DEU NO JORNAL

XICO COM X, BIZERRA COM I

BURACOS NEGROS

São tantos os buracos negros!
Não vejo brancos buracos,
nem coloridos, nem opacos,
apenas negros …
Será preconceito
ou apenas um jeito
de assim chamá-los,
por lhes faltar luz?
Não sei.

Existirão, em outros galáxias,
n’algum lugar perdido,
um buraco colorido?
Disseram-me que sim,
mas isto, enfim,
é uma grande bobagem,
maior até que o maior buraco.

A bem da verdade,
pouco importa a cor dos buracos,
sequer para os bêbados que,
por infelicidade, neles caírem …
Para estes,
importa muito mais deles sair.
Se acaso conseguirem …

DEU NO X

ARISTEU BEZERRA - CULTURA POPULAR

A RELIGIÃO NOS VERSOS DOS REPENTISTAS

Quando voltar para a Terra
O Messias prometido
Acha tudo diferente
Do chão onde foi nascido:
Mais Judas, mais Barrabás,
Mais Pilatos, mais Bandido.

Ivanildo Vila Nova

No varal do infinito
Uma nuvem pendurada
Parece com uma roupa
Bem confeccionada
Deus coseu com maestria
Pra o corpo da madrugada.

Raimundo Borges

Enquanto o velho descansa
A alma reza uma prece
A aranha se pendura
No próprio fio que tece
A lua por trás da serra
É o olho de Deus na Terra
Olhando o que acontece.

João Paraibano (1952 – 2014)

Jesus, o meu coração
Aceita tua bondade
Teu reino pertence aos pobres
Tu és o dom da verdade
Sorriso doce espontâneo
Nos lábios da eternidade.

Zé Viola

Deus fez o mundo em seis dias
Deixando o céu estrelado
Vestindo a mata de verde
Deixando o mar azulado
E o branco que tem nas ondas
Modelou e fez bordado.

Rubens do Valle

PENINHA - DICA MUSICAL