DEU NO JORNAL

Rodrigo Constantino

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta admitiu que pode ser candidato a presidente da República daqui a dois anos. “Em 2022, eu vou estar em praça pública lutando por algo em que eu acredito”, afirmou ele em entrevista ao Programa Ponto a Ponto, do canal BandNews TV.

“Se o Democratas [o DEM, partido ao qual é filiado] acreditar na mesma coisa, eu vou. Se o Democratas achar que ele quer outra coisa, eu vou procurar o meu caminho. Eu vou achar o caminho. Como candidato, ou carregando o porta-estandarte do candidato em que eu acreditar. Mas que eu vou participar ativamente das eleições, eu vou”, seguiu Mandetta.

Em conversas sobre as chances de uma chapa com Sergio Moro para 2022, Luiz Henrique Mandetta tem dito que toparia a composição, mas com ele como candidato à presidente e o ex-ministro da Justiça, como vice.

Segundo pessoas que falaram com Mandetta sobre o tema, ele justifica o formato com o argumento de que tem mais experiência política e que Moro foi inábil, politicamente, em sua saída do governo. Mandetta tem dito que teria um perfil mais adequado para liderar um processo eleitoral.

Em entrevistas recentes, Mandetta não descartou uma dobradinha com Moro e emendou um “vai que rola”. Ambos também fazem acenos mútuos nas redes sociais.

Pois é: vai que rola, né? Mandetta usou a pandemia como palanque eleitoral, a ponto de eu te-lo apelidado de Rolando Lero na ocasião (o que me rendeu um block seu no Twitter). Muitos, para atingir Bolsonaro, enalteceram seu papel na crise. Ele era a “ciência, ciência, ciência”, contra o “obscurantismo sociopata” do presidente.

O problema é que o político ortopedista parece ter acreditado no troço! A megalomania é tanta que ele quer ser o cabeça da chapa, com Moro como seu potencial vice. Vejam que até Mandetta dá uma desprezada no potencial político do ex-juiz e ex-ministro.

A egotrip do Mandetta, que nem será lembrado direito em 2022, é impressionante. Ele tem feito de tudo para se manter sob os holofotes da mídia, mas ainda pega carona na inércia da crise e o no desejo dos jornalistas de atingir o presidente. Com o passar do tempo, porém, a tendência é Mandetta cair no esquecimento.

Nas bolhas do Beautiful People a dupla faz ainda o maior sucesso, com postagens um tanto “lacradoras” nas redes sociais. Para o povo, contudo, a imagem não é das melhores. Forçaram demais a barra no oportunismo e na tentativa de parecer sensíveis contra um ex-chefe “troglodita”.

Imaginando uma chapa dessas, para ocupar o espaço do “centro isentão” que, na prática, mostra-se um tanto traidor das bandeiras vencedoras nas urnas, só posso parafrasear certo professor papagaio: a derrota seria pujante, acachapante e tal…

9 pensou em “A EGOTRIP DE MANDETTA

  1. Mandetta e Moro. Moro e Mandetta. A dupla M&M.

    Eles se merecem, são farinhas do mesmo saco.

    Egos imensos, já estiveram no topo.

    A ciência e a Justiça, não tem como dar errado.

    Só tem um pequeno detalhe: Adivinhem o que acontecerá juntos?

  2. Constantino, a eleição é só daqui a dois anos, até lá muita água vai rolar debaixo da ponte.

    Em 2016 você apostaria numa vitória do Bolsonaro?

    Supondo que o Bolsonaro seja abatido pelas fake news ou pelas rachadinhas, em quem você apostaria? Em 2 anos candidaturas se constroem e se destroem.

    Não sei se a chapa Morodetta sai, mas é cedo para qualquer prognóstico. E se sai uma chapa Rodrigo Maia apoiado pelo Centrão?

    Tudo é possível nestes dois anos.

  3. Se o Moro não tivesse cometido o suicidio público ele seria um forte candidato. O STF e a corja vai tentar cassar o Bolsonaro até o final do ano, a guerra vai ser pesada. Se isso não acontecer, qualquer candidato pode tirar o cavalinho da chuva. Restará a manipulação das urnas eletrônicas, só com elas poderão mudar o rumo dessa história.

  4. O que tem de mais?
    Qual a diferença entre Mandeta, Moro, Bolsonaro, Dilma, lula, a Turma da Xuxa, Hebe Camargo, Derci Gonçalves, um tal de Adonis, Altamir…
    Que diferença faz?
    Essa republiqueta de merda é uma nau sem rumo mesmo, desde…
    Desde quando mesmo??????
    ????????????????????????????????????????????????????????????

  5. Será que a ilustre e ilustrada imprensa banânica não entendeu ERRADO a afirmação do Mandetta? Talvez o que ele tenha dito verdadeiramente era “vai ter rôla”, com o que ele entraria na ilustre lista do Roberto Jefferson, fazendo companhia aos já mencionados à farta e muitos outros que devem estar se babando por uma citação dessa ordem!!!
    Vai lá, Roberto.
    Acolhe mais esse…

Deixe uma resposta