A REPÚBLICA É UMA MULHER DE 130 ANOS CHAMADA MARIA ADELAIDE

A República está fazendo 130 anos. Ela é uma mulher, mais exatamente chamada Maria Adelaide de Andrade Neves.

Era uma viúva de Porto Alegre por quem Marechal Deodoro se apaixonou quando era chefe militar na cidade. Maria não deu bola para ele, e sim para Gaspar Silveira Martins, um político famoso do Rio Grande do Sul – que é nome de rua.

Pois bem. No dia 15 de novembro, instigados pelos republicanos, Deodoro derrubou o governo que era uma Monarquia Constitucional, e que tinha um chefe de governo: Visconde de Ouro Preto. Deodoro derrubou Ouro Preto e foi para a cama cuidar de uma doença pulmonar.

Os republicanos perceberam que Deodoro, como amigo de Dom Pedro II, não derrubaria o imperador, e foram provocá-lo. Benjamin Constant disse a Deodoro que o imperador estava descendo a Serra, a caminho do Rio e que já tinha nomeado um novo chefe de governo: Gaspar.

Tomado por uma crise de raiva contra Gaspar Silveira Martins, Marechal Deodoro pegou o cavalo emprestado dos Dragões da Independência e proclamou a República. Essa é a história. E a nossa República está carecendo de mais força para a lei.

3 pensou em “A REPÚBLICA É UMA MULHER DE 130 ANOS CHAMADA MARIA ADELAIDE

    • .
      e, e, e,
      e, Pedro I vinha raptando a senhora dona Inocência.
      quando lhe acometeu a DIARRÉIA (não confundir com a maria-do-rosário),
      a raptada ensaiou uma fuga.
      o “prinspo”, com as calças nas mãos, sem poder reagir, pôs-se a gritar:
      “Inocência, vorte! “Inocência, vorte!”.
      os babÃO que o acompanhavam entenderam diferente !!!

Deixe uma resposta para Carlos Haroldo Abreu Cancelar resposta