A JUSTIÇA QUE ELE DEFENDE…

Comentário sobre a postagem JOÃO FRANCISCO – RIBEIRÃO PRETO-SP

Airton:

Mandei um vídeo para o blog onde o ministro Barroso mostra claramente o que é o transito em julgado.

Um assassinato cometido em 1991 até 2016 não tinha sido concluído, e não por demora do judiciário em julgar, mas porque o réu entrou ao longo do tempo com cerca de 20 embargos.

Quando cessar os embargos ele sairá livre por ser inocente?

Não, talvez saía por prescrição da pena.

Essa é a justiça que você defende.

* * *

Vídeo sobre a prisão após a 2ª instância, com uma atenção especial ao relato do ministro Barroso aos 9’40”.

2 pensou em “A JUSTIÇA QUE ELE DEFENDE…

  1. vendo varias aulas sobre embargos infrigentes e prisao em segunda instancia algumas delas proferidas nolargo de sao francisco considerada a melhor faculdade de direito do brasil , fica claro que os embargos infrigentes ,nao da direito a liberdade , visto que estes ja nao contestam as provas mas sim apenas uma virgula ou uma pronuncia mal proferida , visto que as provas sao analizadas na prinmeira instancia , ou ate na segunda instancia onde e a corte recursal …o que contraria totalmente a falacia do goiano de que os pupilos dos mecenas corruptos elevados a cargos da mais alta corte ou nao teem o amplo saber juridico , ou entao nao passam de juizescorruptos e cumplices de corruptos e criminosos.

Deixe uma resposta