DEU NO JORNAL

A sargento do Exército Bruna Carla Borralho foi covardemente assassinada em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, domingo passado, 30 de agosto.

A grande imprensa ignorou o fato e não houve protestos de entidades de mulheres.

Não há campanha “quem matou Bruna?”, nada.

Para essa corja oportunista, é como se Bruna merecesse isso por ser policial.

* * *

A petralha Maria do Bostário, e o resto da canalha zisquerdóide, não deu um pio sobre este covarde assassinato.

E nem a grande mídia oposicionista e bostosa deste país, com suas redações lotadas de militantes vermêios.

A sargento Bruna, que tinha 27 anos, estava rendida e não reagiu.

Ela levantou os braços acima da cabeça quando foi abordada pelo assassino.

E, mesmo assim, foi baleada duas vezes na cabeça pelo bandido.

Os três sobrinhos da militar, de 3, 5 e 12 anos, estavam com Bruna no momento e viram a tia ser atingida.

Eu não queria nem a pena de morte.

Eu só queria mesmo era que fosse aprovada um lei que me desse direito, como cidadão, de ficar frente a frente com um fela-da-puta desses.

Algemado e nu.

E aí…

Ah… Deixa pra lá…

Este sonho irrealizável me deixa puto.

Descanse em paz, Sargento Bruna Carla Borralho Cavalcanti de Araújo!

Minha reverência e minha continência pra você.

Nós, os conservadores da banda decente deste país, já somos maioria.

E vamos crescer mais ainda.

Um dia a gente ainda vai viver num país com um parlamento decente, um supremo sem dejetos sanitários e uma lei penal com prisão perpétua e injeção letal.

Ou, melhor ainda que injeção, com guilhotina.

Um dia a gente chega lá.

37 pensou em “A CANALHA DOS DIREITOS DOS MANOS FICOU CALADINHA

  1. Iria Sancho fazer uma matéria sobre a agitada e fubânica noite de ontem,no Cabaré do Tio Berto mas (lutuoso mas), o momento não é propício, pois muito me entristeceu (é phodda, señores).

    Repito as palavras de nosso mestre, irmão e amigo Berto: Descanse em paz, Sargento Bruna Carla Borralho Cavalcanti de Araújo!

    Sancho, por um bom tempo vestiu a mesma farda que a jovem Bruna e aprendeu a amar as coisas da CASERNA e a admirar seus integrantes.

    Também presto, como Berto, minha reverência e minha continência pra você, Bruna.

    Um BRASIL de merda, sempre a proteger bandidos. É PHOODDA!!!!

    Casos como O DESTA JOVEM me fazem pedir (bradar inutlmente e adônicamenteno deserto) um OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE.

  2. muito triste , muito triste mesmo,meus sinceros sentimentos a familia ,ainda que a imprensa não de a devida repercusão, nos brasileiros honestos nos entristecemos junto com a familia.

  3. A Sargento Bruna, aos olhos da esquerda, padecia de três defeitos imperdoáveis: era branca, militar e (provavelmente) heterossexual; naontinha a menor chance de comover os iluminados canhotos.

    Descanse em paz, sargento.

    Queimem no inferno assassinos, com certeza Maria do Rosário chorará por vocês.

    • Goiano,

      Desonesto é que ainda tem a ousadia de defender uma “vítima da sociedade” que meteu duas balas na cabeça dessa moça, em frente a três crianças.

      Tu ias ver o que era malévolo e distorcido que iria ficar essa criatura, depois que conseguíssemos pegá-lo..

      • Ah, Adônis, como distorces as coisas.

        Ninguém defende e nem considera vítima da sociedade o bandido canalha e sanguinário que fez isso e todos os que praticam esses crimes horríveis e há os que o fazem sem que a vítima tivesse feito o menor sinal de reação. Eles merecem as penas máximas dos respectivos sistemas penais e para alguns precisava que houvessem penas ainda mais rígidas e especiais, dada a crueldade, a desumanidade, a barbaridade desses animais.

        Mas… a porra do teu comentário faz parecer, a quem, desavisado, não acompanha tudo, não lê o material por completo, que eu e qualquer esquerdista fizemos tal defesa desse criminoso.

        Acho desonesta essa tática desmoralizante.

        Os comentários distorcidos e desonestos são os que, como o teu, querem passar mentiras e enganos, atribuindo aos esquerdistas indiferença pelo sofrimento humano, como se esquerdistas – que na verdade são os verdadeiros cristãos, e até o Papa reconhece isso, indo mais além e dizer que os próprios comunistas são os que detêm o pensamento verdadeiramente cristão, pela tentativa de prover a todos de condições dignas de vida, pelo menos como ideal – fossem o que é a direita, em grande parte dominada por ideias fascista.

        Se alguém viu uma única pessoa, que não seja maluco esfaqueador, manifestar-se a favor do criminoso que praticou essa violência, traga aqui para ser execrada, mas estou certo que ninguém ouviu de Maria do Rosário uma única palavra em tal sentido.

        Oras, isso é equiparável a fake news, destinadas a desmoronar a imagem moral dos outros.

        Tem gente precisando tomar remedinho, ou duplicar ou triplicar a dose.

    • Caro Goiano, onde está o equívoco, a distorção, a maledicência e a desinformação na notícia dada e na vontade de vingança e justiça da população de bem?

      Nesta notícia não dá para não se revoltar.

      Espero que v. reveja sua posição e reconheça que foi desumano o que fizeram com a moça, pois do contrário v. estaria relativizando a barbárie.

      Que Deus te ilumine.

        • Carlos, essa tua pergunta envolve uma armadilha e quer fazer crer a quem lê teu comentário que eu, em algum momento, aqui nestes comentários der agora, em qualquer escrito no Jornal da Besta Fubana, em qualquer conversa em algum lugar deste mundo ou em algum texto publicado aqui ou alhures, fiz a defesa de bandidos ou deixei de sensibilizar-me com o sofrimento alheio.
          A minha reação, se fosse com a minha irmã, seria a mesma ou mais agressiva e revoltada do que a que terias se fosse com a tua.
          O que debato aqui, e chamo de equívoco, distorção, maledicência etc., é justamente esse tipo de comentário que fazes, que Adônis faz, que Chatonildo faz, enfim, que tantos fazem, deixando de lado a barbaridade cometida para ficarem atribuindo a esquerdistas, comunistas, petistas e defensores de direitos humanos a insensibilidade e, até, a responsabilidade pelos crimes.
          Vou ser suave e dizer que a pergunta nem é cruel, nem capciosa, é apenas infantil.

          • É talvez eu esteja errado e não esteja tão bem informado. A Maria vive fazendo discurso reclamando da polícia que bate, maltrata e mata bandidos (di menor ou di maior) mas nunca ví nem ouvi ela falar nada sobre os policiais que são MORTOS (não maltratados ou machucados mas sim mortos). Uma pergunta infantil: Por que ela não vai dar uma voltinha sem seguranças nas comunidades?

            • Sim, a pergunta é infantil: pela mesma razão que os defensores dos direitos humanos não dão sopa para bandido, pela mesma razão que em água de tubarão jacaré nada de costas, ô pergunta boba.
              Não é porque eu defendo os direitos humanos dos bandidos que eu vou dar bobeira para eles.
              O que nós defendemos: todos têm direito a julgamento justo e não podem ser agredidos, estuprados, assassinados.
              Essas são conquistas da civilização: quem quer bandido bom é bandido morto deve pegar uma máquina do tempo e voltar para a Idade Média.
              Quando um policial é morto, todos lamentam, sejam de direita ou de esquerda, mas o que tu não compreendes é que os direitos humanos têm por fim coibir ABUSOS DO ESTADO.
              Quando um policial é morto, não há abuso do Estado, há crime praticado por bandido, não cabe às instituições de direitos humanos sair às ruas para reclamar exigir que os bandidos passem a ser cumpridores da lei.
              Ainda tem gente que vive repetindo essas coisas que demonstram que nunca procuraram saber quais são as finalidades das leis e instituições protetoras dos direitos humanos.
              Já passou da hora, para não falar bobagem.

              • Como sou bobo continuo achando que os defensores dos direitos humanos são defensores só de bandidos e assassinos. Mas lembro aos demais que Porém, não tento forçar ninguém à pensar como eu, só externo minha opinião.Se os defensores dos direitos humanos se preocupassem com aqueles que trabalham e pagam impostos aí eu os aplaudiria, mas enquanto continuarem a defender apenas os criminosos eu também vou continuar a achar que eles são tão bandidos quanto aqueles que eles defendem. Porém, não tento forçar ninguém à pensar como eu, só externo minha opinião.

      • Não, João Francisco, não deixei de me revoltar, como todos, sejam direitistas, sejam esquerdistas, sejam umbandistas, católicos, espíritas, protestantes ou budistas, sejam capitalistas ou comunistas, sejam ricos ou pobres, se revoltam, e eu já estou de saco cheio com a infantilidade dos comentários em certas ocasiões.
        Os “comentários equivocados, distorcidos, malévolos e desinformados,
        ou propositadamente desonestos” de que falo, são os que querem atribuir-nos falta de sensibilidade, de solidariedade, de senso de justiça, de amor ao próximo e demais valores da civilização, quando são justamente as esquerdas que mais lutam pelo progresso da sociedade e pelo avanço dos valores humanistas.
        Os argumentos capciosos envolvendo as esquerdas, a mídia esquerdista, Maria do Rosário, entidades de direitos humanos etc. só podem ser expendidos por quem ainda raciocina como criança ou adolescente, porque são infantis, ingênuos, ou – vou ter de dizer – burrinhos.
        Ao invés de se centrarem, justamente, na barbaridade do crime, ficam com diversionismos vazios que só visam a fortalecer suas próprias convicções políticas e ideológicas.

        • Goiano,

          Uma das líderes da esquerda, inclusive candidata ao governo do Rio, diz que é a favor dos assaltos. Isso depois de fazer a apologia do cu.
          Teu líder de nove dedos, o bandido mor que vocês vivem idolatrando, diz que é a favor do menor que assalta para roubar um celular ou um tênis.
          O governador da cloaca conhecida como Maranhão gasta uma fortuna para fazer um motel para a bandidagem.
          Outros representantes maiores das esquerdas banânicas decidem que só será encarcerado o bandido que for julgado culpado em “ÚLTIMA INSTÂNCIA”, quer dizer… No juízo final. A partir daí, libera geral a bandidagem.
          Outro avatar das esquerdas proíbe a polícia de confrontar as hordas de macacos armados de AR-15 nos morros cariocas, ou mesmo de vigiá-los de helicóptero.
          etc…ad nauseam…

          • Ora, Adônis, não é nada disso, Márcia Tiburi fazia colocações filosóficas sobre as injustiças sociais, vá ver a entrevista com cuidado, sem ira santa. Ela é uma filósofa, escritora, culta, não é burra, provocou a especulação a respeito da sociedade, mas certamente não pretende uma sociedade onde os bandidos não sejam incomodados.
            Quanto ao Lula, outra bobagem, distorção das ideias postas por ele, pois ele, também irado, discursava que não suporta mais ver jovens serem brutalizados pela polícia: esse é o ponto do discurso. O uso da palavra referindo-se aos praticantes de assaltos é porque são esses jovens assaltantes (além de muitos inocentes, é claro) que são assassinados, torturados, estuprados – e como nós esquerdistas defendemos que o Estado não pode assassinar, torturar nem estuprar, porque somos defensores dos direitos humanos, de quem quer que seja – todos têm direito à prisão justa, julgamento justo, tratamento justo (mas sei que a direita em geral não pensa assim, o que nos coloca, realmente, com raciocínios muito conflitantes)|.
            Outro caso é a proibição de ações policiais, salvo em casos especiais devidamente justificados, nas favelas, o que foi concedido pelo STF em atendimento a requerimento que inclui entidades de gente da periferia, das favelas, das comunidades, afetados pela violência policial desmedida e perigosa, o que pode ter sido acertado, ou não, mas que noticiário diz que reduziu em 70% as mortes nesses locais…
            Eu acho que existe uma total perda de foco na análise desses assuntos… ou… não! Existe um deliberado interesse de torcer tudo em favor da elevação de |Jair Messias Bolsonaro no altar da dignorância.

            • Goiano, a Tiburi disse em claro e bom som: “Eu vejo uma certa lógica no assalto…”. Eu, que não vejo lógica alguma, também não vejo inteligência nesta análise.

              Lula defendeu os praticantes de assalto. Ele viu lógica também em um garoto de “periferia”que sai para roubar aquilo que não pode ter. Só que este “garoto” vai roubar justamente daquele outro que sonhou e lutou para ter o celular. Ao não entregar o produto do seu sonho ele perde a vida.

  4. Todos os dias por mais de três décadas nos deparamos com a violência descomunal e aterradora contra o bom cidadão.
    Imprensa, políticos, traidores da Pátria. Misturam-se na mesma latrina imunda e fétida de sempre.
    Leis foram criadas nesse período, para não serem cumpridas e ao mesmo tempo gerarem injustiças contra a população ordeira.
    Ultrapassamos todos os limites do bom senso e da compreensão e da piedade humanas. Bandido, criminiso, assassino frio e cruel. Merece extermínio sumário. Evitando até o desperdício do dinheiro do Público para manter o crápula preso. Poupando o tempo das Autoridades e do aparato Jurídico do Estado.
    Dando uma satisfação e uma resposta imediatas e consoladoras às famílias enlutadas.
    Mudando um pouco o foco. Porém, é outro exemplo macabro de violência. Os senhores devem ter tomado conhecimento. Trata-se de um monstro que uma mulher colocou em sua casa como companheiro. Saiu para trabalhar e deixou seu filho de um ano e oito meses aos cuidados dessa bestafera. A criança chorava com a falta da mãe. E qual a solução que essa coisa encontrou para não ouvir mais o choro que tanto o incomodava? Bateu no pequeno indefeso até à morte. Depois, pasmem os senhores. Deu um banho no cadáver do bebê e colocou-o na cama. Quando a mãe chegou e perguntou pelo seu filho. Essa criatura vil e monstruosa, de vinte e poucos anos (não lembro com precisão, mas parece que o cara tinha sido solto por causa da pandemia) respondeu-lhe que ele estava dormindo. Quando
    identificado e com todas as evidências e provas do crime bárbaro cometido, recolhidos pela polícia. Pergunta: qual o sentido da prisao?
    Com as Leis criadas pelos bandidos comunistas – e esse marginal da pior espécie é cria do comunismo – quando preso, terá todas as garantias dessas antileis forjadas pelos esquerdopatas para sua auto defesa também. E entre quatro e cinco anos provavelmente. Este assassino frio e cruel estará de volta ao convívio da sociedade. Como uma pessoal normal e irá usufruir da verba do “bolsa presídio” e todas garantias de homem livre e recuperado do mal feito.
    Só nos resta vomitar esse cardápio de aberrações e fazermos côro e voz as diversas soluções indicadas pelo Berto.
    A da guilhotina é a mais representativa da índole degenerativa e degradante dessa gente. Corações e mentes
    não coexistem. Portanto, cabeça e corpo são facilmente separáveis.
    “Fiat Justitia et ruat caelum”.

    • Querem saber o que estou dizendo que são distorções, falta de informação, equívocos, ou, até, comentários talvez propositadamente desonestos? São os que atribuem “às esquerdas” as insensibilidade pelas tragédias humanas, como essa desse crime bárbaro, e chegam a dizer bobagens, como “Com as Leis criadas pelos bandidos comunistas – e esse marginal da pior espécie é cria do comunismo – quando preso, terá todas as garantias dessas antileis forjadas pelos esquerdopatas para sua auto defesa também”.
      Bem, vou atribuir a falta de conhecimento essa besteira, porque nem cabe perguntar se essas leis foram produzidas na União das Repúblicas Socialistas da União Soviética, de Cuba, da China, da Coréia do Norte, pois está na cara de quem fala isso não sabe o que é comunismo.
      Para Luiz Carlos, nós vivemos o regime comunista no Brasil, em alguma época, justamente quando as tais leis de que ele fala foram produzidas.
      A finalidade de tal tipo de discurso é desmerecer os partidos de esquerda brasileira, seus representantes e o povo que abraça as ideias humanitárias do esquerdismo, que batem de frente com a calamidade direitista representada pela cabeça retrógrada e preconceituosa de Jair Messias Bolsonano.

  5. O estupor é tamanho, que só me resta dizer “bandido bom é bandido morto”. Fique na paz de Deus Bruna. Que sua morte não tenha sido em vão.

  6. E o que o fachin vai dizer para os familiares dessa policial? Que ela não devia ter saído à rua? Que ela estava desobedecendo a liminar que ele deu ao assassino da policial? é nisso que dá o chá de comadres que é a sabatina dos candidatos ao stf no senado. Seria interessante que os 11 membros do stf fossem ao Rio de Janeiro sózinhos (sem seguranças) dar uma volta (poderia ser de carro, mas carro comum) na Rocinha, ou Complexo da Maré e outras comunidades.

  7. A finalidade básica das entidades de direitos humanos é coibir abusos praticados pelo poder estatal.
    Quem não compreende isso precisa estudar mais um pouquinho.

    • Goiano, quem coíbe abusos do poder estatal é a justiça; fora desta não há a quem mais recorrer.

      V. há de reconhecer que as tais “entidades de direitos Humanos” não deu um pio a respeito da morte desta sargento do Exèrcito que morreu covardemente.

      Aqui tá todo mundo revoltado quanto a isso, pois a indignação da esquerda é seletiva. Desde quando a Marielle morreu todo mundo fala que foram as milícias. Tentaram até colocar Bolsonaro neste crime. A maioria das pessoas nem se lembra que ela não morreu sozinha, quanto mais o nome de quem morreu com ela.

      O que mais tem no RJ é político sendo morto por disputa entre eles. A juíza Patrícia Acioli morreu por prender bandidos da PM. Na época quem era governador era o Cabral. Sabe como a Dilma se manifestou? Nem eu.

      Precisamos lembrar das Anas Cristinas (deu a vida por seu filho), da Sargento Bruna, da professora Helley (esta v. vai ter que pesquisar).

      Estas não eram de esquerda, não eram políticas, porém foram heroínas.

      • A justiça não coíbe porra nenhuma, Francisco. A justiça, quando acionada, julga e absolve ou condena. Quem coíbe são a lei e a polícia. Por isso, as leis de direitos humanos impõem regras ao Estado em suas relações com as pessoas, não podendo, sejam homens de bem ou bandidos, tratá-os indignamente, torturá-los, espancá-los, assassiná-los. Como não há pena de morte, dizer “bandido bom é bandido morto” ê incentivo ao crime.
        Como devias saber é compreender, mas já sabes é não compreendes, às instituições de direitos humanos têm como finalidade básica proteger o indivíduo da violência DO ESTADO.

    • “Abuso estatal” é esse filho da puta, latrocida safado, sair da prisão depois de alguns anos, com progressão de pena e ainda integrando alguma facção criminosa!

      Isso sim é “abuso estatal”.

      Vá com seu “humanismo de turista parisiense” pra casa do caralho! Já acabou a paciência com esse seu cinismo desgraçado!

  8. Na verdade , não sei a que atribuir essa necessidade ignóbil que você tem de responder a tudo e a todos.
    Fora a atitude indecorosa de se considerar cristão.
    De que cepa pútrida você é feito? Óleo de peroba não causa nenhum efeito na sua cara de pau.
    Tenha um pouco de decência e respeito pelos órfãos, desvalidos, miseráveis, humildes, famílias destruídas, pobres, drogados, analfabetos funcionais, estudantes e professores ideologizados por essa seita macabra e tudo de ruim que seus representados
    e representantes desse comunismo asqueroso produziram no nosso País.
    Ainda tem a coragem de citar esses países que ao longo de décadas. Seus ditadores amados (por eles mesmos) trucidaram, eliminaram, mataram, assassinaram, ceifaram – conhece essas palavras? – quase duas centenas de milhões de pessoas ao redor do mundo.
    Gostaria de pedir-lhe para não opinar sôbre meus comentários.
    Não vejo a mínima necessidade de o fazê-lo. Não preciso ler suas idiotices em achar que ninguém conhece sôbre nada e você sabe de tudo.
    Não respeito quem não me respeita. Você, sua ideologia e esses biltres que a pregam não se respeitam e não respeitam ninguém.

  9. Luiz Carlos, se não queres debater, vai ler outro jornal, porque aqui no Jornal da Besta Fubana o quente é justamente o debate, enriquecendo com asneiras as matérias publicadas, cujas as quais são do mais baixo nível possível, o que é um dos maiores méritos do JBF e o enriquece.
    Quanto aos comunistas, eles estão na cabeça de Jair Messias Bolsonaro, servindo como fantasmas para assustar os incautos e os forçarem a votar em idiotas. Nunca o Brasil teve no governo gente tão atrasada.

  10. Ainda bem que nem me dou ao trabalho se debater com o Goiano. Depois de todos os argumentos dos fubanicos acima o pombo continua derrubar as peças do tabuleiro e a cagar palavras fétidas nesta gazeta eu só vou mesmo de esculacho. Não dá pra levar a sério. Guilhotina já. Nos bandidos e em quem defende os bandidos

  11. Duas coisas são certas:

    1) vida de militar ou cidadão igualmente idôneo não tem valor pra essa raça abjeta. Só o refugo que tá dentro dos presídios que presta.

    2) Boiano, adEvogado que não exerce a função há mais de duas decadas, é um inimputável.

  12. Esse gonoiando é um desonesto intelectual . ” Humanismo de Esquerda” ?
    Outra ” Estado opressor” qual a raça que mais gosta de Estado?
    E ainda afeta de intelectual… todo esquerdista é comunista, ideologia ou movimento político mais opressor e assassino que existe, vide URSS, China et caterva…

Deixe uma resposta