SEVERINO SOUTO - SE SOU SERTÃO

DEU NO X

PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

ILUSÃO – Augusto dos Anjos

Dizes que sou feliz. Não mentes. Dizes
Tudo que sentes. A infelicidade
Parece às vezes com a felicidade
E os infelizes mostram ser felizes!

Assim, em Tebas – a tumbal cidade,
A múmia de um herói do tempo de Ísis,
Ostenta ainda as mesmas cicatrizes
Que eternizaram sua heroicidade!

Quem vê o herói, inda com o braço altivo,
Diz que ele não morreu, diz que ele é vivo,
E, persuadido fica do que diz…

Bem como tu, que nessa crença infinda
Feliz me viste no passado, e ainda
Te persuades de que sou feliz!

Augusto de Carvalho Rodrigues dos Anjos, Cruz do Espírito Santo, Paraíba (1884-1914)

DEU NO X

J.R. GUZZO

MESMO COM TANTOS IMPOSTOS, LULA NÃO CONSEGUIU ENTREGAR NEM UMA ÚNICA OBRA

Lula

Lula não entregou uma única obra – “realizações” só existem na propaganda

O presidente Lula inaugurou há tempos um novo frigorífico da empresa JBS. Falou para as cadeiras vazias de um auditório que deveria estar lotado com os operários da fábrica, e não estava – mas falou e inaugurou. Lula inaugurou também uma usina da Raízen. Inaugurou uma fábrica de insulina no interior de Minas Gerais. Entregou, até mesmo, novos aviões para a Azul, feitos pela Embraer.

O presidente comanda, com isso tudo, o segundo movimento mais forte do seu governo, logo depois do MST – o MSO, ou Movimento dos Sem Obra. Seu papel vem sendo essencial para a imagem do “Brasil Que Voltou”. Após um ano e meio de governo, e apesar de já ter entrado na casa do trilhão em matéria de gasto, Lula não conseguiu entregar uma única obra. Entrega, então, obras da iniciativa privada, que tanto menospreza nas suas orações em prol do “investimento do Estado” como fator essencial no desenvolvimento do Brasil.

No período de doze meses encerrado no último mês de abril, o déficit do setor público como um todo passou de 1 trilhão de reais – um recorde absoluto, maior até que o registrado no pico da pandemia de Covid, e sem haver pandemia nenhuma. Já tinha exigido, e levado, uma “PEC da transição” que deu a Lula 200 bilhões para gastar – antes mesmo de sua posse na Presidência. De lá para cá, a única estratégia visível do governo para a economia brasileira tem sido aumentar imposto, inventar imposto, antecipar cobrança de imposto, prever receita de imposto.

O Brasil deveria estar, diante disso, soterrado por investimentos públicos do Oiapoque ao Chuí. Mas onde estão os investimentos que fariam a economia “voar”? Onde estão as obras? Onde está a melhoria dos serviços devidos à população? Não dá saber. As realizações do governo ficam nos limites da sua propaganda – que agora tem também a cor vermelha.

O governo Lula está gastando mais dinheiro para falar bem de si próprio do que qualquer outro na história da República. O presidente acha que a vida começa e termina com a “comunicação”. As coisas vão mal? Os índices de popularidade estão caindo? O povo não entende que ainda não está na hora de receber benefícios? O Congresso não aprova o que o governo quer? Soca “comunicação” em cima de tudo.

Chama o marqueteiro da campanha para resolver o problema. Entrega a articulação política do governo para Janja, que sabe mais que todo mundo em matéria de “imagem”. Joga a culpa “no Bolsonaro”. Enfim, qualquer coisa – menos admitir que o seu ministério, as suas prioridades e os seus desejos condenam o governo a estar sempre errado.

COMENTÁRIO DO LEITOR

E É APENAS UM NEGÓCIO

Comentário sobre a postagem VAI ENCHER O BUCHO DE MUITOS CORRUPTOS

João Francisco:

A corrupção voltou e está com fome.

Como dizia o Emílio Odebrecht para o Amigo, a jacarezada está com a boca aberta.

Lembram da empresa Hempcare (loja de maconha) que importou respiradores (que não vieram) para o consórcio de governadores do NE (todos de esquerda)?

Pois é, agora turbinaram o esquema, o que era um “rolinho” de 50 milhões, agora vai para a casa do bilhão.

Estamos na fase do “salve-se quem puder”.

E isso é apenas um negócio.

LAUDEIR ÂNGELO - A CACETADA DO DIA

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

MARCOS CAVALCANTI – RECIFE-PE

Bom dia, caro editor.

Lembrei do nosso querido colunista Adonis, o qual tive a honra de conhecer, juntamente com Assuero, numa visita inesquecível, pouco antes do seu encantamento.

Se possível, publique na amada gazeta, esta pérola que há muito estava arquivada.

* * *

TROCAR OS IDOSOS PELOS PRESOS

Abrace essa idéia!

Vamos trocar, colocar nossos idosos nas cadeias e os delinqüentes fechados nas ”casas de repouso”.

– Desta maneira, os idosos teriam todos os dias acesso a roupa lavada, comida, ducha, lazer, jogos e exercícios.

– Teriam medicamentos, assistência médica e odontológica regular e gratuita.

– Estariam permanentemente acompanhados.

– Teriam refeições quentes cinco vezes ao dia.(café da manhã, almoço, café da tarde, jantar e café a noite)

– Não teriam que pagar nada pelo seu alojamento.

– Teriam direito a vigilância permanente por vídeo e receberiam assistência imediata em caso de acidente ou emergência sem qualquer custo.

Continue lendo

DEU NO X

BERNARDO - AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS