não é tão simples como querem nos convencer: de que desde que o governo encha os cofres de dinheiro, que o mundo venha investir aqui e que as fábricas comecem a produzir está tudo bem.

Não, não está tudo bem: asnos não deixam de ser asnos simplesmente porque seus cochos estão cheios.

45 pensou em “A VACA ESTÁ INDO PARA O BREJO DE BARRIGA CHEIA DE CAPIM

  1. Terminou muito bem Goiano: asnos não deixam de ser asnos…exemplo perfeito para LULLA, que nunca deixou de ser asno, mesmo com o cocho cheio, mas de dinheiro roubado.

    • Carlos, uma das coisas a que a Polícia Federal, o Ministério Público,o Juiz Moro, o Gebran e toda a casa do caralho tiveram de se curvar foi com o fato de que após debulharem a vida financeira de Lula de alto a baixo não conseguiram encontrar um puto de um tostão de fonte ilícita nas contas dele, nem no Brasil, nem no exterior, nem em poder de laranjas, nem enterrado no quintal.
      Todo o proveito de Lula dos alegados bilhões corrupados foi de uns três milhões do apartamento e do sítio, enquanto os demais ladrões comandados por ele levaram centenas de milhões de reais, é mole?

      • Exatamente Goiano. Já vi por aí um resumo na internet, acho que de formal de partilha ou inventário de uma tal de Marisa, que vendia Avon, de porta em porta, também Anway, também Polishop e se tornou esmeralda, ametista, diamante (desculpe, diamante era a Rosemary Noronha) sei lá, mas a mulher era o cão chupando manga e ficou milionária, tanto é que tinha um triplex no Guarujá, um sítio em Atibaia, duas coberturas em Santo André, um apartamento para o filho nos jardins, e um omega e uma ranger que eram a cereja do bolo. Fora os litros da cachaça havana ou anísio santiago estocados. Fora as jóias e lembranças do Alvorada também estocados em cofres particulares. Fora os onze caminhões de mudança que saíram do Alvorada. Realmente, nada do Lulla foi adquirido de maneira ilícita. Vai ser tudo herdado da mulher, vendedora da avon, é mole ?

        • Carlos, és o mestre da desinformação e da falácia:
          1) Como desinformado, falas do inventário de D.Marisa, que somoou onze milhões de reais, inventário esse cujo o qual a quase totalidade são os bens do Lula trazido ao monte do casal. Desses onze milhões, sete milhões referem-se a recebimento de Lula como parte dos vinte e três milhões auferidos pela LILS em palestras, palestras cuja as quais (antes que digas bobagens) foram consideradas regulares e isentas de ilícitos.
          2) Não se deve atacar a honra das pessoas por fuxicos: essa conversa de Rosemary é de comadres. Pode ser que sim, mas falar por ouvir dizer é bocarrotismo.
          3) A mulher de Lula comprou uma cota de um apartamento no Guarujá, paga em um zilhão de meses, graças à qual deu o que deu, sendo que, como consta de reportagens sobre o assunto, a notícia que a Globo deu, muito antes do rebuceteio, de que o apartamento de cobertura era do Lula, decorreu de um erro de informação da assessoria no Palácio do Planalto (sabe disso quem realmente procura se inteirar a fundo dos assuntos).
          4) Pelo visto. Dona Marisa não ficou milionária vendendo Avon, quem ficou milionário dando palestras foi o Lula,
          5) Nem a justiça garante que o sítio de Atibaia pertence ou pertenceu a Lula; o que a justiça pensa é que os favores ali feitos pelas empreiteiras foram dirigidos ao Lula.
          6) Os bens de Lula, salvo o dinheiro ganho são modestos, para um ex-presidente da república.com palestras,
          7) As jóias a que te referes foram presentes recebidos pelo Lula quando presidente da república.Os presentes são regulados por lei. Os que o setor próprio do Palácio do Planalto entregou ao Lula e que não devia entregar, a Justiça mandou que fossem incorporados ao patrimônio público.
          8) Os onze caminhões, a maior parte de tralha (cartas e lembrancinhas) foram entregues ao Lula nos termos da lei. O governo não quer arquivar coisas que não têm interesse público, daí ter feito a lei que manda que um setor próprio do Poder Executivo relacione o que deve ficar com os ex-presidentes. Isso foi feito e os bens foram depositados no Instituto Lula, salvo os que foram para depósito no Banco do Brasil, por representarem valores mais altos (alguns voltaram à União)
          9) Os automóveis de Lula que tu consideras “a cereja do b olo” são na verdade dois veículos, um de 2010/2011, um Ômega lançado no inventário por 57 mil reais, e uma Ranger 2013 de 105 mil reais. Meu vizinho, que vende cachorro quente na rua, tem dois carros que valem mais ou menos isso.
          10) Ora, vai se informar, ora porras: https://www.boatos.org/politica/inventario-dona-marisa-do-nada.html

            • Carlos, falas por falar, o que vem da tua cabeça, mas não te informas. Cartas e lembrancinhas é um modo de dizer que os 11 caminhões são de coisas sem valor para o Estado. O acervo inclui livros, fotos, canetinhas, chaveiros, milhares de espécies de coisas, e até cocar de índio, de modo que o departamento do Executivo que faz a relação não quis ficar com um cocar de índio mas tu podes reclamar disso com o governo.
              Deves saber que Lula não foi condenado por alguma empreiteira ter pago o depósito de bens no Banco do Brasil, embora tu o condenes, o que indica que tu sabes de coisas que outros não sabem. Se queres saber, tem milhares de reportagens publicadas por aí que informam sobre essa questão mais que superada e que uns insistem em ficar remoendo, remoendo, remoendo…
              https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/03/11/o-que-um-presidente-pode-levar-dos-palacios-quando-seu-mandato-termina.htm

              • Primeiramente, para mim UOL não é referência de imparcialidade. Segundo: não foi depósito de bens no BB que a empreiteira pagou, sabes muito bem e procuras disfarçar. Foi um depósito para onde foram parar as caixas de onze caminhões carregados de canetinhas, santinhos, calendários, cocares, chaveirinhos e que, em todas as caixas estavam escritos os lugares de destino: sítio, praia, sítio, praia. Goiano, larga de ser abestado.

                • Carlos, a gente precisa de imparcialidade quando a imparcialidade é necessária, porra.
                  Seo UOL dá uma notícia de que o transporte dos 11 caminhões contendo 335 mil cartas, 8 mil quadros e peças de artesanato, 9.697 fotografias e vídeos, 9.027 livros, um conjunto de taças de prata da rainha Elizabeth, da Inglaterra, um capacete de Ayrton Senna, 590 bonés e mil camisetas,sendo 85 delas de times de futebol, e outros 8.517 itens, incluindo cocares de índio, para quê precisas de imparcialidade, porra?
                  Para que necessitamos de imparcialidade para conhecer a lei que trata da entrega dos pertences aos ex-presidentes?
                  Para que tenho de querer imparcialidade se o UOL disser, por exemplo, que o transporte dos bens do Lula em onze caminhões foi pago pelo Estado?
                  Esse negócio de toda vez que se dá o UOL como fonte alguém dizer que não confia no UOL é um saco de falaciosidade, de quem quer matar a conversa sem ir ao mérito (nem vou falar sobre isso porque foi o UOL que noticiou…).
                  Pois bem, todas essas mesmas notícias foram dadas por uma porrada de jornais, inclusive Folha, Globo e Estadão: agora está bem para ti?
                  Pois bem,: o que a OAS pagou foi o transporte de oito contêineres de bens pessoais da mudança de Lula e o armazenamento de parte desses bens, a respeito do que não houve apuração de irregularidades e ilícitos (não se constatou que os favores feitos pela empreiteira tenham tido “contrapartida” por Lula em atos ilícitos.
                  Não consta que algum dos bens tenha sido colocado no triplex.
                  Posso ser abestado, mas sou um abestado informado (não sou informado pela imprensa, eu me informo pela imprensa).
                  Andas em círculos em torno de tuas próprias crenças, o que se torna uma prisão.

  2. E não é que o Goiano acha que a expressão “estamos noivando” entre Bolsonaro e Regina Duarte era literal?

    Alertou que o PR é casado!

    É, realmente os asnos continuam asnos mesmo com o cocho cheio.

    • É a única observação que tens a fazer sobre o texto, João Francisco? Não percebeste que a relação entre namoradinha, noivado e casamento serviram para mostrar como os dois se casam tão bem que até usam o mesmo tipo de figuras de linguagem para se expressarem?
      Mas, o que achaste das demais manifestações de burrice referidas no texto?
      Nada?
      Estás feliz com essa maravilha de governo e seus iluminados componentes, que agora incluem mais uma aparentemente estrela da extrema-direita na Educação?
      Tá na cara, como disse o Ministro Álvaro Simões, que vai dar merda.

    • Ele dever comparado Lulla e Rosemary Noronha ou Lulla, e Janja, relação que já vinha de tempos (coitada da finada) e tantas outras quengas do senhor mais honesto do país.

          • E a conversa da Rosemary então não era de comadres, ou bocarrotismo ??? E a Janja, aquela que o empresário de Ponta Grossa foi fiador do ap. em Curitiba, por solicitação do capiroto ? Comadres também ?

            • O fato de existirem comadres que fazem conversa de comadres não significa que estamos todos liberados para fuxicar.
              A gente não está com a revista Caras na janela para ninguém ficar passando a bunda nela.

          • Todo homem é safado, se não pula a cerca por falta de oportunidade, pula a cerca mentalmente.
            Mas, é claro, há homens fiéis e mulheres idem, porém o fato é que os políticos são muito assediados, como os artistas, e muitos não resistem às tentações.
            Contudo, uma infidelidade conjugal não torna John Kennedy menos estadista, nem Roberto Carlos pior cantor.

    • Roque, boa pedida:em vez de falarmos de política, que nos acirra tanto os ânimos, podemos discorrer sobre tempestades de metano:
      VOCÊ SABIA QUE
      Das significantes quantidades de metano produzidas por gado nem tudo é pela peidação flatulenta, como é erroneamente pensado, pois 50% são produzidos no processo de ruminação?
      JBF também é cultura, de modo que aquela tua crença de que o perigo do metano para os buracos negros vinha somente do peido das vacas caiu por terra, ou melhor, sumiu nos ares.

    • Fernando, tua escola filosófica é comandada por Olavolhe o Carvalho?! Aquele da Terra Plana?! Cuidado, tem um comunista debaixo da tua cama!

    • Beni, aí usaste a comparação pelo contrário do seu inverso: ladrão sem dinheiro é asno. Asno sem comida no cocho continua sendo asno. O ladrão com muito dinheiro é a perfeita encarnação do ladrão, pois é próprio dos ladrões possuírem bens, os roubados. É como a lógica simplificada de que passarim tem asa e voa e como xícara tem asa deve voar também. Não sei se estás conseguindo acompanhar o raciocínio.

  3. O Bolsonaro é um asno a Regina Duarte não deve assumir a Secretaria da cultura.
    Mas um presidente que:
    a) teve uma gerentona que só tomava decisões baseadas em relatórios mal feitos e que depois foi eleita para ser um poste e depois achou que devia ser uma usina termo-elétrica;
    b) um ministro de esportes que utilizava o cartão corporativo para pagar refeições e diárias de hotéis inclusive para familiares;
    c) um ministro da educação que depois também foi ministro da justiça e defende até hoje um terrorista condenado;
    d) uma assessora da presidência que está condenada e cujos advogados não são pagos por ela;
    e) um ministro-chefe da Casa Civil condenado por corrupção ativa e depois condenado também por corrupção passiva, recebimento de vantagem indevida e lavagem de dinheiro;
    f) um ministro da fazenda que renunciou ao cargo após ser acusado de ter cobrado “mesadas” quando era prefeito;
    deve ter competência para criticar as indicações do outro.
    Não esquecendo que ele também foi condenado em 3 instâncias atendendo a solicitação do juiz Moro que foi treinado pela CIA para impedir o Brasil de ser um país do 1º mundo igualzinho à Cuba, Coréia do Norte, Angola, Venezuela e quem sabe até a Russia.
    O povo não entendeu que se tivesse eleito o Andrade já seria um país melhor que o Paraguai e a Argentina quem sabe estivesse com uma democracia igual à Venezuela!

    • Chatonildo, entendo: queres dizer que em face de tudo isso que expões podemos perfeitamente ter um asno na presidência e uma namoradinha do Brasil no Ministério.
      Tá oquei.
      Devo esclarecer que não sou contra a escolha de uma artista para a Cultura, pode ter tudo a ver, ou não, tá aí o Gilberto Gil que não me deixa mentir.
      Mas confesso que Regina Duarte casa bem com o governo de Jair Messias Bolsonaro, pois parece que teremos na Secretaria da Cultura (ou Ministério, veremos) uma direitista do rabo grosso.
      Ou seja, se merecem.
      Os eleitores, idem.
      Bom proveito.

  4. Parece que achas que o presidente atual deve solicitar ao ex-presidente ex-presidiário que lhe indique quem deve ser colocado nos cargos, de preferencia que tenha uma capivara condizente. Tipo o Zé Dirceu e outros.

    • Aí tu tás com a razão, Chatonildo: quem tem de indicar para os cargos é o presidente da república Jair Messias Bolsonaro e ele deve indicar quem esteja com afinidade com suas ideias burras e malucas, o que cria um problema de avaliação de pessoas como o ex-juiz Sérgio Moro, atual Ministro da Justiça, como Paulo Guedes da Economia, como Damares, como Ernesto, chiiiii tamo é fudido mesmo

      • Ué, qual o problema? O ex-presidente ex-presidiário, que é o maior honesto do universo, indicou um monte de gente que fez desonestidade e ele continua defendendo até hoje. Não esquecendo que quem decidiu confessar os crimes e ele considerava honesto passou à ser desonesto

        • Nenhum problema, Chatonildo, a não ser que brevemente teus ídolos de pés de barro estarão todos desmanchados na areia do tempo. Não há biombo nem tapa-olhos que consiga esconder a burrice e a maluquice por quatro anos.

  5. Coitado do Goiano, acabou de acordar de um longo período de coma (desde 2011), e só consegue ver as besteiras produzidas no governo Bolsonaro, aí não tem tempo e talvez inteligência para poder criticar o que realmente está sendo feito pelos ministros que realmente vale a pena.

    • José Crente, a questão é que os avanços da economia não estão alinhados com as políticas sociais que as esquerdas defendem. Esse modo de pensar a economia é comparável ao rabo dos burros, que crescem para baixo.

  6. Meu caro Goiano, vocês perderam a eleição, o governo que ganhou a eleição, não nomeia ministro para agradar a corja esquerdista que perdeu a eleição. Relaxe, espere a próxima eleição para presidente, e torça para que as esquerdas apresentem um candidato que convença a patuleia , se conseguirem voltar ao poder, nomeiem seus ministros, mas, enquanto isso, parem de encher o saco e achar que está tudo errado, Sé a patuleia tiver um pouquinho de discernimento, a esquerda burra, invejosa, mal amada e asquerosa jamais voltará ao poder, para o bem geral do Brasil.

    • Paulo, assim como Chatonildo, estás ca–rre-gado de razão! Quem tem de nomear para os cargos é o presidente da república Jair Messias Bolsonaro, cujo o qual escolhe a dedo quem seja capaz de levar adiante a doideira e a obtusidade de sua dele cabecinha oca.

  7. ***
    Você está sendo até caridoso com este governo. Tenho lido críticas a ele até em sites protofacistas. Criticaram, por exemplo, o 1,3 milhão de bonus que um general seu a custa de Itaipu ou o fato de Bolsonaro querer arranjar um extra de 30% para os militares da reserva no INSS…

    É um momento difícil e complicado. O governo está numa enrascada e luta com denodo para ver se melhora um pouco o quadro.
    Mas, mesmo com muita propaganda, não tem como esconder o fiasco que foi o ano passado. Um PIB fraco, muitos cortes na Saúde, Educação, investimentos. Muita gente perdeu, ficou desempregada ou virou “empreendedor” de Uber… o empreendedorismo de necessidade.

    A carne é exemplo claro de que, por mais que sejam patriotas, se a China pagar mais caro, que se dane a proteína para o povo brasileiro que a produz.
    Para quem não conhecia, este é o mercantilismo. Um sistema desumano, cheio de bolhas financeiras, pirâmides e uma crise econômica permanente, cujo objetivo é destruir a humanidade.
    Será o dólar alto beneficia quem exporta carne para a China?
    Será que o aumento do preço do dólar traz inflação para todos os preços da economia?
    ***
    Por sinal…
    O FED fechou o ano com aumento no balanço e, que surpresa, o dólar subiu por aqui… veja bem, existem mais dólares no mundo e eles sobem de preço em reais. Parece que tem alguém operando este mercado fora da sagrada lei da oferta e procura.

    Porém, a “lux” que se pode esperar é que, a cada dia, está mais próximo o crash desta bolha de ativos alimentada com Q.E.’s e muito cinismo.
    E o papôco vai ser grande.
    O sistema atual já está morto e putrefato, só falta o defunto pocá.

    Não tem como salvar mais, mesmo com todo arrocho que querem implantar por aqui.

    O novo já nasce na economia solidária, na economia circular, no desapegue, no minimalismo e tantas iniciativas nobre e benéficas que, infelizmente ainda são combatidas pela plutocracia global.

    No entanto, recordemos que depois das trevas vem a luz.

    Memento post tenebras lux.
    *

  8. Pois, então, Saniasin, acredito que em meio à burrice e maluquice generalizada os semelhantes se encontrarão e os Hangs do mundo, vendo que a política favorece o rendimento do capital, que a sociedade está contida, quietinha, em casa, rezando o terço, sem espaço para sem-terras ficarem querendo reforma agrária e outras coisas que atrapalham a segurança do capital, os capitalistas ficarão mais certos dos seus lucros e sem medo de perdas, clima que pode favorecer a criação de empregos, ao aquecimento da indústria e do comércio, ambiente que por vezes tem sido chamado de capitalismo selvagem e vamos ver no que vai dar. Seé que vai dar.

  9. ***
    Não vai dar.
    A hegemonia americana está ameaçada, até no bananistão.
    A Vale fechou acordo precificado em iuan para oferta de minério de ferro à chinesa HBIS, noticiou a Reuters ontem.
    O dólar faz água.
    É que o Trump é uma Dilma alaranjada e pensa que pode ressuscitar políticas protecionistas e substituir a diplomacia por armas.
    O cara e a turma dele estão no século passado.
    ***
    Por aqui o Guedes quer fazer a política do Delfim de dólar alto a fórceps, para beneficiar exportadores. Um erro que a história registra.
    Ocorre que o empresariado bananiano, no tempo do Ministro Delfim, ficou acomodado na facilidade e atrasado no tempo, o que acabou por acentuar a desindustrialização e incentivar as importações.
    Atualmente, a rapaziada se sente autorizada a especular sem pejo criando um clima de instabilidade fictício no câmbio o que desestimula decisões empresariais.
    ***
    Se bem que, com automação, quem disse que empresário dá emprego em algum lugar?
    ***
    É fim de feira. E não falo apenas na periférica economia tupiniquim.
    Diante da realidade tecnológica atual o que resta aos seres humanos é prestar serviços uns aos outros, em clima de paz e fraternidade.
    Mas, os serviços não produzem nada que gere valor real.
    O valor é produzido na indústria e na agricultura que estão completamente dominados pelo grande capital.
    Os donos do mundo agora prescindem de trabalhadores em grande número.
    Eles devem estar pensando em como vão exterminar esta multidão de pessoas que não tem e nem geram mais nenhuma valia em termos de capital.
    Kabôsse!
    ***
    O circo político atual é só para ir distraindo os condenados que ainda não acordaram para a realidade que os espera.
    Pode ser que os jovens comecem a construir uma sociedade mais humana e solidária e escapem do triste fim que se desenha no horizonte.
    Queira Deus que sim.
    *

    • Pode ser, Saniasin, pode ser, Deus queira, que os jovens se libertem da geração sertaneja universitária e comecem a edificar um mundo melhor.

  10. pelo tamanho e quantidade dos textos e dos comentários que goiano coloca ele deve ser o maior doador para a manutenção do bf. fico até com vergonha dos cinquentinha que deposito todos os meses

Deixe uma resposta