DEU NO X

PEDRO MALTA - REPENTES, MOTES E GLOSAS

MESTRES DO IMPROVISO

Poeta Toinho:

Se eu fosse o presidente
Deste país tropical
Eu baixaria um decreto
De valor fenomenal
4 dias de quaresma
40 de carnaval .

Lenelson Piancó:

A saudade nessa época
Da minha mãe me atropela
Por isso eu procuro pai
Pra amenizar a sequela
Que eu estando perto dele
Me sinto mais perto dela.

Pinto do Monteiro:

Essa palavra saudade
conheço desde criança
saudade de amor ausente
não é saudade é lembrança
saudade só é saudade
quando morre a esperança

Saudade é tudo, é nada
saudade é como perfume
eu só comparo a saudade
com o peso do ciúme
que a gente carrega o fardo
mas não conhece o volume.

Zé Catota:

Na noite que eu nasci
O diabo pisava em brasa
A peitica no quintal
Cantava e batia asas
Passava um rasga mortalha
Rasgando em cima da casa.

Na noite que eu nasci
Na terra deu-se um abalo
Ladrava cão no munturo
Corria burro e cavalo
E as galinhas no puleiro
Cantava mais do que galo.

Sebastião Dias:

O cemitério é a casa
dos nossos restos mortais;
ambição, ódio e vingança
ficam do portão pra trás,
porque, do portão pra frente,
todos nós somos iguais.

Na madrugada altaneira,
geme o vento atrás do monte;
um cururu toma banho
na água fresca da fonte
e a lua dorme emborcada
no colchão do horizonte.

Depois que a chuva caiu,
ficou verde o arrebol,
a babugem cobre o chão;
parece um verde lençol,
cicatrizando as feridas
das queimaduras do sol.

Deixei uma seca grande
no Nordeste brasileiro:
de verde, só aveloz,
papagaio e juazeiro,
que o Nordeste, pra sorrir,
tem que Deus chorar primeiro!

É um dia de tristeza
quando a mãe para o céu vai.
Os filhos se cobrem em prantos;
O caçula diz: ô pai,
Não vê, mamãe ta dormindo!
Abra o caixão que ela sai!

Vou me tornar vagabundo,
cantar pra o meu público fã,
que Deus, em forma de nuvem,
está por detrás da chã
pra ver o rosto do dia
nos espelhos da manhã.

Das quatro e meia em diante,
sinto de Deus o poder,
um sopro espatifa as nuvens
para o dia amanhecer,
Deus enfeita o firmamento
E a vassoura do vento
Varre o céu pra o sol nascer.

Vamos parar a cantiga
que a garganta está cansada!
Já vejo nos horizontes
Os reflexos da alvorada
E a noite sentindo dores
Pra ser mãe da madrugada!

O pintor caprichou tanto
e a pintura está tão boa,
que até a garça pintada
no aceiro da lagoa
está tão linda e perfeita
que se espantar ela voa.

A PALAVRA DO EDITOR

SEXTOU E VAI FIM-DE-SEMANAR

Hoje cedo Chupicleide, a inxirida secretária de redação desta gazeta escrota, fez um vale de adiantamento do salário deste mês de maio.

Isso por conta das generosas doações feitas esta semana pelos leitores Joab M., José Claudino, Violante Maria, Luis Mezetti, Reynaldo Nabuco, Esdras Serrano, Samuel Levi, A.J.S, Mario do Couto e Maria de Fátima Pereira.

Grato a todos vocês que contribuem para cobrirmos as despesas com a hospedagem e a manutenção deste jornaleco, serviços prestado pela empresa Bartolomeu Silva.

Além, é claro do salário de Chupicleide.

E, atendendo a um pedido dela, fecho a postagem com uma composição que ela adora e que tem o sugestivo título de “Só Gosto de Tudo Grande“.

Ô sujetinha safada!

Uma interpretação da saudosa artista pernambucana Marinês.

Um excelente final de semana para toda a comunidade fubânica!!!

BERNARDO - AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DEU NO JORNAL

É DESOLADOR

Leandro Ruschel

Eis o resultado da indicação de um ministro de Propaganda para uma tarefa dificílima:

“A gente não sabe nem para que lado se mexer. Eu estou mais ou menos assim no momento. Cada hora aparece um problema novo numa área.

Eu acho que nós teríamos que focar numa área específica, e ter resultado concreto numa área específica.

Não sei que área seria essa…

É uma tragédia, dentro de uma tragédia, dentro de outra tragédia.

Primeiro, temos a catástrofe natural.

Depois, a catástrofe de termos um governo INCOMPETENTE, AUTORTIÁRIO e OPORTUNISTA, mais preocupado em censurar e perseguir críticos, ganhar dividendos políticos, do que fazer o que precisa ser feito.

E dentro desse segunda catástrofe, é indicado um propagandista que busca o cargo de governador do estado, para uma intervenção branca.

É desolador.

Pobre Brasil, pobre Rio Grande do Sul.

RODRIGO CONSTANTINO

O COMUNISMO AVANÇA…

Lula - Maduro - Celac - Brasil - Venezuela

Lula e o ditador Maduro se encontram às margens da Cúpula da Celac em São Vicente e Granadinas, no Caribe

Aqueles que passaram a vida ridicularizando quem alerta sobre o risco comunista no Brasil precisam passar muito pano para negar o óbvio ululante: ajudaram a recolocar na cena do crime, como diria Alckmin, um sujeito que se inspira nos piores regimes comunistas do planeta, sob o pretexto de “salvar a democracia”.

Tratar como paranoia de reacionário maluco tal ameaça, quando sabemos do Foro de SP agindo no continente, da China, da Rússia, das alianças petistas com Venezuela, Cuba e Nicarágua, isso sim é coisa de maluco alienado – ou desinformante. A ameaça é bem concreta, e Lula não cansa de dar provas dela.

Na Petrobras, o presidente rifou o CEO para colocar uma senhora sem muita expressão, com o claro intuito de resgatar projetos megalomaníacos e financiar seu projeto de poder. Até a esquerdista Eliane Cantanhede, no Estadão, constatou que a “Mão pesada de Lula na Petrobras traz de volta fantasmas do PT: Abreu e Lima, Sete Brasil, Venezuela”.

No subtítulo, ela pergunta: “Qual a intenção do presidente Lula, ao querer novamente assumir o controle da Petrobras, mandar e desmandar na política de preços, na distribuição de dividendos extraordinários, na composição do conselho administrativo e nas próprias prioridades, inclusive de investimentos?” Mas espero que seja uma pergunta retórica. Será possível que ela ainda não saiba?

Em seu editorial, publicado no JBF, a Gazeta do Povo também tratou do assunto, afirmando que Lula se proclama o dono da estatal. E olha que absolutamente ninguém achava que o CEO anterior era bom e alinhado ao mercado. Diz o jornal: “A única razão para que analistas lamentem a saída de um presidente da Petrobras que acabou com a PPI e determinou o retorno de políticas nocivas para a companhia é o fato de Prates ter se tornado um ‘mal menor’ em comparação com quem deve sucedê-lo”.

Além da Petrobras, o modelo de segurança pública desejado pelo governo lulista é inspirado nos exemplos de Cuba e Venezuela, com ampla centralização na União. Isso em um governo que coloca sigilo em dados sobre fugas de presídios, que lamenta “qualquer prisão” e que mantém “diálogos cabulosos” com o crime organizado. O comunismo latino-americano é umbilicalmente ligado ao tráfico de drogas.

A calamidade pública no sul do país forneceu o pretexto perfeito para o governo avançar com seu projeto comunista. A indicação de Paulo Pimenta como uma espécie de “interventor branco” no estado, humilhando o governador Eduardo Leite, é mais uma prova da mentalidade centralizadora e totalitária do PT e seu líder Lula. Leite foi eleito pelo povo gaúcho, mas isso não importa para o petismo. A oportunidade parecia irresistível demais para ser ignorada. Lula criou um “governador paralelo” no estado, na mão grande. É a cara do comunismo!

E quem criticar muito será perseguido pela Polícia Federal lulista, que, segundo Flavio Dino, é do próprio Lula. O governo está escalando uma milícia “voluntária” para denunciar “Fake News”, como fez Mao Tse-Tung com sua Guarda Vermelha na Revolução Cultural, ou como fez a Alemanha comunista com a Stasi. Metade da população vai espionar a outra metade e denunciar “dissidentes” que ousam criticar o governo.

Por fim, o renomado jornalista Guzzo foi condenado à prisão, pena convertida em multa, por criticar os petistas sedentos por recursos públicos. O caso envolvia a mulher de Chico Buarque, indicada para o BNDES. Na sentença, a juíza afirma que a liberdade de expressão, garantida na Constituição, não é um “direito absoluto”, e que há abuso quando a honra de alguém é atacada.

Rodrigo Marcial resumiu bem: “O jornalista José Roberto Guzzo foi condenado à prisão, com conversão em multa, por falar que ‘amigos de Lula atacavam o erário com a voracidade de um cardume de piranha’. No Brasil é assim, quem mente, vira presidente. Quem fala a verdade, vive na dificuldade!”

Se alguém ainda não enxergou o modus operandi comunista na postura do governo lulista, então precisa urgentemente voltar aos livros de história…

DEU NO JORNAL

DEU NO X

LAUDEIR ÂNGELO - A CACETADA DO DIA

DEU NO X