ARISTEU BEZERRA - CULTURA POPULAR

Ivanildo Vila Nova é um dos maiores nomes do admirável mundo do repente. Seu trabalho se destaca pela sagacidade dos seus versos, pelo poder de síntese de seus improvisos e pela variedade de temas abordados. Ele cresceu acompanhando seu pai, o famoso repentista José Faustino Vila Nova, pelas noitadas de cantoria.

No ano 2000, foi eleito o Cantador do Século XX, concorrendo com ícones da cantoria de viola como Cego Aderaldo (1878-1967), Dimas Batista (1921-1986) e Pinto do Monteiro (1895-1990), em rigoroso processo de votação conduzido pelos líderes das Associações de Cantadores do Nordeste, os apologistas (incentivadores) da Cantoria e os próprios cantadores.

Certa vez, Valdir Teles desafiou Ivanildo Vila Nova numa cantoria, provocando-o pelo fato de ser filho de repentista, e concluiu sua sextilha com estes versos:

Eu não herdei de ninguém
Você ganhou de seu pai!

Ivanildo repreendeu com criatividade e bom humor:

Mas não é nome de pai,
Que faz ninguém trovador;
Eu tenho um irmão fotógrafo,
Tenho outro agricultor,
Tenho um que é cachaceiro,
Tem raiva de cantador.

Deixe uma resposta