BERNARDO - AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DEU NO X

DEU NO JORNAL

UM LADRÃO E UM BANDIDO

A CPI do Movimento dos Sem-Terra (MST) aprovou, nesta quarta (14), dois requerimentos para investigar a viagem à China do presidente Lula (PT) e sua enorme comitiva, que contou com a participação do líder do MST, João Pedro Stédile.

De autoria do deputado Coronel Assis (União-MT), os requerimentos são endereçados à Casa Civil e à Aeronáutica e exige informações detalhadas sobre custos, passageiros, manutenção, suporte de pessoal etc. associados ao grupo de cerca de 100 pessoas.

A CPI quer esclarecimentos da Casa Civil de Lula sobre custos de viagem e estadia, apoios oficiais e contatos mantidos pela comitiva.

Ao comandante da Aeronáutica, a CPI requer os manifestos dos voos da FAB que levaram “todos os integrantes da comitiva” à China.

A Aeronáutica também deve esclarecer o custo dos voos, além de outras despesas com pessoal e apoio aos membros da comitiva de Lula.

* * *

O terrorista João Pedro Stédile na comitiva presidencial é um absurdo sem tamanho.

Uma coisa de lascar, uma esculhambação completa, uma imoralidade impressionante.

Só este fato já seria um bem fundamentado motivo pra se pedir o impeachment do ex-presidiário que fraudulentamente exerce a presidência dessa republiqueta banânica.

Stédile é um bandido que, se fosse comprar a crédito, não teria como apresentar um comprovante de renda ou um atestado de residência.

É um fora da lei da pior espécie.

E estava na comitiva milionária que Lula e Esbanjanja levaram pra Chiana.

Pode isso, Arnaldo???

Hein???

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

O descondenado e sua indecente comitiva na China

BERNARDO - AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

COMENTÁRIO DO LEITOR

PADRE É PADRE

Comentário sobre a postagem FORRÓ BATINADO

Luiz Carlos Freitas:

Uma coisa é uma coisa. Outra coisa é outra coisa.

Padre é padre. Mulher é mulher. Forró é forró.

Forró com mulher e mulher no forró, é tudo de bom.

Padre, missa, igreja, evangelho, rebanho, fé, hinos, louvores… são símbolos cristãos.

Tem lugar e momento pra tudo.

Se esse senhor de fato for Padre. Não deveria estar com a batina.

Esse paramento é pra celebração da Santa Missa.

* * *

RLIPPI CARTOONS

BERNARDO - AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

BERNARDO - AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RODRIGO CONSTANTINO

INVASÃO DO BEM: COMUNISTAS LIGADOS AO MST CONDENAM “INVASÃO” DE ASSENTAMENTO

Nossos comunistas são uns brincalhões. Se a coisa toda não fosse tão trágica, até porque eles estão no poder, seria extremamente hilária. Os deputados Salles e Zucco, da CPI do MST, foram visitar um “assentamento” e entraram numa “casa”. A reação da esquerda radical mostra que hipocrisia já não é uma palavra forte o suficiente para definir a situação. Vejamos o caso do comunista Orlando Silva, relator da PL da Censura:

ABSURDO!!! Os deputados Salles e Zucco, membros do circo de horrores da CPI do MST, invadiram ilegalmente assentamentos. Cadê a autorização judicial para entrar na casa de alguém? Quem acham que são? Já está em tempo de parar de lacração e respeitar a Constituição! Toda solidariedade ao MST! A denúncia partiu da amiga Manuela D’Avila e do Metropoles. Vamos lutar contra essa arbitrariedade.

Como o projeto relatado pelo comunista não foi ainda aprovado na Câmara, podemos ver a reação dos leitores nas redes sociais. É quase unânime em apontar o grau ridículo de cinismo do petista. Afinal, o MST vive justamente de invasões ilegais. Esse é seu modus operandi, sua razão de ser, sua missão marxista, seu instrumento de “trabalho” criminoso.

Salles e Zucco não tomaram nada de ninguém, não se estabeleceram no local, não fizeram exigências para sair, não tentaram extorquir os “proprietários”, como costuma fazer o MST. Eles simplesmente foram, na figura de parlamentares que comandam uma CPI sobre o MST, investigar a situação.

A esquerda radical não dá a mínima para a coerência e acha graça de quem fala em lógica. Esse é justamente o intuito dos comunistas: levar tudo ao ridículo para avacalhar geral, e criar a narrativa de que a esquerda radical possui um salvo-conduto para tudo, enquanto a direita será sempre demonizada. Comunistas acusam os outros do que são e do que fazem, sempre diante de um espelho.

Já existe faz tempo o “ódio do bem”, esse rancor destilado por petistas todos os dias, jornalistas desejando a morte de Bolsonaro, o ressentimento como alimento matinal das milícias digitais da esquerda, tudo em nome do “amor”. Agora descobrimos que há também a “invasão do bem”.

Quando o MST invade propriedades, mata o gado e destrói laboratórios, isso é “justiça social”. Quando o deputado vai verificar in loco a coisa, isso é “invasão inaceitável”. Quem rasga a Constituição pede respeito a ela por puro sarcasmo. Ladrão que grita pega ladrão não passa de um malandro safado…

PENINHA - DICA MUSICAL