DEU NO JORNAL

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (31) a 62ª fase da Operação Lava Jato.

Esta nova etapa mira o pagamento de propinas disfarçadas de doações eleitorais e operações de lavagem de dinheiro feitas pelo Grupo Petrópolis, da marca de cerveja Itaipava.

O presidente do Grupo Petrópolis, Walter Faria, é um dos alvos, mas até as 11 h ainda não tinha sido localizado.

Segundo o Ministério Público Federal, as irregularidades vinham sendo investigadas desde 2016, mas após a quebra do sigilo bancário dos investigados, notou-se que contas ligadas a Faria no exterior continuaram sendo movimentadas em 2018 e 2019.

* * *

O foragido Walter Faria, Presidente do Grupo Petrópolis, é um cabra muito bem apessoado.

Vejam ele nesta foto aí embaixo, à direita, de camisa azul, sorridente e garboso

Como empresário competente, Walter Faria investe pesado em publicidade, contratando garotos-propagandas que dão um retorno à altura do cachê que cobram.

Vou fechar a postagem transcrevendo uma nota da página O Antagonista, sempre certeira e incisiva.

Foi publicada em outubro de 2015.

Vejam:

O FILHO DE LULA É ITAIPAVA

É natural que a cervejaria Petrópolis, que produz a Itaipava, tenha bancado o filho de Lula.

Reproduzimos dois posts publicados sobre o assunto.

O primeiro post:

Lula salvou Walter Faria, o dono da Itaipava, da falência, concedendo-lhe empréstimos escandalosos por meio do Banco do Nordeste.

Mas Walter Faria também salvou Lula.

Em 2006, Marcos Valério chantageou o PT. Ele queria dinheiro para não envolver Lula no mensalão. Walter Faria apresentou-se, então, como o salvador petista. Ele contratou Marcos Valério como seu consultor, com um salário de 200 mil reais mensais, e instalou-o num escritório ao lado do seu.

Se Dilma Rousseff, em 2014, recebeu dinheiro roubado da Petrobras vindo de Walter Faria, o mérito é de Lula. Se ela for cassada por causa disso, o mérito é, mais uma vez, de Lula.

O segundo post:

Lula, em novembro de 2013, ganhou 300 mil reais de Walter Faria para dar uma palestra na Itaipava. Ele deu outra palestra na cervejaria em 17 de abril deste ano.

Na ocasião, Lula disse sobre o Petrolão:

“Quem roubou está sendo preso e não pode ser confundido com outras pessoas”.

O presidente da OAS chamava Lula de Brahma. Ele o confundiu com outra pessoa. Lula é Itaipava.

Deixe uma resposta